Gestão comercial e gestão de vendas: qual a diferença?

Gestão comercial e gestão de vendas: qual a diferença?

É verdade que as vendas são essenciais para manter um negócio bem posicionado no mercado e sempre em crescimento. Mas também é verdade que elas por si só não conseguem fazer esse trabalho por muito tempo e o planejamento estratégico se torna fundamental para trazer um equilíbrio entre os setores.

Muitos empresários se esquecem da importância que cada área tem dentro de um negócio e fazer com que elas trabalhem em conjunto é fundamental.

Neste artigo vamos explicar um pouco melhor qual é a diferença entre dois setores fundamentais de uma empresa: o setor de vendas e o comercial. Você sabe qual é a diferença entre eles? Confira!

Responsabilidades do setor comercial

O gestor comercial será aquele que irá planejar toda a estratégia de uma empresa. Ou seja, ele é mais generalista e não tão focado na venda por si só. O gestor não tem contato direto com vendedores, não é responsável por treinamentos ou mesmo técnicas para aumentar os resultados.

Sua funções, de forma abrangente, podem ser:

• Trabalho direto com o setor publicitário, entendendo as estratégias e dando opiniões sobre qual direção seguir;
• Entender quais áreas da cidade a venda pode ser maior, planejando aberturas de lojas, por exemplo;
• Definir o preço de venda;
• Ajudar no gerenciamento de estoque, com reuniões constantes com esse departamento.

Ficou mais fácil de entender que a equipe comercial, comandada por um gestor, irá atuar de forma mais ampla sobre a estratégia de uma empresa.

Essa equipe não costuma ter contato com clientes e nem efetuar vendas de fato. É como se ela ficasse nos bastidores planejando os próximos passos de acordo com os resultados que aparecem.

Responsabilidades do setor de vendas

Já o gestor de vendas tem um trabalho mais específico, que o de gerir vendas, como o próprio nome indica. Ele irá trabalhar com os vendedores, estimular metas, dar os treinamentos necessários, planejar estratégias mais direcionadas àquele público específico, ficar responsável pelos relatórios e por apresentar os resultados.

O gestor de vendas não tem contato com o estoque e afins, pois não é responsabilidade dele entender quando um produto pode ou não faltar. Ele apenas apresenta a média semanal e espera o feedback.

É um trabalho mais específico, voltado para fazer com que os funcionários vendam mais, estimulando-os, criando formas de motivação e meios de abordar o cliente.

A integração entre os setores é necessária?

É importante não separar a sua gestão comercial e gestão de vendas. De forma geral, a integração entre os setores, por mais que tenham obrigações e responsabilidades próprias, é bem recomendada, afinal, isso faz com que a estratégia seja melhor aplicada e que todos falem a mesma língua.

O planejamento do setor comercial precisa estar alinhado com que a execução do setor de vendas. Algumas dicas para fazer isso são importantes:

• Tenha um sistema de gestão para pequenas empresas que possa ajudar a unir os setores. Procure por sistemas que façam com que os relatórios, cadastros de clientes e demais funcionalidades estejam sempre a mão para todos os funcionários.

Dessa forma fica mais simples fazer a união sem prejudicar o trabalho de cada um. É importante que os setores sejam direcionados, porém, interligados. Os softwares de gestão comercial também funcionam como programa para controle de financeiro, deixando o trabalho do gestor de venda muito mais otimizado.

• Faça reuniões periódicas envolvendo todos os setores, ou mesmo confraternizações. É essencial que os funcionários não se dividam em times, afinal, estão todos trabalhando por uma finalidade em comum e não são rivais. Estimular o sentimento de que há um projeto que faz parte de cada setor é fundamental para que eles conversem entre si.

1 COMMENT

DEIXE UM COMENTÁRIO