Tags Posts tagged with "criatividade"

criatividade

O Facebook, por meio de seu blog voltado para os anunciantes, enumerou seis dicas de como ser criativo na maior rede social do mundo. Todas foram elaboradas por Pablo Tajer, Creative Strategist do Facebook para o Cone Sul.

O Adnews reproduziu os ensinamentos abaixo, adicionamos uns memes e compartilhamos com vocês:

1 – Tente parecer uma pessoa, não uma empresa

O Facebook é uma plataforma que apresenta diferentes desafios para a publicidade tradicional e é importante que você tenha isso em mente ao criar suas publicações e anúncios. Quanto mais você se parece com amigos de seus clientes, mais atenção você vai receber.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Por exemplo, se você tem um restaurante, em vez de criar um conteúdo com um fundo estático e a foto de um prato, é melhor se você usar a perspectiva de uma pessoa, que é mais atraente e menos “publicitário”. O objetivo é que seus clientes não percebam a diferença entre conteúdos criados por marcas e por amigos em seus Feed de notícias.

2 – Conte uma pequena história em cada publicação

No Facebook as pessoas contam situações que acontecem com elas. Sua marca deve fazer o mesmo. Seu conteúdo tem quer contar histórias e/ou momentos dos produtos e serviços que você está oferecendo. Isso é a chave para que as pessoas se identifiquem com sua marca.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

3 – Pense criativamente em quem podem ser seus potenciais clientes

O Facebook tem ferramentas que te ajudam a segmentar e aprender mais sobre os interesses de seu público. Quanto mais informações você tiver sobre os seus potenciais clientes, melhor. Conhecer os gostos e desejos dessas pessoas vai te ajudar a sair do convencional e a criar conteúdos que atraiam quem ainda não tem interesse pelo seu produto ou serviço.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Por exemplo, se você tem uma empresa que vende raquetes de tênis, você pode segmentar seu público interessado em cuidados de saúde e não necessariamente direcionar a mensagem somente para pessoas interessadas no esporte.

Alguém que está interessado em sua saúde pode ser um cliente em potencial para você e quer comprar uma de suas raquetes.

4 – Preste atenção na qualidade das imagens

Hoje existem muitas ferramentas para criação de conteúdo atraente e bonito. Por exemplo, os filtros de Instagram. Não é necessário ter um fotógrafo profissional para tirar uma bela foto.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Com uma boa imagem e o filtro certo é possível conseguir uma publicação de qualidade. Por outro lado, você deve se dedicar a criação de conteúdo próprio para que tenham uma cara mais real e se pareçam menos com fotos genéricas de bancos de imagens.

5 – Pense sempre no visual dos conteúdos para dispositivos móveis

Cada vez mais pessoas acessam o Facebook por meio de um dispositivo móvel — celulares, smartphones, tablets. Ao criar uma publicação é importante observar as limitações destes dispositivos e pensar na melhor alternativa.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Por exemplo, ao escolher uma foto do seu perfil teste seu visual num dispositivo móvel. Se a imagem for muito grande, provavelmente ficará cortada, o que gera uma má experiência para quem vê.

6 – Evite mensagens como “Clique em curtir se gostou do que viu”

Se o conteúdo é atrativo, as pessoas naturalmente vão clicar em curtir, comentar ou compartilhar. A primeira barreira é que você deve propor a quebrar a indiferença das pessoas com oi seu conteúdo e a melhor maneira de fazer isso é usando sua criatividade.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Publicado pela Redação Adnews.

As tarefas do dia-a-dia estão matando a sua criatividade? Selecionamos 6 dicas para se manter criativo sob pressão. A imagem popular da criatividade envolve artistas, escritores ou músicos que repousam ao longo de dias e, em seguida elaboram suas obras de gênio em um ímpeto de febre.

Mas a maioria dos empreendedores, o retrato da criatividade simplesmente não soa verdadeiro. Mesmo se estiver em uma indústria criativa como Publicidade ou Design, você não tem tempo para sentar e esperar a inspiração vir, afinal, existem prazos a cumprir.

Infelizmente, os prazos constantes e as pressões e tempo tem feito com que muitos profissionais sintam-se decididamente sem criatividade.

