Tags Posts tagged with "fotografia"

fotografia

“Como eu posso tirar fotografias de produtos que desperte interesse em meus visitantes?”

A resposta é a mesma para 90% das respostas do mundo desde antes de Einstein publicar a teoria da relatividade: depende. Depende do seu público e depende do seu produto.

Realizar testes é um troço tão antigo quanto beber água. Se você quer aumentar as vendas da sua loja você vai ter que passar 50% do tempo testando fotos, texto, cores e o que mais você ou o último guru do e-commerce achar que é válido.

Como todos queremos nos apoiar em ombros de gigantes vamos aprender com quem já faz direito até encontrar o nosso próprio jeitinho.

Utilize contexto

Eu acredito fortemente no Princípio de Pareto, 80% dos resultados vem de 20% do esforço, e essa dica é o seu 20% de ouro. Quando você apresenta contexto à foto, ela deixa de ser um enfeite (como a Megan Fox em Transformers) e passa a ser útil.

Para aplicar contexto às suas fotos é importante (sempre é) conhecer o cliente e apresentar como o produto vai facilitar ou mudar a vida dele. Ah, e por acaso tem que mostrar como ele é bonito – o produto, não o cliente.

Quem faz isso bem é a Dodocase com suas capas para iPad.

DODOcase_Classic_1_1024x1024

Elas podem ser usadas de várias formas e possuem detalhes que são importantes ao futuro comprador.

IMG_534_1024x1024

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-12.07.20

Camera-Hole-Classic_1024x1024

Outro ótimo exemplo é a Ethnotek e suas mochilas.

Seus clientes são pessoas que gostam de viajar. O que é importante para eles em uma mochila?

Hummmm, vejamos:

  • Ela tem que ter compartimentos para as principais coisas que forem levar nas viagens. Câmeras fotográficas, passaporte, notebook, garrafa com água, etc;
  • Qual o tamanho dela quando está cheia de coisas dentro?
  • Ela tem que ser bonita e combinar com meu estilo;

Então…

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-12.20.49

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-12.20.59

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-12.21.24

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-12.21.35

Voilà! Contexto!

Dê atenção aos detalhes

Nos dois casos há fotos de detalhes do produto. Nas capas pra iPad eu consigo ver que tem um buraco para a câmera. Na mochila eu vi de perto que dá pra guardar várias pequenas coisas nos bolsos do lado. Muito bom.

Os detalhes realmente importam e mulheres são bem sensíveis nesse ponto quando compram roupas e acessórios de moda.

Ao procurar uma bolsa, elas querem saber quantos compartimentos e quantos bolsos tem dentro. Mesmo se a bolsa for da Mary Poppins. E não adianta por na descrição por que elas precisam ver quantas coisas cabem lá dentro, o tamanho, etc.

Que tal dar atenção ao detalhe e aplicar contexto ao mesmo tempo? Encha os bolsos com coisas que mulheres realmente colocariam lá. Carteira, celular, chaves, batom, etc.

Percebeu o quanto isso vai aumentar o valor do seu produto?

Ah, e não confie no zoom da plataforma, elas pegam uma imagem pequena e esticam. Não que isso seja errado, mas é como usar uma lupa para ver a íris do seu olho em uma foto 3×4, não dá pra ver nada. Tire fotos em alta qualidade com a câmera próxima aos detalhes. Faz toda a diferença na hora do cliente avaliar a qualidade do produto.

Fundo branco ou ambiente?

Tanto faz. Usar fundo branco é ótimo para manter o foco no que interessa: o produto.

Simples assim.

Cosmo_00_large

Você pode combinar com fotos do produto em ambiente e uso real.

Cosmo_05_large

Cosmo_01_large

Agora sim eu tenho noção do tamanho dele. E olha só, contexto!

Se você vende roupas e seu marketing quer criar uma empatia grande com o cliente, fotos com fundo ambiente cairão tão bem quanto o sapatinho de cristal na Cinderela.

Contanto que seja feito seguindo a lei da noção, isso é, sem exageros, tudo certo.

Um bom exemplo é a CXXVI.

Captura-de-Tela-2015-10-20-às-18.38.45

Ou a Piorski.

Captura-de-Tela-2015-10-21-às-14.00.22

Achou que tinha mais coisa?

Não, não tem.

