Tags Posts tagged with "email marketing"

email marketing

Como medir o sucesso de suas campanhas de email?

As chances são de que você meça o sucesso pelo número de pessoas que abrem o email (taxa de abertura) e do número de pessoas que clicam em um link (click-through).

E enquanto não há nada de errado nisso, o que fica esquecido é que a taxa de cliques é totalmente dependente da taxa de abertura, porque a menos que as pessoas abram o seu email, não há nenhuma chance de que elas possam clicar sobre ele!

Portanto, a fim de obter uma melhor taxa de clicks, você precisa que as pessoas o abram primeiro.

Então, como fazer mais pessoas abrirem os seus emails?

Há um monte de opiniões na web sobre como aumentar taxas de abertura, mas só estamos interessados nos dados concretos por trás do sucesso da taxa de abertura. A forma mais segura para ter um trabalho mais produtivo é optar por uma plataforma de envio de email marketing profissional.

Esses dados irão ajudá-lo e por sua vez impactam positivamente no desempenho global da sua estratégia de email marketing.

Mas primeiro…

O que é uma taxa de abertura de email?

Antes de mergulhar nos dados, você precisa entender essa métrica. Você vê, a maioria das pessoas consideram a taxa de abertura como o número de pessoas que abrem seus emails.

Parece lógico, certo?

Infelizmente, esse não é o caso. Um email só é contado como aberto em uma das seguintes situações:

  1. O leitor permite que as imagens em seu email sejam exibidas no painel de visualização ou em uma visão completa do email.
  2. O destinatário clica em um link no email.

OK, bastante fácil. Mas, como as taxas de abertura são calculadas?

Prestadores de serviços de email (ISPs) calculam a taxa de abertura, como o número de pessoas que abrem o email e dividindo-o pelo número de emails enviados sem bounce, ou seja, não conseguiu chegar ao destinatário.

Por exemplo, se você enviar 100 emails, e 10 retornam, isso deixa você com 90 emails entregues. Desses 90 emails, digamos que 10 são abertas. Isso significa que sua taxa de abertura de campanha de email é de 11% (10 emails abertos a partir de 90 entregues).

Os emails que não são entregues não podem ser abertos, razão pela qual este número não está incluído no percentual de taxa de abertura.

Como as taxas de abertura tem mudado ao longo dos anos?

Dado que o email marketing B2B tem sido o canal de marketing mais popular por vários anos e que o número médio de emails promocionais enviados aos leitores continua a aumentar, você pensaria que a taxa de abertura está em declínio.

No entanto, esse não é o caso. Exceto por uma queda em 2013-2014, a taxa de abertura de email tem sido consistente desde 2006!

Esta é, naturalmente, uma boa notícia, pois significa que o email ainda é um poderoso canal de marketing que você pode usar para se comunicar com seus clientes ou clientes potenciais.

Antes de conseguir mais pessoas para ler seus emails, você primeiro precisa entender onde você está.

Quantas pessoas atualmente leem seus emails? Qual é a sua taxa de abertura de email atual?

Como posso comparar com a média da indústria?

Relatórios de referência são importantes na compreensão de como a indústria está mudando no seu conjunto e você deve encontrar o seu próprio parâmetro de referência com base no seu desempenho da campanha de email marketing. Você deve ser capaz de obter este número do seu provedor de serviços de email.

Aqui está um exemplo internacional das taxas de abertura com base em uma campanha de email marketing que correu no início deste ano:

Como você pode ver, as taxas de abertura variam de país para país.

Quando nos aproximamos do final de 2016, a taxa média em todas as indústrias era de 24%.

Se você tem uma taxa de abertura de 25% ou mais, então você está indo muito bem!

Se não, não se preocupe. Você conhece seus assinantes melhor do que ninguém. Por exemplo, se você sempre chegar a uma taxa de abertura de 15%, o que está abaixo da média mas sua campanha está produzindo resultados, é óbvio que você não está indo mal, “no seu setor”.

Taxas de abertura no setor de seguros, por exemplo, diferem daquelas na indústria de cuidados de saúde. E taxas de abertura na Europa diferem daquelas nos EUA.

O primeiro desafio é obter sua lista de contatos otimizada. Não adianta gastar horas na elaboração de uma campanha perfeitamente otimizada se ela acaba na pasta de spam dos seus leitores, não é?

Como faço para ter mais emails entregues?

Pense sobre isso:

Mais de 20% dos emails marketing nunca chegam à caixa de entrada do assinante. É um em quatro emails!

É claro que, assim como a taxa de abertura, taxas médias de entregabilidade diferem por região.

Por exemplo, apenas 66% dos emails chegam na caixa de entrada de um leitor na Ásia em comparação com 86% na Europa.

Isso faz uma enorme diferença!

Então, como você pode ter certeza que seus emails serão entregues aos seus leitores?

Aqui estão algumas dicas sobre como você pode aumentar as taxas de entrega.

