Tags Posts tagged with "landing pages"

landing pages

Um bom profissional de e-commerce sabe que manter uma boa relação com seu cliente é a chave para aumentar suas vendas e mantê-lo fiel. Só que esse cliente já não é o mesmo de alguns anos atrás: as pessoas estão muito mais exigentes, tem muito mais opções de negócios e costumam buscar constantemente melhores alternativas.

Por essa razão, as estratégias de propaganda antigas já não fazem mais o mesmo efeito e por isso surgiu uma nova maneira de divulgar sua marca: o Inbound Marketing! Diante dessa nova realidade, ele foca em manter um excelente relacionamento com o cliente e não mais na venda em si! Essa pode ser a estratégia perfeita para aumentar as conversões no seu endereço virtual e levá-lo rumo ao sucesso.

Quer conhecer um pouco mais sobre o tema e como aplicá-lo da melhor maneira? Não perca 5 dicas de inbound marketing e marketing de conteúdo para e-commerce!

Tenha um blog

Esse é um método muito comum utilizado pelas empresas de e-commerce que querem investir em inbound marketing. Ele estreita a relação com o cliente através da geração de conteúdo de qualidade. Podem ser necessários alguns poucos meses de produção contínua para você começar a sentir os resultados, mas depois que isso acontece, os posts irão gerar tráfego sucessivamente para o seu e-commerce, além de diminuir os custos para seduzir seu consumir e também alongar o ciclo de vendas dos seus itens.

Esses são apenas alguns motivos sobre por que sua empresa deve ter um blog. É importante ter em mente que é preciso focar em qualidade ao invés de quantidade, pois na hora de escolher o tema e conteúdo do seu post, você precisa ter em mente claramente o tipo de público que quer atingir e o que será interessante para ele. Poste sempre conteúdo exclusivo e desenvolvido pelos seus funcionários. Não caia na tentação de copiar e colar artigos de outras pessoas, mesmo mencionando as fontes.

Landing Pages irão aumentar seus acessos

Você seduziu os visitantes para o seu blog, mostrou que tem domínio do assunto, mas ainda não começou a interagir eletivamente com eles? Então agora é o momento!

Uma Landing Page ou página de destino é definida como qualquer página por onde um visitante entra no seu site. Oferecer na Landing Page um conteúdo que agregue valor ao seu cliente é uma das maneiras mais efetivas para convertê-los em contatos novos (leads). Isso para não falar que você já tem uma base para lançar material novo e também ao verificar em quais Landing Pages os leads estarão se convertendo, você vai saber quais posts estão tendo mais sucesso e terá informações mais precisas para montar uma campanha de e-mail marketing focalizada nas necessidades deles, ou seja, conseguirá segmentar mais perfeitamente seus leads.

E como dissemos antes, qualidade no conteúdo é essencial. Para que você obtenha altas taxas de conversão, você terá que pensar em algo relevante.

Portanto, na hora de montar a sua página, pense com nitidez em quais são os seus objetivos e, conseqüentemente, quais são as informações necessárias para atingi-lo.

Após descobrir quem é seu Lead e o que interessa a ele, está na hora de começar um relacionamento mais estreito através do uso de e-mail marketing.

Leia também: A Landing Page perfeita: Como deixar suas páginas de captura matadoras

Não abra mão do e-mail marketing

Há bem pouco tempo o e-mail marketing foi considerado uma forma ultrapassada de propaganda. Porém os números provaram que isso é um tremendo erro e essa forma de divulgar continua sendo um dos melhores investimentos que um profissional de ecommerce pode ter, senão o melhor! Ele apresenta a maior taxa de conversão para lojas virtuais e é extremamente barato. No entanto, é preciso ter alguns cuidados. Não faça SPAM: as pessoas odeiam isso e o tiro pode sair pela culatra!

Certifique-se de só enviar esse tipo de conteúdo quando seus contatos tiverem autorizado, até para ter certeza de que são de interesse de seu público e não sejam excluídos da caixa de entrada. Também é necessário ter atenção com a freqüência: se você enviar e-mails demais, mesmo que autorizados, seu lead pode ficar incomodado e até bloqueá-lo.