Se você se preocupar em demonstrar o que realmente interessa ao cliente o caminho para a conversão estará alguns passos mais curto. Dê um ok no seu checklist de “o que fazer para converter”, jogue os dados e avance para a próxima casa.

Foto do post: Michael Tzacostas

Texto publicado anteriormente no Blog da Bleez.

O comércio eletrônico oferece várias possibilidades para quem quer vender online. Uma dessas modalidades é o marketplace, pense em um shopping virtual. Simplificando, uma loja virtual composta com produtos de várias outras lojas online.

Por isso, se você está investindo, ou pensando em investir em marketplace, precisa conferir nossas dicas para destacar seus produtos dentro destes outros sites e vender mais e melhor.

Leia mais sobre marketplace: O triângulo comercial entre lojistas e-commerces, operadoras de marketplace e consumidores

Continue com a leitura e veja o que preparamos para você!

Destaque os seus produtos com belas fotos

Fato é que a vitrine virtual é composta por boas fotos dos produtos. Em um marketplace, então, as fotos dos produtos tornam-se um grande diferencial. Por isso, se você vai expor e vender seus produtos em um marketplace, saiba que estará competindo com várias outras lojas que, muitas vezes, venderão exatamente os mesmos produtos que o seu negócio. Por isso, destaque-se.

Aqui vão algumas dicas:

• Cuidado com o plano de fundo. Use fundo branco para destacar o produto e não o que há em volta dele;
• Não economize na qualidade das imagens, use sempre fotos HD;
• Aposte em uma posição diferenciada do seu produto, focando em detalhes e, principalmente, fazendo diferente dos seus concorrentes;

Para conferir outras dicas de fotografia para lojas virtuais, confira também o nosso artigo “Segredos da fotografia de e-commerce”.

Seja claro ao descrever os seus produtos e a sua loja

Além das fotos dos seus produtos, tenha um cuidado especial com a descrição destes produtos. É essencial que o seu cliente entenda exatamente o que está lendo, comparando com as fotos e, dessa forma, se decidindo pela compra. Deixe claras informações como dimensões, materiais e funcionalidades, por exemplo.

Em um marketplace, onde vários lojistas competem pela atenção e pela venda, é essencial ter uma boa descrição da sua loja ou a famosa “descrição do vendedor”.

Para isso, deixe claras as suas especialidades, missão, visão e valores, a política da sua loja e outras informações relevantes. Avaliações positivas e depoimentos de clientes satisfeitos também contam, pois ajudam a construir uma boa reputação.

Grátis para download: Aumente suas vendas melhorando a página dos seus produtos

Ofereça algo a mais

O seu produto é bom? Excelente, mas saiba que isso será apenas um dos fatores analisados pelos compradores na hora de escolher a sua loja virtual dentro do marketplace. Por isso, para se destacar é preciso oferecer algo a mais.

Pode ser um frete menor ou uma entrega mais rápida do que as demais, uma embalagem para presente diferenciada ou um cupom  de desconto para a próxima compra: pense fora da caixa e não apenas venda. Conquiste o seu cliente, fidelizando-o e gerando mais receita.

Mais do que produtos, venda experiências!

Sim, para ter sucesso em um marketplace você precisará contar a história dos seus produtos, da sua marca e, dessa forma, cativar seu o seu potencial cliente.

Quando você conta uma história, cria empatia com o público e pode conquistá-lo antes do seu concorrente e, convenhamos, em um shopping virtual isso fará toda a diferença na hora de fechar a venda!

Capriche no pós-venda

Você conseguiu atrair o olhar do consumidor e vender para ele, ganhando dos demais lojistas virtuais do marketplace, ótimo. Missão cumprida? Claro que não! O processo de venda no e-commerce não acaba quando o cliente resolve “passar o cartão”.

Por isso, lembre-se de que o atendimento e o pós-venda são essenciais. Será através deles que você mostrará para o comprador que ele fez uma excelente escolha.

Mas como fazer isto? E-mails transacionais são um excelente ponto de partida, por isso, informe ao cliente quando o pedido dele foi concluído, quando o pagamento foi aprovado, o status de envio, etc. Não deixe de fazer pesquisa de satisfação também.

Aproveite este momento para pedir para que este comprador avalie a compra, dando uma nota sobre o seu produto e serviço. Isso ajudará a sua loja e os seus produtos a se destacarem em meio a diversas marcas e outras lojas.

