Tags Posts tagged with "Marketing viral"

Marketing viral

Nos √ļltimos dias as m√°scaras do Chewbacca sumiram nos maiores varejistas americanos e o pre√ßo em vendedores independentes na Amazon explodiu

Tudo causado por uma transmissão pessoal no Facebook Live, a mais vista na rede social até hoje e que mostra na prática como um vídeo inesperado e despretensioso pode viralizar e incrementar as vendas no varejo, principalmente das lojas virtuais.

Se voc√™ n√£o entendeu nada at√© agora, talvez voc√™ tenha estado na Lua nos √ļltimos dias. Estou falando do v√≠deo de Candace Payne, transmitido ao vivo pelo Facebook no estacionamento da loja de departamentos Kohls logo ap√≥s ela comprar uma “m√°scara do Chewbacca“. No v√≠deo, Payne gargalha at√© n√£o aguentar mais¬†ao abrir e vestir a m√°scara que imita os sons do Wookiee mais famoso de Guerra na Estrelas.

√Č bem capaz que voc√™ j√° tenha visto o v√≠deo, afinal j√° foram milh√Ķes de views¬†desde nas √ļltimas semanas, mas em caso negativo, pare tudo e assista. Agora.

Toda essa atividade social tem sido muito ben√©fica n√£o s√≥ para a Kohls como para outros grandes varejistas online como Walmart.com, Target.com e¬†ToysRUs.com, todos com seus estoques das m√°scaras esgotados nos √ļltimos dias.

Busca da m√°scara no site da Kohls:

growth-hacking-chewbacca

Busca da m√°scara no site do Walmart:

growth-hacking-chewbacca-2

Busca da m√°scara no site da Target:

growth-hacking-chewbacca-3

Busca da m√°scara no site da ToysRUs:

growth-hacking-chewbacca-4

O fato foi confirmado pela própria Kohls poucos dias atrás na CNBC:

“Tivemos um interesse enorme e inesperado pela m√°scara do Chewbacca desde que a Candace publicou o seu v√≠deo. Estamos sem estoque da m√°scara desde ent√£o”.

A m√°scara √© o produto “mais popular” na √°rea de Fantasias no site da Target.com e item mais vendido na ToysRUs.com na categoria de Fantasias de Her√≥is.

O vídeo viral também está fazendo sucesso entre os vendedores independentes na Amazon.com já que o preço original da máscara que era de U$29,99 ficou para trás e agora o produto varia de U$90 a U$213.

growth-hacking-chewbacca-5

O impacto nas redes sociais

O vídeo de Payne também impactou positivamente as redes sociais da Kohls. Na sexta, um dia após a publicação do vídeo, a marca presenteou a simpática americana com mais máscaras do Chewbacca para o resto da família, diversos outros produtos relacionados a Guerra nas Estrelas e um vale compras de U$2.500.

O tweet oficial da Kohls com esta notícia já teve mais de 6700 curtidas e mais de 2700 retweets.

A Kohls também publicou um vídeo (abaixo) com a entrega dos presentes para Payne e sua família em seu canal do Youtube e o mesmo já teve mais de 190.000 views até o momento.

De acordo com dados da Amobee Brand Intelligence, o engajamento digital do conte√ļdo relacionado √† Kohls cresceu 101% de 18 a 22 de Maio em rela√ß√£o aos cinco dias anteriores. De s√°bado a domingo mais de 48% do engajamento da marca era relacionado ao evento “m√°scara Chewbacca”.

De acordo com a Amobee, o vídeo de Payne não foi só positivo para a Kohls já que a Amazon, Walmart e ToysRus também tiveram um aumento de engajamento significativo relacionado ao evento.

Uma an√°lise r√°pida no Google Trends dos √ļltimos 3 meses, mostra de forma clara o impacto no volume de buscas para as palavras “Chewbacca mask”, “Kohls” e “Chewbacca”.

growth-hacking-chewbacca-7

Fatos como este deixam claro que os virais, quando relacionados a produtos ou marcas, impactam diretamente no volume de vendas e a Kohls soube muito bem aproveitar esta onda de forma positiva – os coment√°rios entusiasmados¬†sobre a marca no v√≠deo s√£o un√Ęnimes neste sentido.

√Č por estas e outras que n√£o h√° como n√£o amar a internet <3


Artigo originalmente publicado em MarketingLand, traduzido e adaptado por Raphael Lassance.

Growth Hacking para E-commerce

Marketing viral. Sexta-feira (15/02), n√£o foi o tr√Ęnsito e nem a chuva que parou a Avenida Paulista, mas sim a in√©dita vers√£o brasileira, mais precisamente paulistana, da dan√ßa que √© sucesso da web, Harlen Shake, gravada pela equipe Lomadee.

A Lomadee, que entende do universo digital e gosta muito de se divertir, resolveu unir o √ļtil ao agrad√°vel entrando nessa epidemia. O v√≠deo j√° conta com mais de 55 mil visualiza√ß√Ķes e ressalta o potencial de viraliza√ß√£o de conte√ļdo, e como marcas bem posicionadas e atentas √†s tend√™ncias podem pegar carona, e at√© ditar, o sucesso de iniciativas digitais.

√Č claro, antes de sair colocando seu logo no pr√≥ximo v√≠deo de papagaio tocando gaita de foles com quase 1 milh√£o de visualiza√ß√Ķes, verifique os valores de sua marca casam com o conceito do conte√ļdo, e se isso faria sentido para seu p√ļblico-alvo.

Se sim, então vale apena se aventurar e, claro, monitorar que rumo seu viral está tomando, afinal o impacto podem ser virais, algo estrondoso, para o bem ou para o mal, podendo gerar Market share e Share of Mind, ou denegrir a marca.

Portanto, ao utilizar o marketing viral, n√£o subestime seu p√ļblico tentando disseminar conte√ļdos que apenas falem sobre si pr√≥prio ou, pior, que esconda que voc√™ est√° envolvido nesse conte√ļdo. Teve marca que j√° se deu mal fazendo isso, vale a leitura como vacina para que n√£o aconte√ßa com voc√™ tamb√©m.

A f√≥rmula √© simples, por√©m cada passo deve ser dado estrategicamente; esteja antenado, identifique seus p√ļblicos, gere conte√ļdo com potencial viral para eles, compartilhe, monitore e mensure. Se a ideia for boa, o v√≠rus contamina naturalmente, e todos acabam ficando doentes ‚Äď pela sua marca (tudumpsss).