Tags Posts tagged with "combata as fraudes da sua loja virtual"

combata as fraudes da sua loja virtual

No último dia 27 de junho tivemos o Curso online ao vivo gratuito “Combata as fraudes da sua loja virtual“, ministrado pelo professor Rogério Anacleto, especialista em Análise de Riscos e Fraudes da FControl. O curso foi um sucesso, enchemos a “sala virtual” e choveram perguntas, tantas que não foi possível responder a todas na mesma hora. Anotamos e cá estão todas as respostas!

Combata as fraudes da sua loja virtual

● Se perdeu a aula não tem problema, cadastre-se e enviamos o vídeo da gravação para você: Aula gravada Combata Fraudes da sua Loja Virtual.

● Veja também a apresentação de slides que o professor utilizou:

Confira as respostas das dúvidas dos alunos:

Natália: Hoje sabemos que a atualização de status da ferramenta quem faz é o lojista. Qual é a credibilidade de cada análise que fazemos?

Rogério Anacleto → Todos os usuários são orientados a utilizar o Sistema da maneira mais efetiva e completa, por isso defendemos que nossos usuários operam da melhor forma a ferramenta. Contudo ocorrem casos em que as transações deixam de ter o status atualizados e essas não são ponderadas no momento que o Sistema infere o risco, ou seja, transações pendentes são nulas para o Sistema.

Ainda, temos uma equipe especializada que pondera situações de mal uso e nestes casos nossa atuação consiste em neutralizar dados denunciados indevidamente e também em identificar casos que deixaram de ser retroalimentados devidamente (denunciados como fraude).

Thiago: Você falou de plataformas. Existe o módulo para o Magento Commece?

Rogério Anacleto → Sim, temos um plugin disponível: Plugin FControl Magento Commerce

Rafael: Vendedores com Bcash contam com FControl. Mas se eu vendo para um fraudador, quais documentos devo apresentar para não arcar com o Chargeback? Já tive muito problema com MercadoPago que pede até a placa do cara.

Rogério Anacleto → Para lojas que utilizam o intermediador Bcash como opção para os pagamentos e mais nenhum outra é dispensada a ação junto ao comprador seja ele idôneo ou fraudador. No caso do Bcash há cobertura de 100% do risco, então não há risco de arcar com fraude. Exceto nos casos em que houver alguma situação de desacordo comercial e outras que não configurem fraude (chargeback). Neste caso, faria sentido utilizar o FControl apenas se disponibilizar formas de pagamentos com cartão diretamente com a “bandeira”.

Denise: Como posso garantir que um cliente compra um tíquete de passagem aérea no meu site que não seja um fraudador, sendo que peço os dados fundamentais dele e autorização de débito para comprovar com documentos do cliente?

Rogério Anacleto → Utilizando o Fcontrol é possível minimizar o risco nas compras de qualquer produto ou serviço, principalmente se o conjunto dos dados enviados para o Sistema for mais completo. Quanto menor o conjunto de dados mais difícil é inferir o risco apenas considerando os dados. O envio de documentação não é garantia de idoneidade, uma vez que os fraudadores tem muita facilidade em prover este tipo de subsídio – faz parte do “know-how” deles praticar a falsidade ideológica.

Contudo, o Sistema FControl possui diversas soluções em uma única ferramenta capaz de identificar sintomas do perfil negativo e separar o que é suspeito daquilo que é positivo.

Ricardo: Vimos muito a questão de fraudes em relação ao cartão de crédito, como podemos identificar uma fraude no boleto? Por exemplo, quando o cliente muda o código do boleto e afirma que efetuou o pagamento.

Rogério Anacleto → A diferença entre a fraude com cartão e com boleto é que para o primeiro você não tem como saber se vai receber o valor da venda ou se vai receber um chargeback. Já no caso dos boletos, de maneira geral os vendedores esperaram a confirmação de pagamento pelo banco para depois “liberar” o pedido para entrega. Quando ocorrem problemas de fraudes com o boleto, os bancos são envolvidos pois nestes casos nem a Loja nem o Anti-Fraude podem impedir que um boleto seja fraudado/alterado.

Porém, pedidos com pagamento através de boleto podem ser enviados para o FControl e assim como para as compras com cartão, todos os dados serão cruzados e o Sistema terá como inferir o risco e disponibilizar os históricos com as outras formas de pagamentos (se houver). Permitindo também a identificação de CPFs gerados, que são forte indício nesse tipo de fraude. Entretanto, este tipo de fraude está bem mais associado aos bancos do que às ferramentas de prevenção.