Outra atitude que pode se tornar o grande diferencial do e-mail marketing é segmentar os leads: não envie a mesma campanha para toda sua base. Mostre que você sabe quem são eles e quais são as suas demandas. Ficar atento ao histórico de compras, aos produtos que não foram finalizados no carrinho e verificar em quais Landing Pages os Leads estão se convertendo pode dar uma boa ideia do que enviar e do que não enviar!

Outra tática do inbound marketing é o call-to-action. Ela convida o seu cliente a seguir para a próxima etapa de maneira eficiente com uma frase imperativa ou uma pergunta chave. E, por fim, para ter confiança de que essas táticas estão gerando efeitos para a sua empresa, é preciso monitorar e analisar tudo o que está sendo realizado.

Monitorar, analisar e otimizar!

Lembra-se de quão boa é a sensação de chegar em uma loja onde você é chamado pelo nome e os balconistas já sabem quais são todas suas preferências? Através do monitoramento e análise você também pode oferecer isso para os seus clientes de e-commerce. Esse trabalho fará com que as taxas de conversão sejam ainda mais altas!

Mas como fazer isso? Vendo quais foram os conteúdos que foram mais acessados, que apresentaram as melhores taxas de conversão e com maior engajamento. Quais foram os e-mails que obtiveram a mais elevada taxa de abertura e de clique, faça uma análise profunda de horários que eles foram visualizados. Então você terá embasamento para reproduzir o que está dando certo e aprimorar o que não está trazendo tantos frutos.

Faça um e-book

Qual a maneira de se manter conectado à tecnologia, atender ao cliente que está sempre antenado e é exigente e ainda lançar um conteúdo mais completo e amplo? Através de um e-book!

Essa é a maneira que muitos profissionais de e-commerce estão encontrando para oferecer um produto de ampla aceitação gratuitamente para o cliente e fazer com que ele veja a sua empresa com outros olhos. Eles não são dispendiosos, tem alto poder de gerar leads e agregam valor à sua marca. Invista num e-book: o retorno é garantido!

Com essas 5 dicas de inbound marketing, você terá tudo para ser um profissional de e-commerce de sucesso! Essa estratégia é definitivamente o que há de melhor no mercado e se você busca um diferencial para sua loja virtual, não deve abrir mão dela. Implemente tão logo seja possível: você só tem a lucrar!

———————————————————————————————————

Este guest post foi escrito por Diego Gomes. Diego é um dos fundadores da Rock Content, uma empresa de marketing de conteúdo que ajuda empresas a produzir artigos matadores. Confira o e-book “Marketing de conteúdo para iniciantes” e não perca os artigos do blog da Rock Content.

Uma estratégia de marketing de conteúdo bem definida e executada está deixando de ser um diferencial e se tornando cada vez mais uma necessidade para qualquer empresa que queira realmente se destacar no mercado.

Quando pensamos em conteúdo geralmente nos vem em mente o blog da empresa, redes sociais e canais do Youtube, correto? Esses canais são todos relevantes, mas profissionais de e-commerce não podem nunca se esquecer da página mais importante (de longe!) de qualquer loja virtual: a página de produtos. É nessa página que o visitante se torna um comprador e o conteúdo presente nessa página pode ser o fator determinante na decisão de compra.

O maior princípio do marketing de conteúdo, gerar conteúdo de qualidade e relevante para seu público, pode (e deve) ser também aplicado às páginas de produto de sua empresa e para te ajudar aqui vão algumas dicas para se ficar atento:

1- Gere descrições únicas de produtos

Talvez o erro número um de sites de e-commerce quando o assunto é o conteúdo de suas páginas de produto é copiar a descrição de produto presente no site do fabricante. Porque isso é problemático? Porque quase todos os e-commerces do universo estão copiando as mesmas descrições e sites de busca, principalmente o Google, simplesmente odeiam conteúdo que não seja original.