As barreiras da criatividade

O grande culpado? A falta de tempo. Se fotógrafos, redatores, designers e outros profissionais que o trabalho é criativo não conseguem ser criativos, qual é a chance do empresário conseguir se manter criativo?

Não há necessidade de pânico. É possível ser criativo, não importa o quão ocupado seus dias sejam, ou quão apertado seja o seu prazo. Aqui estão 6 dicas para isso.

1. Use acessórios

Música e cafeína são as principais ajudas à criatividade. Muitas agências deixam a música ambiente rolando, ou liberam o fone de ouvido de seus funcionários para mantê-los criativos.

E se você não gosta de café, escolha o chá, ou algo que proporciona um impulso de energia rápido pode ser o que você precisa para estimular suas ideias.

6 dicas para se manter criativo sob pressão.
O café pode ser um grande aliado para estimular a criatividade.

2. Mude o local

Sentar em uma mesa e ficar olhando para um computador não é o lugar certo para se inspirar. A inspiração nos ataca onde menos pensamos que ela pode estar: no chuveiro, na academia, em um passeio.

Da próxima vez que você estiver preso e com dificuldades de ter novas ideias, tente fazer um passeio, ir a uma cafeteria ou fazer brainstorming em locais que despertam a sua criatividade.

3. Trabalhe por períodos

Tente trabalhar em períodos intensos de 90 minutos e, em seguida, faça uma pausa de 30 minutos para fazer algo completamente diferente e não relacionados ao trabalho.

Se você trabalha em casa, por exemplo, você pode se concentrar em um projeto por 90 minutos e, em seguida tirar 30 minutos para lavar a louça, ou arrumar o quarto.

É provável que você se inspire durante esse tempo e voltar para o seu projeto com novas ideias.

4. Abrace novas tecnologias

As novas tecnologias e habilidades utilizam diferentes partes de seu cérebro, que acendem a centelha da inspiração, forçando você a olhar para os problemas de novas maneiras.

Por exemplo, aprender a fazer um infográfico pode fazer que seu cérebro absorva a informação visual ao invés de textualmente. Tente aprender a usar uma nova tecnologia, um novo aplicativo, ou dispositivo, e veja como ele ajuda na sua criatividade.

6 dicas para se manter criativo sob pressão.
Novas tecnologias têm um papel importante para estimular a criatividade.

5. Tenha uma equipe

Os colegas de trabalho são uma das principais ajudas à criatividade. Uma pessoa que muda de um trabalho em que debatia regularmente com sua equipe para um trabalho em que é o único criativo da equipe faz com que os níveis de criatividade caiam vertiginosamente.

Conversar com outras pessoas naturalmente nos obriga a pensar fora de nossa própria perspectiva, o que ajuda a aumentar a criatividade.

6. Solte-se

Paradoxalmente, as limitações de tempo às vezes podem inspirar mais criatividade. Isso é especialmente verdadeiro se você é perfeccionista. Sabendo que você não tem tempo para tornar as coisas perfeitas pode forçá-lo a ter que se contentar com o bom hoje, que sempre será melhor do que o melhor nunca.

Artigo publicado no Jornal do Empreendedor foi adaptado do original, “6 Ways to Be Creative Under Pressure”, do OPENforum.

Como fazer a equipe ter mais e melhores ideias. Criatividade e inovação têm sido dois pré-requisitos fundamentais para a sobrevivência de empresas no cenário atual. No entanto, nem todo o dia é dia de grandes ideias e inspirações.

Algumas técnicas podem ser alternativas rápidas, práticas e baratas para extrair o melhor da capacidade criativa das equipes. “São poucas organizações que usam de fato essas técnicas e isso ajuda a organizar a geração de ideias”, diz Valter Pieracciani, sócio-diretor da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, especialista em inovação.

1 Seis chapéus

Uma das práticas que mais impressiona é a técnica dos “Seis chapéus”. “Os gestores gostam muito dessa prática especialmente pela eficácia dela nas quatro direções da inovação [produtos, processo, gestão e inovação do modelo de negócios]”, diz Pieracciani.