Em caso de experiências negativas, o que contará será a forma como você lidará com o problema. Seja cortês com o seu cliente, entenda o que levou a acontecer o problema e, principalmente, resolva-o o mais rápido possível. Tenha em mente que o problema resolvido de hoje será o cliente satisfeito de amanhã.

Por fim, nossa dica de ouro é: capacite-se! Não deixe de estudar, de se atualizar sobre as tendências, as novidades do mercado e como surfar na crista dessa onda.

Busque por cursos especializados e conte com profissionais para lhe dar consultoria e te ajudar em todo o processo. Se tiver qualquer dúvida, escreva nos comentários e nós lhe ajudaremos. Conte com a gente!

Leia também: O que a Netshoes pode ensinar aos lojistas de marketplace?

A Universidade Buscapé tem investido bastante em ajudar o empreendedor de e-commerce brasileiro de diferentes formas. E neste processo de auxiliar o mercado a ser mais forte encontrou esta demanda alta do Profissional de E-commerce: como tirar boas fotos de produtos para e-commerce?

Além de um e-book e uma frequência de textos ajudando quem não tem muito dinheiro para investir no assunto, foi desenvolvido um curso presencial para capacitar o próprio empreendedor (ou alguém da empresa) para fazer boas fotos. Foi assim que me encontraram.

Pensando nisto, montei o vídeo abaixo. Que tal montar uma caixa de luz para fazer as fotos produtos para e-commerce? Preparei este material em vídeo de como montar a sua usando apenas uma caixa de supermercado, papel vegetal e cartolina branca.

Veja uma das fotos que tirei abaixo…

fotos-para-loja-virtual

E aí, gostou? Mande fotos das suas, comente!

Qual é o segredo para fazer aumentar suas chances de venda pela internet? Como valorizar um produto? Simples, fotografia. A internet ocupa 2/3 do nosso dia, somos bombardeados por inúmeras propagandas. Sempre aparecem coisas que não procuramos em nossos feeds de Facebook ou Instagram. Com isso, podemos perceber que a imagem está em todo lugar e logicamente como fotos do e-commerce bem produzidas FAZEM A DIFERENÇA.

Se você, por exemplo, vende um cupcake de chocolate e tira uma foto com uma iluminação e composição desfavorável, o que acontece? Pois é, bonito e apetitoso ele, com certeza não fica.

Para uma boa impressão, não adianta ter somente um site, rede social, firma aberta com CNPJ e se esquecer de fazer um catálogo do que vende. Para aqueles que já estão com uma verba financeira melhor e estão pensando em investir, lembre-se, o recomendado é contratar um fotógrafo profissional especializado. Para quem está começando e não tem verba financeira para contratar um fotógrafo aqui abaixo seguem algumas dicas práticas de como fotografar seu produto, e o melhor de tudo, usando um celular comum.

O produto que escolhemos para fazer o teste foram jóias, como um relógio e colares, pois são acessórios que refletem muita luz e consequentemente são difíceis de serem fotografados.

Como tirar as fotos com o celular

camera-moto-g-vermelho-3-8

Como podem ver, as fotos foram tiradas de um celular Moto G (com 3,8 megapixels) com a qualidade de um quebra-galho. (Ressaltando que as dicas aqui são quanto a iluminação e composição, cada celular é diferente, seria impossível explicar ferramentas da câmera de cada um).

Você não tem nenhuma tocha de iluminação, abajur ou outro equipamento? Simples, a luz solar é o melhor amigo de uma pessoa criativa. Procure fotografar perto de uma janela, onde a luz ilumine totalmente seu produto. Atente-se com o horário, porque às 16 horas, agora no outono, toda luz fica fraca e sua casa começa a ficar aquela penumbra.

fotos-para-e-commerce-smartphone

Para fotografar o relógio e o colar, coloquei embaixo um cachecol preto. Por que? Como são produtos com detalhes. Se você compor com algum pano colorido ou com estampas, quem olhar sua foto vai reparar mais no cenário do que no produto em si.

Cuidados com reflexos – Procure o melhor ângulo

Nas fotos, aparecem reflexos da janela e do celular (tom de vermelho) mais que os detalhes dos produtos. Trabalhe para evitar que isto aconteça:

fotos-para-loja-virtual-smartphone

Mostre o produto inteiro e por cada detalhe

Caso sua intenção seja fazer somente um rotineiro post em sua rede social, faça uma montagem com as duas fotos do produto usando um simples programa de edição de celular como, por exemplo, o Instasize.