Isabela: Então a única venda online garantida é quando feita por boleto ou transferência bancária ?

Rogério Anacleto → Se considerar como ponto de vista apenas a garantia de recebimento sim, pois nestes casos uma vez recebido o valor mesmo que haja uma fraude ela será tratada pelo banco. Porém, sem a opção de pagamento com cartão o volume de vendas automaticamente será muito menor. Os compradores desejam a possibilidade de parcelar e para eles também é uma segurança a mais comprar com cartão, uma vez que além de compradores que fraudam, existem falsas lojas que vendem e não entregam.

Se quiser estar presente no e-commerce é necessário ter ao menos a integração com um intermediador de pagamentos como o Bcash, ou mesmo diretamente com as operadoras de cartão.

Marcelo: Em um slide, você disse que ao ligar para confirmar uma compra, não devemos passar os dados de contato da compra, por quê?

Rogério Anacleto → No FControl estão disponíveis até seis consultas adicionais de dados cadastrais que podem auxiliar em mais de 85% dos casos, contundo quando um contato telefônico se fizer necessário vale solicitar ao comprador apenas com perguntas as informações que deseja confirmar (como data de nascimento, nome da mãe, endereço, entre outras) sem nunca dizer o dado e esperar uma simples confirmação pois se a pessoa consultada for o fraudador, sempre confirmará os dados informados.

Caio: No Risk Management qual é meu trabalho? Vocês analisam todos os pedidos? Como acompanho os resultados?

Rogério Anacleto → Fazemos toda a gestão das análises e o cliente tem acesso a todas as informações pelo Painel de Controle.

Caio: Quais são as funcionalidades do Pré-pago?

Rogério Anacleto → O Pré-pago tem as mesmas informações do pós-pago. A ferramenta é exatamente a mesma, o que muda é o modelo comercial e algumas limitações no que diz respeito ao processo de automatização das análises, ou seja, são analisadas transação a transação.

Bernardo: Quais são os métodos mais efetivos para prevenção de fraude eletrônica?

Rogério Anacleto → Quando falamos em fraude transacional, o FControl é a melhor solução para prevenção à fraudes, por proporcionar ao usuário a mais completa ferramenta para a tomada de decisão e sua equipe de especialistas em risco para orientação e apoio na utilização do Sistema.

Bernardo: Existe alguma correlação entre o comportamento social (Orkut, Facebook, twitter…. ) com a tendência de fraude? 

Rogério Anacleto → Sim, existem alguns estudos recentes que apontam as redes sociais como fontes eficientes na detecção de fraude e a FControl está desenvolvendo uma solução para cruzamento destes dados para enriquecimento do pacote de serviços disponível em nosso Sistema.

Eduardo: No caso que a loja seja de pequeno porte, qual é a relação custo benefício de implementar um sistema desses? 

Rogério Anacleto → Independente do tamanho da loja, para os clientes que não possuem um intermediador (Ex: Bcash) que garante a venda é indispensável uma ferramenta anti-fraude.

Marcos: Eu faço locação de loja virtual tenho como implantar?

Rogério Anacleto → O ideal seria verificar com as plataformas com as quais trabalha se eles estão integrados, caso não estejam, verifique a possibilidade de fazer. Do lado da FControl não existem muitas restrições relacionadas à integração.

Alessandra: Boa tarde! Vocês possuem ferramenta de prevenção voltada para Emissores de cartão?

Rogério Anacleto → Não nossa ferramenta é exclusiva para vendas online.

Cleide: Qual o custo estimado dessa ferramenta?

Rogério Anacleto → O Custo é variável dependendo do modelo de serviço e o volume transacionado, normalmente fica na casa de centavos.

Marcos: Teremos valores e tipos de serviços oferecido?

Rogério Anacleto → O FControl oferece basicamente três modelos de propostas comerciais, sendo:

1 – Pré-pago: modelo sugerido para aqueles lojistas que tem baixo fluxo mensal de pedidos e optam por fazer a operação de análise internamente.

2 – Análise própria: neste modelo oferecemos a licença de utilização do software, utilizando equipe própria para análise das transações mais cráticas.

3 – Análise terceirizada: neste modelo fornecemos além do software também a mesa de análise para os pedidos que necessitam de revisão manual assumindo riscos parciais pela operação. Caso tenha interesse em solicitar uma proposta: comercial@fcontrol.com.br