O Grupo de Investidores Pictet, de Genebra, divulgou os setores mais atraentes para o futuro e as empresas de sucesso em nove cidades europeias.

Por Jack London. A solicitação que mais recebo dos leitores é: “Por favor, me dê uma dica do que fazer na internet”. Quase sempre nossa fonte de informação sobre as novidades na área de tecnologia são estudos e publicações americanas, afinal, entre os 20 sites mais acessados no Brasil, 14 têm suas sedes lá, e se espalham pelo mundo.

100 dicas de startups de sucesso na Europa.
Imagem do Corbis Images.

Apesar da forte influência americana, temos uma presença importante de grandes investidores europeus operando aqui, e que estão dispostos a apostar em projetos inspirados nos que deram certo por lá.
O Grupo de Investidores Pictet, criado em Genebra em 1805, divulgou uma pesquisa sobre os setores que julga mais atraentes para o futuro e relacionou 100 startups de sucesso em nove grandes cidades do Velho Continente e em Israel. Primeiro vamos aos setores que, segundo eles, merecem mais atenção:

1. Comunicação digital:

Em 2020, 4 bilhões de humanos estarão online. Essa é uma comunidade nunca antes existente, que supera a população ativa de todos os países do mundo juntos em 2014.

2. Soluções energéticas tecnológicas:

Água e energia para 9 bilhões de pessoas – a população da terra em 2050 – serão uma urgência inadiável. Basta olhar para São Paulo e verificar que a palavra colapso já pode ser colocada em circulação, sem medo de exageros. Sem soluções tecnológicas inovadoras para o fornecimento de água e energia, apenas mantendo o padrão atual de comportamento, o filme Mad Max em breve será um clássico visionário.

3. Segurança digital:

A pobre da Wikipédia virou o alvo da vez, mas a segurança de todos o sistemas de operação e a sobrevivência dos países estão em jogo. Não estamos falando de transações bancárias, estamos falando da autonomia e da autogestão de cidades e países.

4. As ciências da vida:

Estamos no limiar de uma disrupção na área da medicina e dos métodos de tratamento com fármacos e cirurgias invasivas. Nessa área se avolumam hoje os maiores recursos de bancos e investidores, em busca de soluções inovadoras.

5. Roupas idiotas:

Calças que servem apenas para esconder as pernas e o traseiro são uma relíquia da Idade Média. Objetos inteligentes já fazem parte de nossa vida, mas em breve as roupas também o serão. Imagine um cinto que o avisa que sua pressão está alta, uma camisa que acompanha seus batimentos cardíacos e roupas de baixo que medem sua urina regularmente, emitindo relatórios diretamente para seu Centro Tecnológico de Bem-Estar, novo nome que será dado para os atuais hospitais e clínicas.
Vamos agora a lista das cidades e de suas startups mais bem sucedidas. Pesquise cada uma delas e veja qual a que pode ou deve merecer sua atenção:

#1. LondresLyst; AffectCity MapperBlazeAppear HereJust YoyoTrasferwise e Spacious App

#2. AmsterdamHumanThe Cloak roomAceantateElastic searchAliveshoesCasengoFashiolistaBlendle e Wercker

#3. IstambulHemenkiralikOnedioVivenseLyzico; Ininal; Armut e Buldumbuldum 

#4. EstocolmoTeenageneeringBehaviosec13thlab; PeoplepeopleTruecallerSafello e Lifesum

#5. BerlimResearchgateAuctionataImprovementsEyeemGet yout guideOne footballSociomanticHello clube e Delivery hero

#6. BarcelonaCatchoomSocial and beyoundOmnidroneCognicorMarfeelWalla popCl3verScytlTypeformAudiosnaps

#7. Paris: AlgoliaLeetchiWithingsVestiaire collectivePretty simple gamesEbuzzingDeezerBlablacarCapitain e trainMention

#8. MoscouGitoonOmetriaTimeraGrow the very month penxy10tracksWay rayGames lopperChoister e Robocv

#9. HelsinkiNano technologiesSumoingBedditDiktamenPlay ravenNexstimNext gamesBitbarOnomastic e 5thwavebrands

#10. Tel AvivFiverrSpacellPeblles interfaceAdallomRavello systemsYear e Plarium

Se nesta lista você não encontrar nenhuma inspiração criativa, mude-se para Marte, Saturno ou para uma praia distante, compre um barquinho, teça suas redes e boa sorte com a pescaria.
Se você encontrar um caminho promissor e positivo, o site da Pictet é: www.pictet.com.

Texto publicado no site da Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.
Profissional de E-commerce
Author

O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

Write A Comment