Case: Canais próprios combinados a mídia paga funcionam. É assim que pensa...

Case: Canais próprios combinados a mídia paga funcionam. É assim que pensa o Itaú

Esta imagem acima não é uma propaganda, muito menos estamos recebendo do Itaú por este post. Na verdade é uma propaganda, mas a ideia aqui é mostrar o case de uma comunicação conceitual e “responsável”. Parte do posicionamento com unidade dos canais de comunicação do Itaú.

Conteúdo MUITO relevante para todos interessados em Marketing de Conteúdo. O Cassio Politi, do excelente blog da Tracto Content Marketing entrevistou o Superintendente de Marketing do Itaú. O profissional contou a estratégia muito interessante do Itaú que tem trabalhado a relação com seu público através de conteúdo.

A marca pode ser considerada uma verdadeira referência em Content Marketing no Brasil hoje. Case dos bons de marca grande brasileira investindo forte no conceito. Um bom exemplo? Coisas simples e relevantes como este infográfico com 10 dicas para uma compra online segura.


Por Cassio Politi para o Blog da Tracto. Transformar qualquer marca numa empresa de mídia é o desafio de empresas que se aventuram em content marketing. O Itaú é um exemplo tipicamente brasileiro de como uma empresa grande pode assimilar essa cultura e, por isso, a entrevista desta semana é com o Superintendente de Marketing Eduardo Tracanella.

Um erro comum de content marketing é a comunicação em silos. Ou seja, o conteúdo de marca tem abordagem distinta da campanha publicitária, que por sua vez diverge da comunicação institucional e por aí vai. A comunicação do Itaú faz o oposto disso: segue a mesma linha em redes sociais mais populares, YouTube, revista impressa e canais e ações pontuais. E faz uma combinação balanceada entre a construção de audiência própria e mídia paga.

O que talvez torne o Itaú um exemplo a ser observado não é exatamente a escolha de canais — que nem é tão grande —, mas a consistência da mensagem que os permeia. A mensagem “Isso Muda O Mundo” faz com que um banco, cuja natureza da atividade sugere uma relação fria com o público naturalmente, consiga criar vínculos emocionais. Como?

Sendo útil a partir do momento em que educa o público; e sendo consistente ao aplicar a técnica de storytelling de marca (falamos disso num podcast neste ano), que começa a ganhar força no Brasil.

Entrevista com Eduardo Tracanella do Itaú. Ouça

A entrevista na íntegra com Tracanella, com duração de 19 minutos, está disponível abaixo.


Cassio é autor do livro Content Marketing – O Conteúdo que Gera Resultados e é o único jurado brasileiro do Content Marketing Awards, principal prêmio do mundo relacionado a essa atividade. Já prestou consultoria e ministrou cursos em 25 estados. Twitter: @tractoBR.

NO COMMENTS

DEIXE UM COMENTÁRIO