Tags Posts tagged with "Análise de Mercado"

Análise de Mercado

Várias perguntas aparecem na cabeça de uma mulher na hora de fazer compras online. Quais são as tendências da próxima estação? Qual é a cor mais fashion do momento? Onde buscar inspiração?

Pensando nisso, a Stylight fez um estudo sobre os produtos mais procurados no site e as tendências mais fashion no e-commerce de forma geral. Reunimos vários dados super inspiradores sobre comportamento do consumidor ao longo dos três primeiros meses de 2016 e criamos um infográfico interativo com base nesse estudo. 😉

Quando compramos…

Stylight-What-women-want-When_we_shop-2

 

 

 

 

 

Domingo de noite é o horário de maior movimento na Stylight

Keep Calm e… Continue comprando!

Stylight-What-women-want-value-Brasil

 

 

 

 

 

150 bilhões de reais – Valor movimentado no e-commerce fashion do Brasil no ano de 2015

Dados do mercado

Vários dados do e-commerce brasileiro e também de comportamento do consumidor foram reunidos pelo estudo. A conclusão não poderia ser diferente: a categoria de moda é uma das que mais cresce.

Só esse mercado, segundo o Google Varejo. movimentou 150 bilhões de reais em 2015 no Brasil. O reflexo disso é também o aumento de quase 15% no número de produtos no nosso site. Com um mercado cada vez mais desenvolvido, nada mais natural que o tráfego mobile também ganhe destaque. Cada vez mais os nossos usuários acessam  a partir dos nossos apps e dispositivos móveis. Sobre isso, falou o nosso Diretor-Executivo, Max Müller:

“Como o e-commerce mobile ganha cada vez mais o seu momentum, nós focamos na nossa estratégia mobile. Sabemos a importância de uma boa experiência de usuário nesses dispositivos e como isso afeta o nosso consumidor nos diferentes canais.”

Segundo os dados da E-bit, a categoria de Moda & Acessórios lidera as vendas no e-commerce brasileiro desde 2013.

Leia mais sobre isso:

E-commerce mantém crescimento em 2015

As maiores influências

Top 3 ícones de estilo do primeiro trimestre de 2016

Stylight-What-women-want-Kendall-Jenner

Kendall Jenner

Stylight-What-women-want-Gigi-Hadid

Gigi Hadid

Stylight-What-women-want-Kim-Kardashian

Kim Kardashian

Pesquisa por produtos
Stylight-What-women-want-Trend-up

Batas boho +++

Body ++
Colete +

Stylight-What-women-want-Trend-down

Moletom —

Sandália gladiadora —
Vestidos de couro –

Inspiração pura

Elas estão em praticamente todos os lugares. Kendall Jenner, Gigi Hadid e Kim Kardashian são as atuais musas das redes sociais e inspiram milhões de internautas mundo afora. Para ser mais exata, as três juntas somam 135 milhões de seguidores no Instagram (sendo 53.2 de Kendall, 66.1 de Kim e 15.7 de Gigi).

Basta qualquer uma delas utilizar uma roupa que as lojas esgotam os estoques. E por falar em roupa, o que entra e o que sai de moda nesse primeiro trimestre? No site da Stylight Brasil, a procura por peças de moletom, sandália gladiadora e vestidos de couro caiu bastante. Em compensação, peças de outras épocas voltaram à tona, como é o caso das batas e dos coletes.

As tendências

Produtos favoritos

Trends-BR

Visual clássico e sexy

A mulher brasileira sempre dá preferência à peças bem sexy e que valorizam o corpo. A prova disso é que os vestidos longos (tanto os casuais, como os de festa), além do jeans skinny continuam em alta no nosso site.

Look de trabalho? Camisas sociais de seda e o bom e velho scarpin nunca saem de moda. E para acertar no look, combinar qualquer visual com uma peça da cor bege não tem erro.

Top marcas

Quando se trata de tênis, pode até ser que o clássico Converse All Star lidere as buscas, mas no ranking geral das marcas, são as empresas brasileiras que predominam. A Vizzano é a marca mais procurada na nossa lista, que também conta com a Colcci e a Usaflex.

Top 5 marcas de bolsa mais procuradas

Stylight-Designer-Bag-Brands

1. Colcci

2. Phive Rivers
3. Santa Lola
4. Luz da Lua
5. Adidas

Promo? Claro!

Designer-Bag-up

29% de aumento na procura por bolsas de marca na temporada de promoções

As queridinhas das mulheres

Na época de promoções, qual o primeiro item que você pensa em comprar? A maioria das mulheres opta pela bolsa, um dos artigos mais procurados no e-commerce de moda de forma geral. As top 3 marcas das usuárias da Stylight Brasil são: Colcci, Phive Rivers e Santa Lolla.