Seis chapéus - Como fazer a equipe ter mais e melhores ideias

Criada por Edward de Bono, a técnica ajuda a desenvolver o chamado “pensamento paralelo”. Todos os envolvidos no processo são convidados a vestir os seis chapéus da criatividade em uma sequência lógica.

Primeiramente, vestem o branco, que avalia os dados e fatos da solução que precisa ser criada. Na sequência, o vermelho serve para lembrar das circunstâncias emocionais que envolverão a criação.

O chapéu preto é convidado para lembrar dos pontos negativos e obstáculos que podem ser enfrentados durante o percurso. O pessimismo é sobreposto pela luminosidade do chapéu amarelo, que deve sinalizar as oportunidades e os indicativos de prosperidade.

Por fim, o verde aponta para as possibilidades de expansão das ideias originais e o azul indica o planejamento tático da operação. “Todos deverão vestir todos os chapéus para pensarem juntos de forma mais completa”, afirma.

2 World Café

World Café - Como fazer a equipe ter mais e melhores ideiasO método World Café prevê diálogos colaborativos para compartilhamento do conhecimento e, assim, descobrir novas saídas para problemas da empresa.

Criada por Juanita Brown, a técnica preconiza uma espécie de “polinização cruzada”. Os funcionários são colocados em diversas mesas para debater temas relevantes para a empresa, como em um café.

De tempos em tempos, um dos componentes troca de mesa, de forma a compartilhar com os novos parceiros de café o que vinha sendo debatido pela sua mesa anterior. A cada nova rodada, o assunto ganha profundidade e abrangência.

3 Disney’s Storyboard

Disney's Storyboard - Como fazer a equipe ter mais e melhores ideiasO storyboard de Walt Disney era o local em que todos os desenhos eram reunidos e reordenados, para criação de uma sequencia lógica bem sucedida. Dentro da empresa, ele terá exatamente a mesma função: tornar mais fácil o planejamento e edição do desenho animado – no caso, do produto final. “Essa é uma ferramenta clássica para criar espaços futuros”, afirma Pieracciani.

Sob o título de assunto, os envolvidos fixam lembretes com os problemas e questões a se resolver.

Em “propósito” vêm os motivos que levam a equipe a explorar o assunto e, por fim, sob o cabeçalho miscelânea estarão papeis com todas outras possíveis ideias que não se encaixam em nenhuma das duas categorias, mas são relevantes e devem ser lembradas. Com ideias organizadas, a eficiência da estratégia é muito mais notável.

4 Mapa mental

O mapa mental talvez seja a mais simples das técnicas propostas pelo especialista. Mais conhecido por seu nome em inglês, o Mindmap foi elaborado por Tony Buzan, autoridade mundial em aprendizagem e utilização da capacidade mental. Até hoje a ferramenta, que revolucionou sua época, funciona muito bem na organização de ideias.

A partir de um único centro, todas as ideias e informações relacionadas são espalhadas pela folha. A principal vantagem dos mapas mentais está na simplicidade de execução e aplicabilidade da estratégia – em qualquer aspecto, seja tarefa profissional, atividade pessoal ou de lazer, é possível irradiar ideias de um centro comum.

Mapa mental - Como fazer a equipe ter mais e melhores ideias

4 técnicas para fazer a equipe ter mais (e melhores) ideias – Texto da Bárbara Ladeia, Publicado na Exame.

As empresas tem um grande desafio para quebrar a rotina nos ambientes de trabalho. São poucas que conseguem realmente estimular a criatividade dos colaboradores em ambientes leves e descontraídos. Mas o que seria ideal fazer?

O Programa Roberto Justus+ fez uma matéria muito interessante nesta última segunda-feira (28/10) com algumas empresas que já aplicam estas práticas no dia-a-dia. Veja como funciona a rotina do Buscapé Company, Facebook e Valcucine. Assista!

“Estimular a criatividade implica em quebrar com as regras e a conformidade.”
Pompeo Scola – Vice-Presidente de Desenvolvimento Organizacional do Buscapé Company

Leia também: Buscapé Company é sinônimo de escritório do futuro em matéria da CNT

O vídeo foi publicado no Portal R7, pela TV Record.