Tags Posts tagged with "interatividade"

interatividade

As empresas pioneiras vivem um esforço constante para encontrar novas formas de aprimorar o relacionamento com seus consumidores. Nessa tentativa, surgem modismos que prometem soluções rápidas, mas desaparecem com a mesma velocidade com que costumam surgir no mercado. Por sorte, outras tendências evoluem lado a lado com as organizações e indivíduos, proporcionando excelentes resultados para as empresas que as adotam.

A Gamification, ou Gamificação, é uma dessas vertentes que parecem ter chegado para ficar quando o assunto é o relacionamento das marcas com seus consumidores. Prova disso são os números de um relatório divulgado pelo Gartner, empresa de pesquisa de marketing: até 2018, a gamificação será um mercado de mais de 5 bilhões de dólares em todo o mundo.

Ficou curioso? Conheça um pouco mais sobre essa tendência e descubra como ela pode transformar o seu relacionamento com os clientes:

Mais participação e engajamento

Uma das melhores formas de definir a gamificação é pensá-la como uma estratégia de aplicação de elementos de jogos em problemas não relacionados a jogos (como negócios, gestão ou ações sociais). Para as empresas, essa inciativa tem como principal objetivo engajar seu público com a marca, utilizando recursos de interação que são, na maioria das vezes, lúdicos.

A mecânica da gamificação no marketing é simples: a empresa oferece oportunidades para que os clientes realizem algumas ações e, caso elas sejam completadas de acordo com as regras pré-estabelecidas, uma recompensa é recebida.

Uma das razões para o seu amplo sucesso entre as empresas de diferentes segmentos é o seu apelo psicológico: a gamificação explora características inerentes aos seres humanos, como a cooperação em comunidades, a competitividade, a realização pessoal, o status social, o altruísmo, entre outras. Com isso, uma marca se utiliza de elementos de diversão em suas iniciativas empresariais, ao mesmo tempo em que influencia o comportamento de seus consumidores.

No mundo real

A tendência da gamificação pode ser aplicada tanto de forma virtual (com usuários ganhando recompensas e incentivos na web, como medalhas, pontos, cupons ou ‘badges’) quanto física.

Atualmente, a tendência é que as empresas busquem criar interações fáceis de serem aprendidas e executadas, e que também estimulem a participação dos usuários de forma repetida. Essa estratégia possui um apelo particularmente forte nas redes sociais, um ambiente em que as pessoas já estão altamente propensas a interagir com as marcas de sua preferência.

Para aplicar a gamificação no negócio, basta que a empresa encontre as mecânicas que se apliquem ao seu perfil de público e contribuam para o estabelecimento de uma conexão emocional com a marca, o que pode aumentar a lealdade dos clientes em relação a ela.

Para algumas organizações, a solução pode ser oferecer recompensas à medida que seus produtos e serviços são comprados, desenvolvendo programas de fidelidade que fazem com que os consumidores retornem constantemente.

Gamification: a estratégia que vai transformar o seu relacionamento com clientes

Já para outras, o importante é muito mais a interação do que a compra em si: em comunidades virtuais e fóruns, por exemplo, os internautas podem ganhar pontos por realizarem ações como criar tópicos, responder a perguntas, iniciar discussões, entre outras formas de contribuição, acumulando benefícios que podem ser aproveitados junto à empresa.

Outro uso inteligente da gamificação é como uma alavanca para a adoção de novidades e inovações pelos consumidores, como uma nova versão de um software ou um novo serviço baseado na web. Com isso, os usuários podem receber desafios para interagir de forma mais profunda nesse novo ambiente, sentindo-se estimulados a descobri-lo progressivamente e a aceitar as mudanças de forma mais positiva.

Cases de sucesso

Muitas pessoas associam as soluções de gamificação a jogos complexos e elaborados que exigem elevados investimentos para seu desenvolvimento. No entanto, alguns casos de sucesso mostram que aproveitar essa tendência pode ser bem mais fácil do que parece.

Gamification: a estratégia que vai transformar o seu relacionamento com clientes

O acúmulo de milhas em viagens aéreas, desenvolvido de forma pioneira pela PanAm, é considerado uma das primeiras iniciativas voltadas para a gamificação. Ainda que não envolva recursos lúdicos, o acúmulo de pontos para troca por novas passagens estimula um comportamento esperado em seus clientes, contribuindo para o aumento das vendas e da fidelização.

