As redes sociais já provaram seu poder de comunicação há algum tempo e os brasileiros abraçaram toda essa cultura de socialização, compartilhamento e viralização. Atualmente, as empresas não têm como “escapar” da realidade online, principalmente as lojas virtuais.
Mesmo que sua loja virtual não tenha um perfil no Facebook ou uma conta no Twitter, isso não impede que seus clientes falem a seu respeito, recomendando seu site, criticando ou mesmo elogiando.
Porém, nem só de gestão de crises vivem as redes sociais, quando bem gerenciadas elas representam um enorme potencial de divulgação da sua marca e do seu e-commerce. Conheça 5 motivos para apostar nas redes sociais:

1. Conhecer as preferências e entender o comportamento do seu público.

As redes sociais podem funcionar como ferramentas de pesquisa de mercado muito eficazes. É possível definir o perfil do seu público-alvo analisando informações como descrição, preferências, compartilhamentos, etc.
Encare comentários, elogios e reclamações como dados importantes para entender seu público e definir as estratégias para o seu negócio.

2. Criar um relacionamento mais próximo com o cliente.

Rede social é sinônimo de relacionamento. Ser “social” é mais um passo na construção da boa relação e da fidelização do cliente. Interaja com seu público, marque em seus posts os usuários mais engajados, aqueles que costumam compartilhar seu conteúdo nas redes sociais. Eles ficarão felizes pela lembrança.

3. Fortalecer a identidade da marca.

A comunicação nas redes sociais deve ser personalizada e condizente com o perfil da empresa. Se você tem uma loja online de artigos voltados para o público mais “descolado” não faz sentido usar termos muito rebuscados.
Grandes e-commerces varejistas apostam até na personificação de personagens para representar sua cara nas redes sociais. Dessa forma, é possível fortalecer a identidade do seu e-commerce diante do seu público.

Social-Media-Crisis-Management4. Otimizar o atendimento.

Atualmente, as redes sociais estão se tornando os novos SACs (Serviço de atendimento ao cliente), mesmo que para a maioria dos gerentes de e-commerce essa não seja uma boa notícia, para outros é a oportunidade perfeita para gerenciar crises de forma mais dinâmica e clara.
Com um bom suporte para atender essa demanda, pequenas dúvidas do consumidor ou de potenciais clientes podem ser sanadas rapidamente. Assim muitos e-commerces conseguem virar o jogo e viralizar seu excelente atendimento. Impactando positivamente na reputação da empresa.

5. Divulgação de baixo custo.

É preciso atenção nesse ponto, não transforme a rede social do seu e-commerce em uma folha de classificados. Isso vai espantar seu público! Você pode utilizar o espaço de forma moderada e estratégica.
Na dúvida, crie seu plano de conteúdo com base na regra 80/20, sendo 80% de conteúdo informativo e 20% de conteúdo publicitário. Outra dica é sempre criar um contexto para divulgar suas ofertas, link sua oferta à realidade do seu público.
Seu e-commerce já aposta nas redes sociais? Então, compartilhe conosco suas dúvidas e comentários.

Author

Lançada em 2009 com a promessa de revolucionar as formas de monetização na internet, a Lomadee disponibiliza hoje a mais completa ferramenta de publicidade contextualizada da rede.

Write A Comment