Tags Posts tagged with "horas trabalhadas"

horas trabalhadas

Por Alberto Valle. Uma pergunta comum em nossos treinamentos é: Quanto cobrar pelo trabalho de Marketing Digital? Como esse ainda é um segmento novo, a pergunta faz todo o sentido. Não existe uma fórmula mágica ou resposta que satisfaça a todas as situações.

Decidir o quanto cobrar pelo trabalho em marketing digital é uma questão que precisa ser muito bem analisada para que você não acabe cometendo erros que podem acabar comprometendo sua carreira e negócios futuros. Esse valor irá variar em função da sua estratégia de mercado, seus custos operacionais e de quanto você pretende que seja a remuneração efetiva pelo seu trabalho.

Para lhe ajudar a determinar esse valor, vamos discutir alguns aspectos desse cálculo.

Defina sua estratégia de mercado

Antes mesmo de se perguntar sobre quanto cobrar pelo trabalho de Marketing Digital, você deve definir de forma clara, qual será sua estratégia de atuação no mercado. Se você já tem um nome como consultor de marketing digital, a estratégia é uma, mas se você está começando sua carreira agora, a estratégia é outra.

Como no dia a dia do marketing digital, ter um plano de ação bem definido é essencial para o sucesso neste mercado, portanto, planeje sua carreira antes de sair por ai distribuindo orçamentos.

Defina em que áreas você está realmente qualificado para atuar de forma diferenciada e invista pesado nelas. Não tente ser um “especialista em tudo” porque todos nós sabemos, que isso, nos dias de hoje, é simplesmente impossível.

O que é caro e o que é barato?

Uma pergunta que muita gente se faz é se o preço que está cobrando pelo trabalho em marketing digital está barato ou caro.

“Em se tratando de marketing digital, não existe nada caro. A única coisa que é cara é o marketing que não entrega resultados, não entrega ROI – Return of Investment. Isso sim, é tremendamente caro para qualquer empresário”.

Não é pelo fato de você estar começando sua carreira em marketing digital agora, que você terá que cobrar preços irrisórios ou então bem abaixo da realidade do mercado. A sua remuneração deverá ser proporcional ao serviço oferecido e o resultado que você poderá trazer.

Um erro muito comum de quem está começando agora é achar que por cobrar um preço muito abaixo do mercado, irá conquistar clientes. Muito pelo contrário, poderá até mesmo perder alguns mais criteriosos justamente por estar praticando um preço que eles sabem que está muito aquém do praticado pelo mercado.

Quando você está começando, em algumas situações, vale a pena cobrar um pouco mais baixo pelo seu serviço em marketing digital, para conseguir os primeiros cases do seu portfólio, mas nada que torne seu preço aviltante.

Se você já é um profissional conhecido, com um bom histórico de casos de sucesso em seu histórico, o preço deve ser o praticado pelo mercado, ou até maior, dependendo do diferencial que você possa oferecer em relação aos seus concorrentes.

Para que você não fique sem parâmetros, vale a pena dar uma olhada no Manual de Preços e Serviços Digitais da ABRADI. Não se trata de uma “tabela”, principalmente porque você deve respeitar as diferenças regionais, mas para ter uma ideia de quanto cobrar pelos serviços em marketing digital, serve como referência.

Calcule seus custos operacionais

Outra coisa a ser levada em consideração são seus custos operacionais. Já vi muita gente achar que estava ganhando algum dinheiro, e depois descobrir que na verdade estava pagando para trabalhar.

Faça um levantamento minucioso dos seus curtos operacionais como:

• Custo de locação ou oportunidade de negócio do ambiente de trabalho;
• Tarifas de serviços como internet, contador e outros;
• Custos de softwares e ferramentas de marketing digital;
• Impostos e outros encargos.

Não adianta falar em bancar um prejuízo no início, pois isso não funciona. Se você quer saber o quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital, descubra primeiro o quanto custa prestar esse serviço.

Quanto cobrar pelo trabalho de Marketing Digital?
Imagem do Corbis Images.

Uma boa dica sobre redução de custos é o trabalho como consultor de marketing digital em home office, uma prática cada vez mais comum no Brasil, depois de ser consagrada como tendência mundial.

Com a tecnologia que temos hoje, isso é mais que viável e muitas pessoas estão abraçando essa alternativa para minimizar custos e com isso serem mais competitivas, e além disso, ganhar em termos de qualidade de vida.

O quanto você quer ganhar com o trabalho em marketing digital?

Em primeiro lugar, defina um número e se comprometa com esse objetivo. Como em campanhas de marketing online, precisamos ter uma meta. Chegou a hora de decidir e calcular o quanto você deseja ganhar com o seu trabalho em marketing digital. O quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital para satisfazer suas necessidades e ambições? Esse é o número.

A sua última remuneração com carteira assinada, pode ser uma referência inicial, mas não se satisfaça com isso. Se você vai assumir os riscos de trocar a estabilidade(?) de um emprego fixo pelo desafio de ser um empreendedor digital, precisa ser remunerado por assumir este risco.

São 8 horas por dia durante 20 dias por mês, se você não quiser trabalhar nos finais de semana. Portanto o cálculo é:

• Horas trabalhadas por mês = 160
• Custos operacionais, digamos R$ 1.000
• Resultado líquido desejado = R$ 5.000

Valor da Hora  =  Resultado Desejado + Custos Operacionais / Horas Trabalhadas

Nesse caso, se forem cobrados R$ 37,50 por hora trabalhada, o resultado final será o que você deseja. Parece simples, mas não é. A sua competitividade estará vinculada a sua capacidade de otimizar seus serviços, com auxilio de rotinas automatizadas e muita integração entre as diversas plataformas de marketing online.

Quando abordamos a questão de quanto cobrar pelo trabalho em marketing digital,  que não existe um valor padrão a ser cobrado, pois cada projeto possui uma característica própria, demandando ações diferentes que acabam por gerar custos diferenciados.

Texto publicado pela Academia do Marketing.