Já no ambiente mobile, o Foursquare é uma das marcas que trabalham bem o conceito de gamificação, desafiando seus usuários a ganharem ‘badges’ e status na rede social ao fazerem check-in nas localidades que visitam. Visitando um mesmo estabelecimento várias vezes, um usuário pode virar prefeito do local e ganhar descontos em produtos e serviços ou outros tipos de recompensas.

Outro exemplo célebre de gamificação foi o serviço de armazenamento na nuvem do Dropbox. Os usuários do sistema que completam certas tarefas (como fazer um tour pelo serviço, conectar a conta às redes sociais, fornecer feedbacks ou indicar a marca para amigos) ganham espaço adicional de armazenamento, se tornando experts e embaixadores da marca de uma só vez.

Alinhamento

Não se esqueça de que, para proporcionar resultados realmente valiosos para o negócio, é fundamental que a estratégia de gamificação esteja alinhada aos objetivos da organização. Dessa forma, a empresa garante que os usuários irão se sentir motivados a interagir com a marca pelos motivos certos e não somente pelo puro entretenimento.

Além disso, é fundamental que a sua empresa seja capaz de monitorar o feedback dos usuários que estão aderindo a essa inciativa. Somente assim será possível realizar melhorias e adicionar funcionalidades que tornarão a experiência sempre divertida e recompensadora para seus usuários, assim como acontece nos jogos.

Com tudo isso, fica mais fácil perceber por que a gamificação vem se consolidando como uma importante tendência nas organizações nos últimos anos. Afinal, não é por acaso que o Gartner estima que 70% das 200 empresas que compõem o ranking global da Forbes estejam planejando utilizar a gamificação para aprimorar suas estratégias de marketing.

E quando pensamos que as estratégias de jogos podem ser adotadas não somente para o relacionamento com consumidores, mas também para aprimorar treinamentos, gestão e até mesmo acompanhar a carreira de funcionários, fica óbvio que a gamificação não é um simples modismo que está prestes a desaparecer.

E você? Entendeu o potencial da gamificação? Acredita que essa tendência realmente veio para ficar? Não perca tempo e saiba mais a respeito dessa estratégia.

Como conquistar engajamento e motivar seus clientes com gamification

Gostou do tema? Quer mais sobre o assunto? Clique abaixo e faça o download de nosso e-book Como conquistar engajamento e motivar seus clientes com gamification.

Como conquistar engajamento e motivar seus clientes com gamification

A tecnologia pode potencializar as ações no varejo, tanto para melhorar a experiência de compra do consumidor, como também incrementar o negócio dos varejistas. O Pontofrio, em parceria com a Accenture, vai proporcionar uma experiência diferente a quem visitar as lojas da rede nos shoppings Morumbi e Ibirapuera, em São Paulo, nos finais de semana de agosto e setembro, respectivamente.

Ponto Frio testará Google Glass em lojas físicas.

Um Google Glass vai conectar o visitante às sessões e produtos da loja em uma espécie de tour guiado que apresentará, de maneira interativa, as características e diferenciais dos itens, que serão lidos por meio da tecnologia QRCode. Com suporte de áudio e vídeo, o visitante será avisado em tempo real, por notificação push, que ele está na sessão de TV’s ou celulares, por exemplo.

Ponto Frio testará Google Glass em lojas físicas.Ao se aproximar de um destes produtos, o óculos fará a identificação do item e apresentará um vídeo sobre as funcionalidades, diferenciais e informações como preço e formas de pagamento disponíveis. O desenvolvimento do programa personalizado para o Pontofrio foi realizado pela Accenture.

Além de todas essas funcionalidades que auxiliam o consumidor, a tecnologia também é capaz de trazer inúmeros benefícios aos varejistas, como traçar o mapeamento do comportamento do cliente na loja, identificando para onde ele olhou ou qual atitude tomou no momento da escolha dos produtos, por exemplo.

Para Flávia Altheman, diretora-executiva de Marketing e Inteligência de Mercado da Via Varejo, empresa que administra as marcas Pontofrio e Casas Bahia, a ação está alinhada ao posicionamento do Pontofrio, que é a inovação.

“Queremos sempre oferecer a melhor experiência de compra ao nosso cliente e, com esta ação, vamos avaliar a sua relação com este ambiente de compra mais interativo, que inclusive aponta para um futuro próximo no varejo, seja na oferta e demonstração de produtos, seja nas práticas de atendimento”, comenta.

Entenda como funciona o Google Glass.

Texto publicado no Adnews.