Gostou do conteúdo do estudo? Faça o download do infográfico completo no site da Stylight.

Veja também:

Guia de Marketing Digital para seu E-commerce de Moda

Um novo ano inicia-se e, com ele, muitas promessas para a vida pessoal e para os negócios. Para que novas conquistas possam ser alcançadas, é preciso fazer um balanço do que foi feito no ano anterior, para que se possa manter o que deu certo e modificar aquilo que precisa ser ajustado. Assim, você terá uma visão clara sobre quais passos deverão ser dados para os meses que estão por vir.

E, pensando nisso, no post de hoje você vai aprender sobre como aproveitar o começo do ano para planejar seu negócio virtual. Fique atento e saiba o que precisa ser feito!

Elabore um plano de negócios para “bombar” seu negócio virtual já no começo do ano

Após a agitação do Natal, em que as atividades do seu negócio virtual estiveram a todo vapor, vem um período um pouco mais tranquilo,quando os empreendedores têm tempo para avaliar e planejar as ações que serão feitas para o sucesso de seus empreendimentos. E para que o começo o ano possa ser iniciado com “o pé direito”, que tal desenvolver um plano de negócios para seu e-commerce?

Muitos administradores cometem o grave erro de criar um documento como este somente após o início da atividade comercial. Com o tempo, tal plano é deixado de lado, e a empresa toma os rumos de acordo com o que vai acontecendo, sem que as atividades sejam norteadas. Isso não deve acontecer em hipótese alguma, pois é preciso que tudo o que for ser realizado, tenha como base um objetivo a ser alcançado e um cenário bem delineado, para que se obtenha o sucesso almejado, sem que se corra riscos desnecessários.

Portanto, planejar seu negócio virtual é uma tarefa que deve ser feita em todo começo de ano. Se você já fez em algum dia um plano de negócios, é preciso atualizá-lo, pois os cenários mudam, assim como suas metas e objetivos. E se você ainda não possui um, o que está esperando para desenvolvê-lo?

Conheça os benefícios de planejar seu negócio virtual

Planejar as ações de um e-commerce traz a seu negócio virtual diversas vantagens que o fará sobressair frente aos concorrentes neste começo de ano. E o ideal é que empreendedores e gestores reúnam-se para montá-lo e que depois de pronto, eles tenham um momento para analisá-lo. Isso permitirá uma visão mais ampla sobre todo o negócio e dará a todos um conhecimento preciso sobre o que deve ser feito para que se possa alcançar os objetivos estipulados.

Aproveite este desenvolvimento para captar recursos para modernizar ou ampliar sua loja virtual. Pegue todos os dados adquiridos com tal plano para montar uma apresentação consistente que dará o embasamento necessário para a obtenção dos valores desejados. Tenha uma estimativa financeira real e até um pouco conservadora. Isto dará credibilidade ao seu empreendimento e mostrará àqueles que são procurados para investir, que você é cuidadoso e responsável.

Bem, como visto, o começo do ano é um ótimo momento para planejar seu negócio virtual. Analise bem todas as tendências, os pontos fortes e fracos, assim como as ameaças e oportunidades a que sua loja virtual estará sujeita, para ter ainda mais sucesso neste ano que se inicia!

Depois de colocar nossas dicas em prática, volte aqui e compartilhe conosco os resultados!

Outubro de 2014 vai ser lembrado como um mês quente! E não podemos falar que apenas as altas temperaturas que bateram recorde na cidade de São Paulo atestam isso. São Paulo registrou a temperatura mais alta em 71 anos, a época mais quente desde a década de 1940.

O mês movimentou significativamente os números de vendas de ar condicionado no e-commerce, que conta com um tíquete médio bem alto, R$1.300 no mês de Novembro de 2014.

O estado de São Paulo representa em média 40% do share financeiro do e-commerce brasileiro, sendo assim, uma movimentação de um mercado tão relevante merece destaque.

Para confirmar o comportamento do mercado e que os números foram movimentados exatamente pelo calor excessivo, montamos um gráfico comparativo da temperatura diária na cidade de São Paulo com o share de volume de vendas de ar condicionado no e-commerce. Perceba a movimentação semelhante:

vendas-ar-condicionado

Note que existe um “tempo de reação” do mercado diretamente relacionado aos picos de temperatura. Destacamos o dia 13 de outubro onde a temperatura atingiu 36º. Dois dias depois, as vendas no e-commerce atingiram também seu pico no mês, com mais de 25% do share de volume financeiro em vendas de aparelhos de ar condicionado.