Para o e-commerce, tente ser o mais profissional possível. Coloque as fotos inteiras e cada uma dos detalhes em mais fotos no detalhe de produto da sua loja virtual:

fotos-para-loja-virtual-relogio

fotos-para-loja-virtual-objeto-brilhante

Quando utilizar fundo claro?

fotos-para-ecommerce-fundo-brancoPara produtos que são coloridos e translúcidos, o interessante é fotografar em um fundo claro. Não tem um cachecol branco, ou o que você usou ficou estranho? Não se preocupe, use uma folha de sulfite branca OU faça como nós na imagem ao lado, use a parede de fundo.

Na foto abaixo, tive que clarear para pegar mais detalhes do produto, por consequência, o fundo preto ficou mais claro, mostrando as imperfeições.

Para melhorar, pendurei na parede o colar e pude fotografar de perto para mostrar bem os detalhes.

Veja como ficou:

fotos-para-loja-virtual-detalhes

Curtiu? E você, quais dificuldades tem? Me conta nos comentários!

Texto publicado no Blog do Estúdio Cam.

Empreendedores precisam de altas doses de inspiração para manter-se firmes. Hoje, a história motivadora que apresento não tem nada a ver com o universo digital, mas traz em sua essência valores fundamentais para quem que botar sua ideia na prática.

O foto documentarista brasileiro Sebastião Salgado é um dos ícones mundiais da fotografia. Começou a fotografar com quase 30 anos ao perceber que a fotografia poderia ir muito além de simplesmente registrar imagens. Aventurando-se com sua câmera pelo mundo e denunciando cenários de grande vulnerabilidade humana e natural, ele contaria histórias e sensibilizaria muita gente em prol de causas nobres.

A história de vida e carreira desse fotógrafo natural de Aimorés (MG) é um exemplo de perseverança que deveria inspirar todo empreendedor. Listo abaixo 5 valores que aprendi conhecendo um pouco de sua história e trabalho.

Ele não teve medo de arriscar

Antes de abraçar a fotografia como profissão, Sebastião Salgado já tinha pós-graduação em Economia pela USP, já havia se engajado em movimento contra a ditadura militar, emigrado para Paris, onde escreveu uma tese econômica, e trabalhado como secretário para a Organização Internacional do Café (OIC), em Londres. Só com quase 30 anos é que ele descobriu sua verdadeira motivação fotográfica, durante viagens à trabalho para a África, as quais registrava com a máquina de sua esposa.

Salgado precisou ter coragem para mudar de carreira e trilhar um novo caminho, que apresentava incertezas, até pelo fato da fotografia ainda ser um ramo relativamente novo. Um empreendedor precisa dessa coragem de concentrar todas as suas ações em sua ideia, acreditar nela e, assim, romper as barreiras de sua zona de conforto.

Foto do projeto Êxodos – Sebastião Salgado
Foto do projeto Êxodos – Sebastião Salgado

Ele mostrou aquilo que nenhum outro fotógrafo havia mostrado

O ramo escolhido por Salgado não seria simples nem fácil. Ele até trabalhou em estúdios, fotografando retratos posados e ensaios de pessoas na Europa, mas seu dedo ansiava clicar outras realidades. Munido de sua câmera, ele viajou continentes e viveu em meio às mais diversas populações pobres e vulneráveis. Criou seu estilo, firmou-se como um foto documentarista e, com suas imagens, conscientizou o mundo sobre a situação dessas pessoas.

Saber inovar seu nicho de atividade é um grande trunfo na mão de um empreendedor visionário. Apresentar um produto ou serviço diferente e significativo, explorando facetas de negócio até então inéditas é um talento a ser desenvolvido. Não se contente com o óbvio.

Foto do projeto Trabalhadores em Serra Pelada – Sebastião Salgado
Foto do projeto Trabalhadores em Serra Pelada – Sebastião Salgado

Ele conheceu bem quem fotografou

Em cada projeto em que se debruçava, Salgado projetava toda sua dedicação. Alguns de seus trabalhos, como Outras Américas, Trabalhadores Rurais e Êxodos, levaram anos para serem concluídos. Esse era o tempo necessário para que conhecesse a fundo as pessoas que fotografaria e, especialmente, a vida que levavam.

