Tags Posts tagged with "datas comemorativas"

datas comemorativas

As datas comemorativas são ótimas oportunidades para quem deseja ampliar as vendas online, mas um bom planejamento é indispensável para dar direção a estratégia que será adotada pelo seu negócio, afinal quando se tem um caminho claro a seguir, perde-se menos tempo útil.

Atualmente, as datas comemorativas mais importantes para a grande maioria dos e-commerces são o Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Black Friday e o Natal, essas duas últimas são consideradas as mais relevantes. Já para e-commerces de nicho, existem outras datas especiais como Dia dos Namorados, Dia do Livro, Cyber Monday, etc.

Para ter sucesso nas campanhas de datas especiais, independente do segmento que sua loja virtual trabalha, é importante estar atendo a detalhes como:

• Principais datas que serão trabalhadas;
• Prazo ideal para iniciar as ações;
• Ofertas que seu negócio vai ceder para atrair os clientes;
 E o período em que aumenta a busca pelos produtos ofertados por sua loja virtual, para não perder o timing.

Adotar um calendário com as principais datas do e-commerce e montar uma estratégia de vendas baseada nesse material, é uma tática importante para quem deseja começar o ano de forma organizada e alcançar resultados satisfatórios de acordo com suas metas.

Para ajudar nesse processo, o Olist, plataforma que conecta pequenas e médias empresas a grandes Marketplaces, e a Uni Buscapé Company, especializada em cursos de E-commerce e Marketing Digital, se uniram para criar o Calendário do E-commerce para 2016 com as datas mais importantes do varejo, para que você se programe e monte sua estratégia de 2016 com antecedência para não perder nenhuma oportunidade.

No calendário, além das datas especiais, você terá lembretes dos prazos ideais para iniciar suas campanhas e várias dicas úteis que são servir como um guia mensal na sua estratégia de vendas.

Faça o download gratuito:

Calendário do E-commerce para 2016

A experiência de compras nas datas comemorativas vem mudando significativamente nos últimos 5 anos. Com a explosão do e-commerce nos feriados tradicionais, as redes varejistas passaram a criar eventos próprios a fim de impulsionar as compras online.

Um case marcante é o exemplo do grupo Alibaba que lançou em 2009 a campanha 11.11 Shopping Festival on China’s Singles’ Day, que acabou se tornando a maior data mundial do e-commerce por promover anualmente 24 horas de liquidação.

Seja tradicional ou criado e incentivado pelo varejo, o importante é que os comerciantes reconheçam esta tendência crescente das datas comemorativas quando forem mapear suas estratégias anuais de marketing digital. Para entender este comportamento, a Sociomantic Labs criou um infográfico (abaixo) que destaca os hábitos de consumo de compras e estatísticas-chave do e-commerce das melhores datas de compras no mundo.

O mercado brasileiro já apresenta bons exemplos desta tendência. Um deles é a Black Friday, que vem se firmando há alguns anos. Em 2015, por exemplo, mesmo com a crise o varejo online brasileiro vendeu R$ 1.6 bilhão na Black Friday, registrando um crescimento de 38% quando comparado com 2014.

Além disso, em 2014, 18% dos 1.2 milhão de shoppers das promoções da Black Friday compraram de varejistas online pela primeira vez, mostrando mais uma vantagem do marketing nos Shopping Holidays. Outro exemplo é a Cyber Monday, que ganhou popularidade também na América Latina e na Europa. No Brasil, em 2015, as vendas do Cyber Monday resultaram R$294 milhões.

Veja abaixo quais as principais datas do comércio detectadas pela Sociomantic:

Liquidação de verão;
Ano Novo Chinês;
Volta às aulas;
Dia da mulher;
Páscoa;
Dia das mães;
Dia dos namorados;
Dia dos pais;
Dia das crianças;
Divali – festival das luzes na Índia;
Dia dos solteiros da China;
Dia de ação de graças, Black Friday, Cyber Monday e GOSF (Grande Festival de Compras Online, promovido pelo Google, na Índia);
Hanukkah, Natal, Kwanzaa (celebração afroamericana) e Boxing Day.

3 principais dicas para as empresas manterem a competitividade nas datas comemorativas

1- Antecipe suas ações de marketing

Os varejistas estão começando a perceber a importância de prospectar clientes com antecedência se quiserem garantir conversões em vendas.

Para garantir que estão preparados para amplificar e modernizar suas estratégias durante essas épocas de consumo intenso, é essencial que os anunciantes testem novas tecnologias com tempo suficiente para aprender as melhores práticas e aperfeiçoarem seu trabalho de acordo com suas observações.

Para a maioria das estratégias de marketing baseada na coleta de dados, três meses de “aquecimento” são o mínimo recomendado para a realização de testes.

2- Vá para o mobile

À medida que sair de casa para fazer compras nos Shopping Holidays torna-se mais caótico, estratégias para mobile web e apps podem fazer toda a diferença para captar a atenção dos consumidores.

