Tags Posts tagged with "dia do consumidor"

dia do consumidor

O Dia do Consumidor 2016, evento criado para estimular as vendas do e-commerce brasileiro por meio de grandes descontos, registrou um número de pedidos 19% maior se comparado à edição anterior, chegando a 562 mil nas 24 horas.

Os dados revelam ainda que 52.174 pessoas realizaram sua primeira compra online, incentivadas pela ação.
As ofertas, no entanto, começaram a se intensificar às 20h, na terça-feira (15), e foram até às 23h59 de quarta, atraindo quem buscava por preços menores.

As vendas dentro desse período chegaram a R$ 271 milhões com 685.780 mil pedidos. Se considerar somente a quarta-feira, o faturamento foi, nominalmente, 12% maior em relação a 2015, chegando a R$ 224 milhões.

dia-do-consumidor-2016

No total, 277.877 pessoas aproveitaram as ofertas, cujos descontos chegaram até 60%. Cada consumidor realizou em média 2 compras, sendo que o tíquete médio ficou em R$ 398.

“Os números desse Dia do Consumidor Brasil são significativos, pois apontam um crescimento do e-commerce que contraria o atual cenário de retração do mercado. Os 12% de faturamento a mais que 2015 e as milhares de pessoas que fizeram sua primeira compra online representam o consumidor mais atento e disposto a aproveitar oportunidades de maneira mais eficiente”, comenta André Ricardo Dias, diretor executivo da E-bit/Buscapé.

Veja todos os números do mercado divulgados.

Com mais de 650 lojas participantes, setor superou em 61% um dia normal e as categorias mais vendidas foram Perfumaria, Eletrodomésticos e Celulares

O resultado de vendas no Dia do Consumidor Brasil 2015, a ação ocorrida nesta quarta-feira 18 de março, ajudou a movimentar o setor no mês, tradicionalmente um período de baixa em vendas. Nas 24 horas de ofertas em mais de 650 lojas virtuais, as vendas superaram R$ 200 milhões, o que representa um aumento de 61% em relação à semana anterior.

dia-do-consumidor-2015

O tíquete médio passou de R$ 425,00, ficando 20% acima de um dia normal e o volume de pedidos cresceu 35%. As cinco categorias mais vendidas, tendo colaborado em peso para as vendas, foram Cosméticos, Perfumaria e Saúde; Eletrodomésticos; Telefonia e Celulares; Moda e Acessórios; e Informática. Os varejistas online somaram mais de 30.000 ofertas com descontos de até 85%, o que chamou a atenção dos consumidores e contribuiu para o aumento das vendas nesse dia.

O varejo online e também as lojas físicas que aderiram à promoção neste ano se empenharam bastante neste Dia do Consumidor e algumas delas aproveitaram a campanha para estender seu período de promoções para uma semana ou até o mês inteiro, dando ao consumidor mais tempo de compra e poder de decisão”, comenta Rodrigo Borer, CEO do Buscapé Company para América Latina, que destaca ainda outro fator importante do evento.

“A data é também um chamariz para fidelizar novos clientes, que podem nesta oportunidade testar o serviço e atendimento do site, atraídos pelos benefícios que vão desde frete grátis até, principalmente em datas sazonais, descontos que podem chegar a 85%.”

Veja todos os números do E-commerce no Brasil.

Cerca de 200 lojas virtuais brasileiras vão participar, em 18 de março, de uma promoção análoga à Black Friday, que deve conceder ao consumidor descontos de até 60% e intensificar as vendas neste primeiro semestre. Trata-se do Dia do Consumidor, que entrará na segunda edição e tem previsão de alcançar um faturamento de R$ 278,3 milhões.

Se confirmado, o valor representará um avanço de 60% sobre os R$ 174 milhões faturados no ano passado. Esperam-se 630 mil pedidos, com um valor médio de R$ 437 cada um – em 2014, houve menos pedidos (460 mil) e o gasto individual foi menor (R$ 376). O crescimento é esperado porque, agora, há mais lojistas envolvidos – os principais varejistas do país devem participar – e a preparação da promoção foi iniciada com mais antecedência.

Veja: Os números atuais do E-commerce no Brasil

“A ideia é justamente criar uma ‘Black Friday do primeiro semestre'”, diz Rodrigo Borer, CEO do Buscapé Company, que organiza a promoção. Ele explica que a concepção do evento partiu dos próprios varejistas, que sentiram necessidade de criar uma ocasião para movimentar o mercado no início do ano. “A primeira data relevante para o comércio virtual é o Dia das Mães, que só acontece em maio”.

Borer acrescenta que os descontos oferecidos variam conforme o segmento e a loja. “Um iPhone 5s com 8% de desconto é um ótimo negócio, pois o preço desse telefone varia muito pouco. Já no ramo de casa e decoração, o desconto, para ser atrativo, precisa passar de 40%”.

A estimativa de descontos de até 60% foi elaborada com base nas ofertas feitas no ano passado. Deve haver grande volume de produtos em exposição nas áreas de eletrodomésticos e eletrônicos, mas a promoção será variada, englobando itens de diversos gênero.

Promoções sazonais como esta, segundo Borer, buscam modificar o cronograma de compras do consumidor, fazendo com que, diante da possibilidade de receber desconto, ele antecipe a aquisição de um bem que já pretendia obter. A expectativa é de que a data cresça e se consolide, a exemplo do que tem ocorrido com a Black Friday, realizada em novembro.

O Buscapé já começou a divulgar a promoção, que vai durar 24 horas, com início à zero hora do dia 18 de março.

Dia Mundial do Consumidor

A promoção tem como gancho a data de 15 de março, três dias antes, que é reconhecida pela ONU como Dia Mundial do Consumidor e se volta para a valorização dos direitos dos compradores.

A Black Friday, realizada há quatro anos no Brasil, foi responsável por cerca de 20% das vendas do e-commerce brasileiro no ano passado. O evento gerou R$ 1,16 bilhão em faturamento – cerca de 300% a mais que o previsto para esta edição do Dia do Consumidor Brasil.

Texto publicado na Gazeta do Povo.

Buscapé investiu R$ 15 milhões para reunir grandes lojas no dia 19 de março para o Dia do Consumidor

O Buscapé Company investiu R$ 15 milhões, coordenando uma ação de vendas para o Dia do Consumidor, que acontece em 19 de março, e que reunirá varejistas como Americanas.com, Casas Bahia, Centauro, Extra, Magazine Luiza, entre outros.

A ideia é que a data sazonal registre aumento nas vendas, a exemplo do que acontece anualmente com a Black Friday. “A data trará inúmeras promoções em lojas online, com descontos expressivos, ajudando a alavancar as vendas no começo do primeiro semestre, período tradicional de retração do consumo”, explica o CEO do Buscapé Company Rodrigo Borer.

A ideia é que a liquidação se repita anualmente, sempre em uma quarta-feira, após ou no próprio dia 15 de março, data reconhecida pela ONU como Dia Mundial do Consumidor. “Nessa lógica, todos os nossos esforços para assegurar uma ótima experiência aos nossos usuários se estendem para os parceiros, que estão se preparando para oferecer produtos de qualidade, bons preços e entrega no prazo”, garante Borer.

A iniciativa terá apoio da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara-e.net), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio SP) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).