• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

Big data: Entenda o mercado e antecipe tendências

5 de dezembro de 2013
Share Button

Big data: Entenda o mercado e antecipe tendências. A cada segundo milhares de internautas criam uma quantidade enorme de conteúdo na internet. Seja na forma de publicações em blogs, redes sociais, portais, vídeos e outras mídias. Essas informações funcionam como um rastro, ou assinatura, do comportamento de navegação de cada pessoa, preferências, tendências, hábitos de consumo, etc.

Há algum tempo as empresas vêm moldando suas estratégias de negócios, vendas e comunicação com base em análises dessas informações coletadas na internet através de algoritmos de big data.

big-data-nuvem-de-tags

Entender e utilizar dados é essencial para conhecer as preferências globais do mercado. Algumas empresas de software já têm adotado essa prática e através da análise de dados de fóruns segmentados por exemplo, podem validar antecipadamente uma funcionalidade antes mesmo de desenvolvê-la. O uso de big data também tem impactado diretamente nas vendas e no engajamento com marcas. Uma vez que, ao conhecer melhor o público-alvo através da análise de dados originados de mídias sociais e sites que navegam, é possível conquistar novos clientes e fidelizar os atuais. Abaixo listamos três motivos que explicam este contexto.

1. Possibilidade de prever tendências

Algoritmos avançados de big data permitem que as empresas analisem o comportamento do seu público enquanto estão online. Com essas informações é possível identificar oportunidades para determinado produto, serviço, tecnologia, etc.

Esses relatórios funcionam como um termômetro que indica onde a empresa deve investir seus esforços. Também aponta o comportamento dos usuários em relação às suas marcas preferidas, dispositivos mais usados para acessar a internet, seu grau de educação, profissão e diversas outras características.

Ao identificar uma tendência de alta na demanda de um produto, por exemplo, a empresa pode tomar uma decisão antecipada para se adequar ao novo cenário. Dependendo da situação, esta reação pode ser um remanejo no estoque, compra de palavras-chave ou mesmo a produção de conteúdo sobre determinado tópico.

2. Atrair mais e atender melhor

O sucesso de uma companhia está muito relacionado ao custo de aquisição de clientes. Empresas têm dificuldade de entender as preferências do mercado e acabam gastando muito com a aquisição de usuários, já que suas ações são mais diversificadas e com retorno menor. Neste sentido, o big data funciona como uma ferramenta para maximizar a aquisição de potenciais clientes, já que consegue apontar públicos segmentados de acordo com o seu produto.

O mesmo serve para o atendimento ao consumidor: descobrir os principais canais onde seu público está é uma das melhores maneiras de atendê-lo de forma efetiva. Ferramentas que conseguem entregar esse tipo de resultado são aliadas dos empreendedores quando o assunto é bom atendimento.

Por exemplo, ao concluir que determinado perfil de consumidor está sempre visitando o canal de uma loja, mas nunca compra nada, é possível fazer campanhas de marketing focadas nestas pessoas. Ao utilizar linguagem e assuntos focados no interesse deste target, sua taxa de conversão aumenta, otimizando assim o retorno sobre investimento.

VEJA TAMBÉM COMO USAR O BIG DATA PARA MELHORAR A RELAÇÃO COM O CLIENTE

3. Reduzir custo através de eficiência

Empresas que procuram por um rápido crescimento não podem perder dinheiro investindo em ações online que não trarão retorno. Dessa forma, a análise de dados do mercado através de big data torna-se fundamental para uma maior eficiência da sua estratégia online. Antes de decidir qual será o caminho a ser seguido, é preciso ter informações suficientes para que este caminho não traga prejuízo.

Investir em uma determinada mídia social ou canal de comunicação que seu público não consome é um erro comum. E ele é tão comum justamente pela dificuldade em saber se aquele público está ali antes de se investir na campanha. O dinheiro investido então acaba perdido. Com o big data evitam-se este tipo de desperdícios, permitindo um melhor uso da verba disponível e consequentemente, um retorno maior sobre o investimento.

Prever tendências e reduzir custos, principalmente o de aquisição de clientes, é um grande fator que influenciará no sucesso da sua empresa. Chegou a hora de se adaptar a essa realidade!

Conheça o Navegg Brands e aplique o big data ao seu negócio.

TEXTO DA FERNANDA ALVES DE MELLO, PARA O BLOG DA NAVEGG

Você também vai gostar

Aprenda com os GIGANTES! 4 lojas virtuais gringas para ficar de ... O sucesso de uma loja virtual depende, além da boa qualidade dos produtos e dos serviços, de uma série de boas práticas: ter um site com boa navegabil...
Ebit Webshoppers 37: E-commerce faturou R$ 47 bilhões em 2017 O e-commerce faturou R$ 47,7 bilhões em 2017, um aumento de 7,5% em relação ao ano anterior, segundo o 37º Webshoppers, apresentado na última quinta-f...
E-commerce registra faturamento 26% maior nas vendas de Natal Na comparação com 2014, volume de pedidos cresce 16%; Mobile commerce representou 13,6% das compras As vendas de Natal no varejo online brasileiro reg...
Ebit abre votação para o 13º Prêmio Melhores lojas do E-commerce... Vencedores do prêmio, conhecido como o "Oscar do Varejo Online”, serão divulgados durante evento do setor em março Está aberta a votação para a 13ª ed...
Brasil é o décimo melhor mercado de E-commerce do mundo O Brasil é o único país da América Latina que figura entre os 10 melhores mercados mundiais do E-commerce. De acordo com as últimas estimativas de ven...
Comércio eletrônico cresce 28% em 2013 para R$ 28,8 bilhões. O comércio eletrônico movimentou R$ 28,8 bilhões em 2013, alta nominal de 28% na comparação com 2012, quando o faturamento chegou a R$ 22,5 bilhões, d...
Como fazer um bom currículo? Você já deve ter lido centenas de textos e guias sobre como elaborar um bom currículo, mas aqui estão algumas dicas que com certeza são novas para voc...
Webshoppers 39: M-commerce já responde por mais de 1/3 dos pedid... Em apenas 2 anos, a utilização do smartphone para compras dobrou no E-commerce e trouxe uma gama de novos consumidores para o mercado As compras efet...
Pokémon GO: como relacionar seu negócio à febre do momento A mais recente novidade no que tange ao mundo Pokémon foi anunciada neste mês de julho. Trata-se do game Pokémon GO, um jogo (app) para smartphones qu...
O perfil dos brasileiros interessados em comida e bebida O final do ano se avizinha. Nesta época, é comum que os brasileiros estejam preocupados com as ceias de Natal e de Ano Novo. Além disso, para os event...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>