O e-mail marketing é uma ferramenta de extrema importância no desenvolvimento de estratégias comerciais, além de proporcionar, para a empresa, um canal de relacionamento com os clientes. Mesmo o e-mail marketing sendo uma ótima ferramenta, é preciso saber usá-la.
Uma estratégia bem definida é que garante o sucesso de suas campanhas. Por isso, fique atento às dicas:
1) E-mail Personalizado
O e-mail personalizado é aquele que chama o cliente pelo nome, seja no subject e/ou no próprio corpo da mensagem. É uma forma de estabelecer proximidade com os contatos de sua base e mostrar que você sabe com quem está falando.
2) Teste ABCDE
Quando o destinatário recebe seu e-mail, é o subject quem vai fazê-lo abrir ou não esta mensagem. Pensando nisso, a melhor estratégia é o teste ABCDE. Assim, você pode testar até cinco subjects diferentes antes de fazer o envio final. Definir o subject da sua mensagem é um dos passos mais importantes dentro do processo de criação de uma campanha. Você precisa pensar em todas as possibilidades de um subject atrativo, objetivo e de fácil entendimento pelo destinatário.
3) Segmentação
Além do e-mail personalizado, com o nome do destinatário, outra estratégia é a segmentação. Por meio dela, você envia e-mails de conteúdo extremamente relevante para quem recebe. Após segmentar sua lista com base no comportamento de seus contatos, você passa a conhecer suas preferências e pode oferecer aquilo que realmente interessa.
Quando o usuário efetuar uma compra pelo seu e-mail marketing, mande uma outra mensagem após alguns dias, ofertando ou simplesmente divulgando produtos relacionados àquele que ele comprou anteriormente. A chance daquele usuário adquirir um produto complementar à compra anterior é muito grande.
4) Resgate de clientes
É comum, por meio da segmentação, enviar e-mail de acordo com o comportamento da sua base. Através de campanhas de e-mail marketing direcionadas, também é possível resgatar clientes que não compram mais em sua loja virtual, por exemplo. É possível até mesmo estreitar o relacionamento com usuários que não clicam mais em sua peça.
Uma dica para e-mails com esta finalidade é oferecer um desconto diferenciado para que o usuário efetue uma compra em seu site. Os usuários tendem a comprar um determinado produto, caso seja oferecido um desconto ou uma oferta especial.
5) Divulgar conteúdo nas redes socias
Imagine a seguinte situação: Você envia um e-mail para uma pessoa, que clica no ícone de compartilhar seu e-mail no facebook com 500 amigos. Destes 500 amigos, 300 visualizam a postagem e conseguem abrir sua peça de e-mail via browser. Você pode nem ter pensado nisso, mas acabou de criar um viral! Dezenas, centenas de pessoas compartilhando o conteúdo de seu e-mail marketing nas redes sociais.
Por isso, deixe os ícones das principais redes sociais presentes em sua peça de e-mail, isso facilitará o compartilhamento de sua mensagem.
6) Templates otimizados para Mobile
Segundo a Return Path, 34% dos usuários acessam os e-mails por meio de um dispositivo móvel, seja celular ou pelo tablet. Essa afirmação evidencia cada vez mais a importância de disponibilizar uma versão mobile de sua campanha para os usuários.
Neste cenário, você tem duas opções:
A. Segmentar sua base para saber quem abre suas mensagens por meio de um dispositivo móvel. Nesta situação, você deve enviar um e-mail completamente otimizado, com poucas imagens, textos curtos e objetivos, ou seja, a mensagem deve ser passada rapidamente e de forma mais objetiva possível.
B. Disponibilizar em seu template padrão aquele visualizado pelos usuários via browser, um link “Versão mobile”, e quando o usuário clicar nesta opção, abrirá a versão otimizada. Desta forma, você consegue atender ás preferências de todos os usuários.
Aproveite essas dicas e mãos à obra!

Avatar
Author

Write A Comment