Um empreendedor não precisa levar todo esse tempo para conhecer seu público, mas precisa ter essa mesma dedicação para entendê-lo de verdade. O planejamento de negócio deve conter detalhadamente quais serão os tipos de públicos que interagirão com seu negócio. Assim, conhecendo seu comportamento, seus esforços serão muito mais assertivos e recompensadores, para ambas as partes.

Foto do projeto Êxodos – Sebastião Salgado
Foto do projeto Êxodos – Sebastião Salgado

Ele escolheu gente apaixonada para acompanhá-lo

Sua esposa, a arquiteta Lélia Wanick Salgado, tem grande importância na obra do fotógrafo. Foi a câmera dela que Sebastião pegou “emprestada” para começar a fotografar. Quando a brincadeira ficou séria, Lélia firmou-se como autora dos projetos gráficos dos livros de Salgado, apoiando-o em todos os seus trabalhos.

Um empreendedor isolado não alça vôos tão altos. Cerque-se de pessoas que compartilhem do mesmo brilho de seus olhos.

Sebastião Salgado e a esposa Lélia no Instituto Terra, em Minas Gerais
Sebastião Salgado e a esposa Lélia no Instituto Terra, em Minas Gerais

Ele fez a diferença

Ao longo de sua vida, Sebastião não apenas denunciou a injustiça e a desigualdade, mas também contribuiu significativamente pra diversas organizações humanitárias.

Não seria possível para Salgado passar por onde passou e levar em si um pouco de cada lugar. Depois de tantos trabalhos denunciando a pobreza e a violência, sentiu que seria o momento de mudar de ares para revigorar-se. Voltou-se, então, a outra causa nobre, a natureza, lançando o projeto Gênesis com imagens de naturezas ainda intocadas pelo homem.

salgado6

De volta à Aimorés, sua terra natal, participou do processo de reflorestamento da fazenda de sua família, por iniciativa de sua esposa. Anos mais tarde, o lugar depredado havia voltado a ser floresta atlântica, dando origem ao Instituto Terra, organização que trabalha na reconstrução de ecossistemas na região do Vale do Rio Doce.

Sebastião Salgado, através de sua câmera, de seu olhar e de seu coração, contribuiu (e continua contribuindo) com diversas causas sociais e sustentáveis e fez a diferença.

Foto do projeto Gênesis – Sebastião Salgado
Foto do projeto Gênesis – Sebastião Salgado

Por fim, é essa profunda lição que fica: Um verdadeiro empreendedor deve ter em si a vontade primordial de melhorar a vida das pessoas com que interage.

Fontes: Biografia Sebastião Salgado – Wikipedia.
Documentário O Sal da Terra, de Wim WendersJuliano Ribeiro Salgado.

Texto publicado no Blog do Romero Rodrigues.

Já é bastante comum os sites de e-commerce ambientarem as fotos de produto. Principalmente se pensarmos no setor de Moda, esta pode ser uma prática até bem recomendada. É importante levar em consideração também banners de home page e mídias sociais.

Enfim, Fotografia é normalmente a base de um e-commerce. Dito isto, este post abaixo do Hypeness é muito relevante. O Fotógrafo Steve McCurry e seu trabalho basearam estas 9 regras de Fotografia simples para melhorar qualquer foto. Lembrando que ele é O Cara, autor da desta famosíssima foto da menina afegã lá de 1984. Vale o registro!

———————————————————————————————————-

Por Hypeness. Hoje com a onda do Instagram, Facebook e outras redes sociais, todo mundo quer postar uma foto legal. Se você gosta de tirar fotos ou é um fotógrafo iniciante, precisa conhecer algumas dicas simples, que irão te ajudar a registrar melhor os momentos e alcançar ótimos resultados.

Você não precisa ter uma câmera fotográfica profissional ou ser especialista no assunto para tirar fotos com qualidade. As simples regras, que iremos mostrar abaixo, foram baseadas no trabalho do renomado fotógrafo Steve McCurry, realizado pela Cooperative of Photography, e irão te ajudar a revolucionar seus cliques.