Ou seja, se você quer uma maneira rápida de tornar seu site irrelevante no Google, basta copiar descrições de produto diretamente da página do fabricante. Agora, se você quer se destacar, crie descrições únicas de produtos que sejam acima de tudo relevantes para seu público, o que além de aumentar suas chances de conseguir uma boa posição no Google também servirá para prender a atenção do seu público.

2- Preste atenção nos títulos

Existem dois elementos cruciais para qualquer página da Internet que requerem uma boa dose de capacidade de síntese para serem criados: o título da página e o nome do produto (geralmente a tag <h1>).  Um título bem feito além de atrair o clique do público para sua página também pode te dar uma grande vantagem em sites de busca.

E o que define um título bem feito? São títulos que refletem a intenção de compra de seu possível público. Inserir, por exemplo, a marca ou código do produto pode aumentar suas chances de ser encontrado em sites de busca e a chance de que a pessoa clique em seu link, afinal, é um resultado mais preciso.

3- Invista nas imagens

Imagem também é conteúdo! Imagens bem feitas, que mostrem detalhes do produto são uma ótima maneira de captar a atenção do visitante da sua página. Alguns e-commerce também permitem que seus clientes enviem suas próprias imagens ilustrando como estão usando algum produto, o que pode aumentar bastante a chance de compras. Imagine alguém que precisa saber se um relógio é à prova d’água. A maneira mais rápida dela descobrir isso seria uma foto de outro cliente nadando com o relógio no pulso. Com essa dúvida sanada a chance de compra aumenta consideravelmente.

ThinkGeek - 5 dicas para aumentar a conversão de seu e-commerce usando conteúdo
Fotos de clientes no ThinkGeek

Do ponto de vista de SEO é importante tomar cuidado para sempre colocar uma descrição alternativa nas imagens (atributo ALT, para aqueles que conhecem HTML) e ter nomes de arquivos descritivos ao invés de códigos indecifráveis.

4- Opiniões de clientes são valiosas, até mesmo as negativas

Quando você está pensando em comprar algo, o que é mais confiável: a descrição do fabricante ou a opinião de outra pessoa que comprou e testou o produto? Obviamente a segunda opção. As pessoas confiam muito mais em opiniões de outras pessoas do que em empresas, e 61% dos compradores pesquisam a opinião de outros consumidores antes de tomar uma decisão de compra (iPerceptions, 2011).

Descrição Amazon - 5 dicas para aumentar a conversão de seu e-commerce usando conteúdo
Análises negativas e positivas em destaque na Amazon

Por causa disso é muito importante que sua página de produtos tenha um espaço para que os seus clientes deixem suas análises (com nota e comentários) sobre os produtos. E não tenha medo de publicar comentários negativos, uma pesquisa feita pela Reevoo mostra que a presença de opiniões negativas na página de produtos aumenta as conversões em até 67%.

Isso pode até parecer estranho, mas a explicação é bem simples: pessoas desconfiam de produtos que tenham somente comentários positivos, com medo de serem falsos. Lembre-se: uma compra consciente não é uma compra do melhor produto, mas sim uma compra bem informada tanto dos pontos negativos quanto positivos do que está sendo comprado.

5- Conteúdo multimídia é rei

Gerar conteúdo multimídia, como por exemplo vídeos analisando um produto ou até mesmo mostrando ele sendo retirado da caixa (algo muito comum entre fanáticos por tecnologia) aumenta muito o tempo que a pessoa passa na sua página e a confiança em sua marca. Conteúdos multimídia são considerados de alto valor pelo público e passam uma sensação de segurança em relação ao e-commerce.

O maior problema da criação constante de vídeos é que, além de ser trabalhosa, pode ser bem cara. Uma boa estratégia inicial é começar criando esse tipo de conteúdo para alguns produtos-chave de seu e-commerce e divulgá-los também em outros sites como o Youtube, aumentando o reconhecimento da sua marca.

Montar uma estratégia de conteúdo específica para sua página de produtos é um diferencial competitivo que pode aumentar consideravelmente suas vendas, então que tal já começar a por alguma dessas dicas acima em prática? E se você conhecer algum outro uso interessante de conteúdo para e-commerces, deixe um comentário, estamos sempre ansiosos para aprender mais!