É essencial que o anunciante esteja totalmente preparado para relacionar-se com clientes em qualquer cenário. Seja checando ofertas no smartphone, aproveitando intervalos no dia de trabalho para conferir bons negócios em seu tablet ou se preparando para um dia de compras em seu PC.

Estratégias inteligentes, baseadas na coleta de dados, voltadas para o conforto do cliente, que abrangem todos os dispositivos, farão toda a diferença.

3- Personalize para se destacar

Com tanta competição nesses períodos, os varejistas devem encontrar um jeito de se destacar.  A personalização baseada nos dados do consumidor – nos sites, apps e nas redes sociais — é essencial para obter conversões de clientes, considerando que os outros varejistas estão a alguns cliques de distância.

Novas tecnologias como a publicidade programática possibilitam que os varejistas usem CRM e outros dados proprietários para criar anúncios personalizados em tempo real, tanto para consumidores em potencial quanto para clientes existentes.

2015-10-15_Shopping-Around-The-World-Infographic_BR (1)

Cerca de 200 lojas virtuais brasileiras vão participar, em 18 de março, de uma promoção análoga à Black Friday, que deve conceder ao consumidor descontos de até 60% e intensificar as vendas neste primeiro semestre. Trata-se do Dia do Consumidor, que entrará na segunda edição e tem previsão de alcançar um faturamento de R$ 278,3 milhões.

Se confirmado, o valor representará um avanço de 60% sobre os R$ 174 milhões faturados no ano passado. Esperam-se 630 mil pedidos, com um valor médio de R$ 437 cada um – em 2014, houve menos pedidos (460 mil) e o gasto individual foi menor (R$ 376). O crescimento é esperado porque, agora, há mais lojistas envolvidos – os principais varejistas do país devem participar – e a preparação da promoção foi iniciada com mais antecedência.

Veja: Os números atuais do E-commerce no Brasil

“A ideia é justamente criar uma ‘Black Friday do primeiro semestre'”, diz Rodrigo Borer, CEO do Buscapé Company, que organiza a promoção. Ele explica que a concepção do evento partiu dos próprios varejistas, que sentiram necessidade de criar uma ocasião para movimentar o mercado no início do ano. “A primeira data relevante para o comércio virtual é o Dia das Mães, que só acontece em maio”.

Borer acrescenta que os descontos oferecidos variam conforme o segmento e a loja. “Um iPhone 5s com 8% de desconto é um ótimo negócio, pois o preço desse telefone varia muito pouco. Já no ramo de casa e decoração, o desconto, para ser atrativo, precisa passar de 40%”.

A estimativa de descontos de até 60% foi elaborada com base nas ofertas feitas no ano passado. Deve haver grande volume de produtos em exposição nas áreas de eletrodomésticos e eletrônicos, mas a promoção será variada, englobando itens de diversos gênero.

Promoções sazonais como esta, segundo Borer, buscam modificar o cronograma de compras do consumidor, fazendo com que, diante da possibilidade de receber desconto, ele antecipe a aquisição de um bem que já pretendia obter. A expectativa é de que a data cresça e se consolide, a exemplo do que tem ocorrido com a Black Friday, realizada em novembro.

O Buscapé já começou a divulgar a promoção, que vai durar 24 horas, com início à zero hora do dia 18 de março.

Dia Mundial do Consumidor

A promoção tem como gancho a data de 15 de março, três dias antes, que é reconhecida pela ONU como Dia Mundial do Consumidor e se volta para a valorização dos direitos dos compradores.

A Black Friday, realizada há quatro anos no Brasil, foi responsável por cerca de 20% das vendas do e-commerce brasileiro no ano passado. O evento gerou R$ 1,16 bilhão em faturamento – cerca de 300% a mais que o previsto para esta edição do Dia do Consumidor Brasil.

Texto publicado na Gazeta do Povo.

Uma campanha de e-mail marketing em datas comemorativas pode contar com diversos formatos. No artigo anterior mostramos os 6 erros mais comuns nas estratégias de envio de e-mails em datas especiais, agora você vai conhecer 5 formatos diferentes de conteúdo para enviar aos seus clientes.

Save the date

Cada vez mais pessoas têm adotado o hábito de programar seus gastos com certa antecedência, seja contas fixas mensais ou as compras sazonais. Por isso, um e-mail do tipo “Guarde esta data” é interessante para lembrar o consumidor que o Dia das Mães é no próximo mês ou que o Natal está chegando, por exemplo.

Esse tipo de e-mail cria uma necessidade no consumidor de se preparar para a data que virá.

Guias de presentes

Esse tipo de e-mail nada mais é do que uma lista de ofertas segmentadas e costuma ter um ótimo desempenho, pois é uma forma de facilitar a vida do consumidor oferecendo ideias de presentes para datas especiais.

O guia pode ser segmentado por gênero, idade, afinidade (amigos, familiares, colegas de trabalho), interesses ou mesmo preço. Um e-mail com uma lista de desejos geek para divulgar no Dia do Orgulho Nerd, com uma seleção de presente para solteiros ou um guia de presentes com lembrancinhas até R$10, são bons exemplos.