Se levarmos em conta os 9 primeiros dias do mês então, onde a média de temperatura foi de 22º, as vendas representaram em média 7% do mercado. Com o calor aumentando, a partir do dia 10, com uma média de temperatura de 29º, as vendas saltam para uma média de 17% de share financeiro ultrapassando Celular e Smartphone.

Estar no lugar certo, na hora certa, com a ideia certa pode acontecer! Ao longo da história, conhecemos vários cases de sucesso que começaram desta forma. Mas não é a regra. Grandes ideias com excelentes profissionais envolvidos não emplacaram e a grande questão é: o que faltou? 

Alguns negócios começaram bem, mas não tiveram uma performance boa no decorrer do tempo e foram interrompidos. E novamente voltamos à grande questão: o que faltou? Claro que muitos fatores podem determinar o sucesso ou não de um negócio mas, temos uma ferramenta que pode minimizar o risco de dar errado: a análise de mercado.

A análise de mercado ajuda a encontrar caminhos para começar bem um negócio e crescer no decorrer do tempo. Ajuda também a otimizar esforços, colocar energia nas ações que realmente podem fazer diferença. Analisar o mercado é levantar informações cruciais para o negócio sobre a economia, os consumidores, a concorrência, os fornecedores, etc…

Parte desta análise pode ser feita através de “desk research”, ou seja, levantar informações que estão disponíveis no mercado. E que certamente, se forem bem analisadas, servirão como uma ferramenta rica para os empreendedores e gestores. Uma dica importante: não se esqueça de checar se a fonte utilizada é confiável.

O que analisar?

O que uma Análise de Mercado pode fazer pelo seu negócio?Outra parte dessa análise pode ser feita visitando a concorrência e os fornecedores. É preciso olhar com lente de aumento o que está sendo feito e como está sendo feito. O que está dando certo e o que está dando errado.

Neste primeiro levantamento, já é possível ter uma boa referência de mercado: market-share (participação de mercado) dos principais concorrentes, potencial de mercado, saturação do mercado, tamanho e força dos concorrentes, riscos impostos pela economia… Nesta fase, já dá para começar a levantar pontos fortes, pontos fracos, forças e fraquezas (Análise SWOT) dos principais concorrentes e do seu negócio.

Agora vamos falar de quem pode definir, de fato, o sucesso ou o fracasso do seu negócio: o consumidor

Sem o consumidor, o seu negócio não acontece.

É preciso conhecer o máximo possível sobre esse personagem e duas ferramentas são fundamentais: a pesquisa de mercado e um atendimento ao consumidor estruturado que ajude a monitorar de forma organizada. Se você está começando seu negócio, antes de um atendimento bem estruturado, você vai precisar de pesquisa de mercado para responder várias questões sobre o consumidor.

Algumas sugestões de temas a serem pesquisados:

› O meu produto é pertinente ao consumidor?
› O que eu posso fazer para o produto ficar melhor para o consumidor?
› Quais são os pontos fortes e fracos do meu produto e do produto da concorrência?
› Quanto o consumidor pagaria pelo meu produto?
› Como o consumidor se relaciona com os concorrentes?
› Onde eu posso inovar?

Com essas informações em mãos, você já pode enriquecer sua Análise SWOT, ter novos insights e escolher com mais segurança o caminho que você pode seguir.

Mais uma dica: Faça sua análise de mercado periodicamente, mesmo se seu negócio estiver indo muito bem. Você pode visualizar novas oportunidades e encontrar sinais que te ajudem alterar o caminho se for preciso!

_______________________________________________________________________________________

Por onde começar?

A Universidade Buscapé Company aproveitando o grande sucesso da parceria com a Impacta (referência em educação no país) está lançando mais um excelente curso sobre Análise de Mercado para novas Lojas Virtuais. Nele você encontrará dicas fundamentais de tudo que precisa se preocupar para elaborar uma análise completa do seu negócio. O curso conta com profissionais de muita experiência de mercado, assim permite uma abordagem objetiva e prática.

Com conteúdo Multimídia, temos textos, apresentações e vídeos distribuídos em 10 horas de um conteúdo agradável e bastante rico. Participações especiais: Pedro Meneghetti, fundador do Have a Nice Beer, Pedro Guasti, Diretor-geral da E-bit e Vice-Presidente de Inteligência do Buscapé Company, Fabrizio Bruzetti, Professor do Ibramerc (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Inteligência de Mercado) e Rodolfo Ohl, Country Manager da SurveyMonkey. Assista o trailer:

Para mais informações, acesse: Curso Online – Análise de Mercado para Novas Lojas Virtuais