Veja abaixo o vídeo e entenda melhor como aplicar essas simples técnicas no seu dia a dia:

1. Regra dos Terços

Antes de você tirar a foto, imagine a área da fotografia dividida em 3 linhas paralelas no sentido horizontal e no sentido vertical. As interseções destas linhas imaginárias formarão 4 opções para a colocação do seu centro de interesse:

foto-tecnica-02

foto-tecnica-03

Posicione os elementos importantes ao longo das linhas:

foto-tecnica-04

foto-tecnica-05

2. Linhas principais

Utilize as linhas naturais da paisagem para levar o olhar para dentro da foto:

foto-tecnica-06

foto-tecnica-07

3. Linhas diagonais

As linhas diagonais criam ótimos movimentos para as fotos:

foto-tecnica-08

foto-tecnica-09

4. Molduras

Use molduras naturais como janelas e portas do cenário:

foto-tecnica-10

foto-tecnica-11

foto-tecnica-12

5. Contraste

Encontre um contraste entre o objeto e o fundo:

foto-tecnica-13

foto-tecnica-14

6. Preencha o quadro

Se aproxime dos objetos que irá fotografar:

foto-tecnica-15

foto-tecnica-16

7. Olhar dominante

Coloque o  olhar dominante no centro da foto, assim dará a impressão que a pessoa está olhando para você:

foto-tecnica-17

foto-tecnica-18

8. Padrões e Repetições

Os padrões e repetições são esteticamente bem-vindos.

foto-tecnica-19

foto-tecnica-22

…Mas ficam ainda melhores quando são interrompidos:

foto-tecnica-21

9. Simetria

Linhas simétricas são um prazer para nossos olhos:

foto-tecnica-23

foto-tecnica-24

Imagens via Cooperative of Photography from YouTube

Texto publicado no Hypeness.com.br

A forma como você apresenta seus produtos online tem um impacto significativo nas vendas do seu e-commerce. Fotografias amadoras não estimulam a confiança do consumidor e podem minar seu interesse em comprar na sua loja virtual.

A boa notícia é que você não precisa gastar uma fortuna em equipamentos ou contratar um fotógrafo renomado para fazer a imagem dos seus produtos. Basta seguir estas dicas e saber as peculiaridades de fotografar itens grandes e pequenos do seu portfólio.

Leia também: Como tirar fotos de pequenos objetos para um e-commerce?

Veja nesse post como fotografar os produtos grandes do seu e-commerce:

Fique atento ao contexto

Um dos principais mandamentos da fotografia para e-commerce é que um fundo branco é o ideal para valorizar o produto. No entanto, é importante levar em consideração que esta opção não oferece um contexto para sua imagem. E isso é fundamental.

Enquanto no caso de produtos pequenos, é importante usar outro item caso o tamanho seja um fator fundamental (um laptop que se diferencia por ser mini pode ser colocado ao lado de um maior para valorizar este atributo, por exemplo), na hora de fotografar produtos grandes analise o que você quer ressaltar no item.

Um refrigerador, por exemplo, pode e deve ser fotografado com a porta aberta, mostrando comidas e bebidas maravilhosas no seu interior. Assim, você consegue fazer com que seu potencial comprador visualize a quantidade de itens que o produto consegue armazenar. Na hora de fotografar, sempre busque formas de criar um contexto visual.

Saiba mais segredos sobre fotografia no e-commerce.

Tenha atenção aos detalhes

Ao fotografar produtos grandes para seu e-commerce é muito importante mostrar múltiplos ângulos do item para que os potenciais compradores possam ver todos os detalhes do produto que você está vendendo. Há algumas formas de se fazer isso. Uma delas é apostar em uma ferramenta de 360 graus, permitindo que o cliente veja o item em seus mínimos detalhes e analise todos os ângulos disponíveis.

Outro recurso que pode auxiliá-lo neste sentido é apostar em um simples GIF animado com seis ou sete fotos, para que o consumidor consiga ter uma visão melhor do produto. Existem ferramentas simples para criar GIFs, como o Photoshop ou o Make a GIF.

Lembre-se que se o produto que está sendo fotografado tiver detalhes que devem ser ressaltados como zíperes e bolsos, é importante oferecer para o cliente a oportunidade de dar um close-up para analisá-los.

Aposte em vídeos

Quando o assunto são os produtos grandes do seu e-commerce, saiba que se uma foto vale mais do que mil palavras, um vídeo corresponde a um dicionário inteiro!

Se diferencie da sua concorrência e ofereça para seus clientes a opção de assistir a um vídeo que mostre o seu produto em sua totalidade, ressaltando todas as funcionalidades do item. Se o produto em questão é complicado, com diversas peças e aplicações, este pode ser um diferencial para o consumidor fechar a compra.