Promoção

Enviar um e-mail com os destaques de ofertas pertinentes à data comemorativa também é muito útil. É importante destacar as vantagens contidas no conteúdo do e-mail, frete grátis, descontos, bônus em compras, etc.

É possível segmentar esses e-mails promocionais por categoria, preço ou os mais vendidos, neste último segmento, as “top ofertas” podem aparecer ranqueadas ou com comentários reais de consumidores, dando um incentivo a mais para os consumidores indecisos.

Última hora

O que todas as datas comemorativas têm em comum? Sempre há um grupo de pessoas que espera até o último minuto para comprar um presente, o que cria uma ótima oportunidade de ajudar os compradores a encontrar um presente e recebê-lo a tempo.

Deixe claro no e-mail que é a “última chance” de efetuar o pedido e recebê-lo antes do Natal ou a tempo para o Dia das Crianças, por exemplo.

Pós-evento

A comunicação após a data é uma oportunidade de oferecer produtos de acordo com o histórico do consumidor. Nesse momento é interessante também oferecer alguma vantagem exclusiva para o cliente que efetuou uma compra durante sua campanha.

Bônus: Feliz Aniversário

Ao montar o formulário de cadastro da sua lista coloque o campo “Data de aniversário”: Oferecer um desconto especial ou um brinde para compras efetuadas no mês de aniversário é altamente recomendável. É uma data onde o comprador deseja receber vantagens e muito provavelmente fará uma compra para aproveitar a oportunidade.

Existe uma infinidade de abordagens para engajar clientes com e-mails marketing em datas comemorativas, é importante explorar cada uma delas e ver o que funciona melhor para cada data e cada tipo de público.

As datas comemorativas são uma ótima oportunidade para criar ações temáticas e incentivar as vendas. Nesse cenário, o e-mail marketing é provavelmente a melhor ferramenta para essa estratégia.

Mas é preciso ficar atento para alguns erros comuns de planejamento. Conheça e risque da lista estes 6 erros:

Não ter um calendário editorial

Antes de qualquer ação, você precisa montar um calendário editorial. Isso pode ser feito em qualquer software ou até mesmo em uma simples planilha. Procure colocar todas as datas comemorativas que podem ser aproveitadas no seu nicho.

Importante: datas menos populares também podem entrar no calendário, o critério de seleção será a relevância para o seu público-alvo. Por exemplo, todos os e-commerces fazem ações no Dia dos Pais, o que torna a data mais competitiva, mas se você atua no segmento de beleza, aproveitar uma data comemorativa menos conhecida, como o Dia do Beijo, é extremamente relevante e pode gerar excelentes resultados.

Não segmentar seus envios

Não adianta mandar um e-mail com produtos para gestantes no Dia das Mães se seu público não se encaixa nesse perfil. É importante conhecer sua lista antes de mandar um e-mail. Segmente seus envios pela localização, certos feriados são regionais, crie grupos de acordo com interesses, gênero e idade.

Você também pode criar listas considerando o comportamento do consumidor, como procrastinadores, que deixam as compras para última hora ou altamente engajados, que costumam comprar já no primeiro e-mail.

Criar assuntos confusos ou clichês

O que faz você abrir um e-mail? Trabalhar para criar uma linha de assunto atrativa é crucial para ter sucesso na sua campanha. Evite trocadilhos ou frases clichês com as datas comemorativas, “É Natal na nossa loja, mas quem ganha o presente é você”, isso não atrai os clientes.

Procure ser direto e destacar as principais vantagens contidas na sua mensagem, como frete grátis, descontos de até 80%, ofertas limitadas por quantidade ou determinadas por período.

Enviar milhares de e-mails a todo o momento

É importante escolher o período certo para enviar seus e-mails. Com certa antecedência, mas não muito distante da data para que sua mensagem não entre no esquecimento. O ideal seria fazer pelo menos dois disparos: uma semana antes da data e um ou dois dias antes.

Existem tipos de e-mails para enviar em diferentes momentos, save the date, pré-data, na data ou ainda pós-data, é recomendável não enviar todos só por enviar, analise sua lista e avalie quais e-mails seriam mais interessantes de acordo com o comportamento do destinatário.

Entrar totalmente “no clima” das datas

Criar um e-mail marketing com layout customizado e temático é altamente recomendável. Assim como utilizar assinaturas de e-mail e um logo personalizado para data. Porém é preciso manter a identidade da marca.

Lembre-se: seus destinatários precisam ser capazes de reconhecê-lo.

Não ser mobile

Criar conteúdo “mobile friendly” é sempre um item na checklist de marketing. As vendas via dispositivos móveis não param de crescer e a tendência é que cada vez mais pessoas aproveitem a comodidade do mobile commerce.

Imagine que um homem esqueceu o Dia dos Namorados e precisa mandar um presente para a namorada enquanto sai do trabalho. Ele pega o smartphone e compra uma bela cesta de flores que será entregue a ela antes que ele chegue em casa.

Um m-consumidor deve ser capaz de fazer todo o processo de conversão em qualquer dispositivo móvel, desde abrir seu e-mail marketing, navegar na página de destino e efetuar a compra.