  • Use double opt-in. Double opt-in significa que o assinante irá confirmar se ela quer receber emails do seu negócio. Você não deseja enviar emails para as pessoas que particularmente não se interessam por eles; eles não vão lê-los e isso irá diminuir suas taxas de abertura.
  • Peça a seus leitores para lhe adicionar à sua lista de endereços confiáveis. Ao simplesmente perguntar aos seus leitores para adicionar o endereço “de” email à suas listas de contatos, você pode aumentar o número de emails entregues.
  • Limpe sua lista de email. Se um assinante não abrir um email seu três vezes seguidas, as chances são de que ele não está interessado em sua empresa. Gmail e Yahoo Mail são inteligentes o suficiente para entender se você for irrelevantes para os usuários, e direcioná-lo para a pasta de spam.

Quanto mais emails são entregues ao público certo, maior a chance que você conseguir mais pessoas a abrí-los.

Como as pessoas lêem minhas campanhas de email?

A maneira como as pessoas lêem emails pode fornecer informações importantes na forma como você deve criar suas campanhas.

Por exemplo, o tipo de dispositivo usado.

“Marketeiros” não podem mais ignorar dispositivos móveis e tablets. As taxas de abertura em dispositivos móveis cresceram 180% em três anos e o percentual continua a crescer a cada trimestre.

55% dos emails são agora abertos e lidos em dispositivos móveis

Você consegue adivinhar o que acontece se seus leitores recebem um email que não é otimizado para celular (responsivo)?

70% irá excluir o email imediatamente!

E, no entanto, apenas a 11% das campanhas usam um design responsivo  em seu template de email.

Você já viu o seu próprio template de email em um dispositivo móvel recentemente?

Se não, você deve dar uma olhada. Se você não tiver otimizado suas campanhas de email para dispositivos móveis, agora é a hora!

Quando devo enviar a minha campanha de email?

Timing is money”!. Para saber quando enviar suas campanhas de email marketing, você tem que conhecer o seu público.

Se você vende um software, leve em conta que a maioria de seus clientes estarão apreciando um tempo com a família nos fins de semana e longe do computador. Isso significa que o envio de uma campanha de email no fim de semana vai levar a menos aberturas, se houver alguma!

Então, quando você deve enviar o seu email?

Uma pesquisa recente indica que o melhor dia para enviar emails , a fim de obter uma taxa de abertura mais alta é terça-feira.

Agora que você sabe em que dia para enviar seus emails, o que acontece com a hora do dia?

A pesquisa mostra que os leitores são mais propensos a abrir emails depois das 12h e que 23% de todos os emails abertos ocorrer durante a primeira hora após o disparo do email marketing. Após 24 horas, a chance do seu email de ser aberto fica abaixo de 1%!

Como você pode ver, o “timing” do envio do seu email é crucial para o sucesso de sua campanha. Se você enviá-lo em um dia, quando as pessoas são menos propensas a lê-lo, então você pode estar perdendo uma grande quantidade de clientes.

Assim, quando se trata de enviar sua campanha de email, terça-feira, depois das 12h é a sua melhor aposta.

Como posso aumentar as taxas de abertura?

O nome do remetente e linha de assunto dos emails são os fatores mais importantes na obtenção de aberturas.

Por exemplo, 64% dos assinantes dizem que eles são propensos a ler seu email por causa de quem fez o envio, e 47% dos destinatários de email abrem um email com base na linha de assunto.

Você já ouviu a frase “você deve gastar tanto tempo escrevendo sua manchete quanto gasta escrevendo o conteúdo”?

Bem, exatamente a mesma frase se aplica à sua linha de assunto.

Uma linha de assunto bem trabalhada não deve ser a primeira coisa que você pensa. Em vez disso, ele deve levar tempo. E você deve usar pesquisas e dados para ajudar a guiá-lo.

Um relatório descobriu que as linhas de assunto com 6 a 10 palavras proporcionam a mais alta taxa de abertura, tornando 8 palavras um número ideal para uma linha de assunto.

Se uma linha de assunto é muito longa, ela vai ficar cortada e seu leitor não vai saber sobre o que é o email (e pode ignorá-lo).

Outro motivo para a abertura de um email é se a linha de assunto é personalizada para o destinatário, como linhas de assunto com o primeiro nome de um destinatário, por exemplo, pode elevar as taxas de abertura em 20%!

Ou se você está se sentindo super criativo, linhas de assunto com títulos de filmes e letras de músicas têm uma taxa de abertura média de 26%!

Conclusão

Aqui estão os pontos-chave para que você possa tirar proveito de uma maior taxa de abertura da próxima vez que enviar um email marketing:

  • Use 6 a 10 palavras em suas linhas de assunto para obter a melhor taxa de abertura;
  • Envie suas campanhas de email durante o dia de trabalho e depois do almoço;
  • Personalize linhas de assunto com o nome do leitor;
  • Use um nome de remetente reconhecível;
  • Otimize suas campanhas com templates de email responsivos.

Claro, a melhor opção para você pode não ser a utilização de qualquer um dos itens acima. Depende inteiramente do que seus relatórios estatísticos disserem. Mas você pode começar com os dados fornecidos neste post e usar a ciência para guiá-lo a ter mais emails abertos.