Quando o assunto é fotografar para e-commerce, independentemente de o produto ser grande ou pequeno, é essencial manter a consistência entre as imagens. Todos os itens devem ser fotografados com o mesmo fundo, a mesma luz e o mesmo corte. Isto ajuda a tornar o seu e-commerce com uma imagem ainda mais profissional.

E então, quer saber ainda mais sobre fotografia para e-commerce? Baixe já nosso Guia Prático da Fotografia para Lojas Virtuais!

Guia Prático da Fotografia para Lojas Virtuais

Hoje em dia, praticamente qualquer usuário médio de computador pode publicar decentemente um produto no Mercado Livre ou na Etsy. A verdadeira questão, porém, é a forma de postar algo que seja realmente vendedor. Um monte de anúncios terríveis e amadores estão nos OLX e Bom Negócio da vida, e acompanham fotografias terríveis.

Entretanto, várias startups estão desenvolvendo maneiras práticas para que pessoas comuns possam vender seus produtos de forma mais atraente na web. É o caso do Foldio2, uma tenda com flash integrado para fotografar produtos. Ou melhor, um estúdio portátil.

E já está na segunda versão, aprimorada e buscando financiamento no Kickstarter (no momento em que olhei, os caras tinham levantado $234,000 de uma meta que era de apenas $50,000!).

Ela é maior do que sua versão original e oferece lâmpadas de LED que afirmam ser duas vezes mais brilhantes do que a primeira. E ao contrário de outros estúdios portáteis, que parecem estar sempre à beira do colapso, Foldio possui um fecho magnético exclusivo que torna sua configuração bem simples.

Usar o sistema parece ser tão fácil que a Orangemonkie, empresa que desenvolveu o produto, está desenvolvendo um aplicativo que funciona com a iluminação do Foldio para calibrar suas imagens perfeitamente.

estudio-portatil-ecommerce

É incrível como um produto tão simples pode mudar o jeito de vender na internet. E acabar com a mediocridade das fotos amadoras. Veja o video do Kickstarter:

Post publicado no Business Ideas.

Um dos setores que mais se beneficia da ascensão constante do E-commerce brasileiro é a área de Moda & Acessórios. Frente à oportunidade, muitos empreendedores optam por desenvolver suas atividades no ambiente virtual, com um e-commerce de moda: roupas, brincos, anéis, bolsas, sapatos…

Ai vem a pergunta de sempre: como diferenciar seu negócio da concorrência? É preciso aproveitar os recursos que o meio digital oferece para que seus produtos tenham a evidência necessária. E a Fotografia é uma ferramenta imprescindível para a divulgação do seu e-commerce.

Veja também: Como usar o Instagram, o Pinterest e o Tumblr para divulgar meu E-commerce de Moda?

Como a fotografia pode alavancar as vendas do seu e-commerce?

Por mais que as lojas virtuais tenham se consolidado como uma plataforma sólida para os mais variados tipos de negócio, muitos consumidores (acredite) ainda têm receio em realizar algum tipo de transação comercial usando a internet. Seja por medo de expor seus dados bancários na rede, seja por achar difícil comprar algo que não pode ser experimentado na hora, ainda há uma certa resistência que precisa ser vencida. E cabe a você, empreendedor, o papel de mudar este cenário.

Como a experiência de compra de um cliente de uma loja virtual difere daquela que ele obtém em uma loja física, é preciso tentar aproximar ao máximo a relação que ele tem com um produto no ambiente virtual. As imagens são as grandes protagonistas dos e-commerces de moda. Por isso cuide das fotografias de seu site.

Boa Fotografia é essencial para um E-commerce de Moda
Imagem do Corbis Images.

Com fotos de boa qualidade, o cliente conseguirá visualizar melhor cada detalhe da peça? Lembre-se sempre: todo detalhe é importante. Fotografe as costas da modelo, fivelas, e qualquer outra particularidade que tenha sua peça de roupa.

Quer um exemplo? NUNCA fotografe as roupas expostas em cabides ou dispostas em espaços planos. Contrate modelos e registre imagens deles com as peças, para que o consumidor visualize melhor caimento, tamanho, modelagem, etc. Abuse de ângulos diferentes e crie um padrão, sempre de corpo inteiro ou plano americano. Suas fotos sempre devem obedecer este padrão e abordagem definida para seu site.

