Tags Posts tagged with "lições de empreendedorismo"

lições de empreendedorismo

Game of Thrones é a adaptação televisiva das “Crônicas de Gelo e Fogo“, coleção de livros escrita por George R. R. Martin. Ambientada em um mundo medieval fictício, a série mostra a luta de uma série de personagens pelo reino de Westeros.

Uma das postulantes ao Trono de Ferro é Daenerys Targaryen. A moça, antiga princesa de Westeros, teve de fugir para o continente de Essos após o assassinato de seu pai, o antigo rei. A série mostra a trajetória de Dany, como também é chamada, da miséria até a sua transformação em uma senhora de guerra.

Daenerys não quer abrir uma empresa, mas não dá para dizer que sua busca por poder não é um empreendimento. Empreender não é só abrir o próprio negócio. Antes de tudo, é traçar estratégias, identificar oportunidades e desenvolver meios de aproveitá-las – nada diferente do que Dany anda fazendo.

Alguns dos episódios da vida da personagem, além de algumas de suas características, podem ser aproveitadas por quem tem negócio próprio. Vale lembrar que este texto CONTÉM SPOILERS das três primeiras temporadas de “Game of Thrones”Se você não assistiu a todos os episódios, não continue a leitura.

Confira algumas lições de Dany:

1- Se cair, levante-se

Daenerys era uma princesa até o dia em que seu pai, o rei Aerys II, foi deposto e assassinado. Não sobrou outra alternativa a Dany, e a seu irmão, Viserys, a não ser fugir. E eles foram longe: acabaram em outro continente. Dany e seu irmão passaram anos dependendo de esmolas para sobreviver.

Apesar disso, Viserys se considerava o herdeiro do Trono de Ferro, cadeira ocupada pelo rei de Westeros. Visando a oportunidade de formar um exército, o rapaz tramou a união de sua irmã com o líder de um povo bárbaro, mas com grande efetivo militar. E aí a sorte de Daenerys começou a sorrir.

2- Prepare-se para o que está por vir

A tal tribo bárbara era do povo dothraki. Apesar das diferenças entre Dany e seu marido, Drogo, eles começaram a se dar bem. O problema é que Viserys era, digamos, mal educado – e acabou tendo uma morte brutal e dourada. Antes da morte de Viserys, Dany era tímida e insegura. Mas percebendo que poderia reclamar o Trono de Ferro, ela mudou sua personalidade e começou a se tornar uma líder.

3- Fale várias línguas

Dany é adolescente – apesar de, na TV, parecer ser mais velha –, mas já é poliglota. A menina foi educada em valiriano, depois aprendeu o idioma comum e se tornou fluente em dothraki em, tipo, três episódios! Essa habilidade faz com que Dany não tenha problemas em falar com pessoas dos mais diferentes lugares, algo mais do que necessário no mundo dos negócios.

4- Tenha um diferencial

O dinheiro é importante em “Game of Thrones”, mas Dany contou com um aporte que não é feito de metal: seus dragões. Assim como empresas bem-sucedidas têm diferenciais, Dany tem o seu: animais que nenhuma outra pessoa no mundo tem e podem ser a chave de seu sucesso.

5- Aprenda com os erros

Antes dos dragões, Daenerys teve outro “aporte” essencial: o exército dothraki de Drogo. Mas um erro de Dany colocou tudo a perder. Por confiar em uma feiticeira, perdeu Drogo e o filho. Mas aprendeu a lição para não cometer erros parecidos no futuro.

6- Valorize seu pessoal

Daenerys também manda bem no RH. Em sua trajetória rumo ao Trono de Ferro, Dany contou com a ajuda de serviçais e comandantes de guerra. Em reconhecimento ao trabalho, a moça trata muito bem as suas aias e leva em conta a opinião dos envolvidos nos confrontos com inimigos, como Jorah Mormont, Barristan Selmy e Daario Naharis.

7- O sucesso não tem idade

De acordo com os livros, Daenerys começa sua luta pelo Trono de Ferro aos 14 anos. Antes disso, viu sua família ser dizimada. Perde o irmão, o filho e o marido. E mesmo assim, demonstra maturidade para superar os traumas e se torna uma real postulante ao cargo de rainha de Westeros. Dany, pelo menos no mundo de George R. R. Martin, é a prova de que não há idade para empreender, apesar dos obstáculos.

Texto do site Pequenas Empresas & Grandes Negócios.