Fotos bem feitas representam um trabalho sério e caprichado voltado para as necessidades do consumidor. Afinal, você entraria em uma loja de shopping com roupas jogadas no chão ou amassadas?

Leia muito mais sobre o assunto: O varejo virtual de Moda

O que é preciso para ter boas fotografias de moda?

Esqueça a câmera do celular, não chame qualquer pessoa para ser modelo e abandone o Paint para o tratamento das imagens. Se você quer melhores resultados em vendas é preciso profissionalização. Para isso, é preciso que você invista em um bom equipamento e aprenda a operá-lo.

Agora se você não tem nenhum traquejo para a ação, uma boa opção é deixar as fotos nas mãos de um profissional, contratando uma equipe para produzir uma campanha. Com essa preocupação a menos, sobra mais tempo para você pensar em outras estratégias para seu e-commerce.

Boa Fotografia é essencial para um E-commerce de Moda
Imagem do Corbis Images.

Este é apenas o básico sobre o assunto. Se precisa de um pouco mais sobre o assunto, baixe gratuitamente o e-book Guia Prático de Fotografia para as Lojas Virtuais. Dúvidas? Se você tem outras sugestões ou comentário sobre o tema, escreva para a gente abaixo!

Ter boas imagens de produto pode ser um desafio para um e-commerce que vende pequenos objetos. Não é à toa: fotografar itens como miniaturas, joias, bijuterias e afins pode ser difícil para quem não tem intimidade com a câmera e com fotografia para lojas virtuais.

Por outro lado, o e-commerce que consegue boas fotos de pequenos objetos se diferencia em relação à concorrência e vai ser sempre a primeira opção do consumidor.

Por isso, veja agora algumas dicas de como fotografar os pequenos objetos do seu e-commerce:

Tenha atenção à luz

Luz natural é sempre a melhor opção para qualquer tipo de fotografia, seja de pequenos ou grandes objetos. Então, sempre que possível escolha esta opção. Normalmente, fotografar durante o dia garante melhores resultados.

Tenha em mente que o que importa não é somente a quantidade de luz, mas se ela está distribuída de forma uniforme no espaço. Para fotografar pequenos objetos, é importante que a fonte de luz seja maior que o produto. O quanto mais difusa for a luz, melhor ela ilumina o item que está sendo fotografado.

Aposte no fundo branco

Quando o assunto é fotografar pequenos objetos, optar por um background branco é sempre a melhor opção. Assim, todo o foco fica no item que está sendo fotografado.

Criar este tipo de fundo é bastante simples: posicione um pedaço de papel, cartolina ou tecido branco atrás da superfície em que o produto que será fotografado ficará e dobre para criar uma curva. Seu item ficará no centro da foto e apenas ele chamará a atenção do consumidor.

Use um tripé

Quando você tira uma foto, mesmo a vibração mais suave ou movimento pode fazer a foto ficar desfocada. No caso de pequenos itens, a dificuldade é ainda maior. Usar um tripé é uma forma de garantir que a câmera não vai tremer durante a foto.

Configure a máquina

Para fotografar pequenos objetos lembre-se de desabilitar o flash da máquina. Quem não é um fotógrafo experiente, pode optar por uma o modo semiautomático do aparelho (“P”). Em seguida, ajuste o a sensibilidade (ISO) para 100 ou 200.

É preciso, ainda, ajustar o tamanho da sua foto no menu. Mesmo sendo para internet, escolha um tamanho grande, com a maior qualidade possível.

Quer ainda mais detalhes? Use o recurso “Flower”

A grande maioria das câmeras tem um recurso de “close-up”, que pode ser utilizado quando você quer tirar uma foto mais de perto. O recurso “Flower”, na verdade, é chamado de “Macro” e em grande parte das câmeras é representado por um símbolo de flor.

É perfeito para fotografar pequenos objetos, como joias e flores. O resultado é mais profundidade na imagem e uma perspectiva diferente. Se o objeto comercializado pelo seu e-commerce é ainda menor que uma joia e a função “Macro” não é suficiente, a melhor alternativa é um tubo de extensão para alcançar os mínimos detalhes.

E então, quer saber ainda mais sobre fotografia para e-commerce? Baixe já nosso Guia Prático da Fotografia para Lojas Virtuais!

Guia Prático da Fotografia para Lojas Virtuais