• Alejandro Vazquez
  • por Alejandro Vazquez
  • Cofundador da Nuvem Shop e diretor de atendimento ao cliente. É apaixonado por ajudar os clientes a ter um negócio de sucesso, adora ler, correr e conhecer novas comidas e lugares.

Como entender e mensurar o valor da sua marca para os consumidores

7 de dezembro de 2016
Share Button

Será que a sua marca é realmente valiosa para o público? Como as pessoas percebem seus produtos? Você está conseguindo criar a imagem esperada? Essas são questões atribuídas a um conceito de marketing conhecido como Brand Equity.

O que é Brand Equity?

Traduzido como “equidade da marca”, o Brand Equity é, em palavras simples, o valor agregado ao seu produto ou serviço, que vai além do material ou das ações em si. Kevin Keller, um especialista da área, tem uma definição bem específica: “são os efeitos de marketing atribuíveis unicamente à presença de uma marca”.
O que isso significa? Que a sua marca representa todas as sensações causadas no consumidor, como ele entende a proposta e quais elementos associa a ela. O Brand Equity é composto pelos fatores que guiarão a decisão de compra do seu potencial cliente e por que ele escolherá o seu produto em vez de um similar da concorrência. É, basicamente, a obra maior do branding.

Como usar o modelo de Aaker

Embora esse valor de marca não possa ser mensurado em números e de forma absoluta, é possível entender quais fatores são mais fortes e quais têm menor impacto na construção da imagem. Para isso, podemos aplicar o modelo proposto por David Aaker (outro especialista).
Esse modelo defende quatro características de valor que você precisa levar em conta na hora de analisar o seu branding. Você pode abordá-las de forma direta com o público, simplesmente fazendo as perguntas certas em momentos de feedback ou convidando os clientes em potencial a preencherem questionários.
Outra alternativa mais “superficial” é acompanhar o que as pessoas andam falando da sua marca nas redes sociais, por exemplo.

Qualidade

Comecemos pelo ponto mais simples de ser avaliado e, ao mesmo tempo, um dos mais subjetivos por parte dos clientes. Trata-se qualidade percebida: baixa, média ou alta? É presente em todos os serviços? É a melhor?
Depois, consideramos também a liderança da marca em seu nicho: ela está ganhando popularidade? É inovadora? Sua proposta parece mais evoluída e atrativa que a dos concorrentes?

Lealdade

Outro fator importante para o Brand Equity é a lealdade do público. Para isso, analisamos o preço premium e a satisfação do consumidor. Quanto o seu cliente estaria disposto a pagar a mais pelo seu produto? Suas expectativas foram atendidas? Ele compraria novamente e recomendaria aos conhecidos?
Essas questões estão diretamente relacionadas à fidelização, uma parte importante do marketing que muitas vezes acaba sendo deixada de lado quando as empresas priorizam apenas a aquisição de novos consumidores.

Associações com a marca

Saindo um pouco da questão “produto”, é preciso observar também como o público enxerga o valor(custo x benefício) e a personalidade da marca (a proposta e os princípios culturais definidos anteriormente). Assim entendemos se as suas comunicações e campanhas estão sendo interessantes e se as pessoas de fato se identificam com elas.
Podemos considerar também as associações organizacionais (se o consumidor confia na empresa fabricante e nos parceiros) e a diferenciação (quão única é a marca e até que ponto ela se parece com a concorrência).

Conhecimento da marca

Por fim, o último conceito mensurado para o Brand Equity é conhecido como Brand awareness. Trata-se, basicamente, da proporção de pessoas que realmente conhecem a sua marca e sabem o que ela vende.
Ela é top of mind (a primeira em que as pessoas pensam ao procurarem uma categoria de produtos)? Seus princípios e valores são facilmente identificáveis? Ouça a opinião pessoal de cada consumidor em relação à sua empresa e chegue a uma “média geral”.


Leia também:

A psicologia por trás da Percepção de valor

Você também vai gostar

Criar logo de e-commerce, acerte sua primeira venda: a marca Criar um logo de e-commerce ou fazer o redesign da marca é um daqueles desafios que todo mundo gosta de participar. Diferente de descobrir a margem br...
Como construir uma marca em um mundo polarizado? Se as eleições presidenciais brasileiras demostraram alguma coisa, é que o Brasil é um país grande e complexo que inclui pessoas com pontos de vista d...
Muito além do chargeback: quais outros problemas a fraude pode c... Quem vende pela internet sabe que o “custo da fraude” deve estar sempre embutido no risco do negócio - afinal de contas, no caso de compras realizadas...
Quanto custa para o negócio perder o cliente? Tudo pode falhar em sua loja virtual, menos o atendimento ao cliente, este deve ser perfeito, insuperável, imbatível, deve ter como missão incansável ...
4 dicas que podem transformar vídeos de marcas em virais nas red... Cada vez o marketing digital vem se tornando uma estratégia de grande importância para as empresas, porém poucas empresas veem o potencial do viral pa...
Como melhorar o atendimento ao cliente na sua loja virtual? A praticidade e a diversidade são as principais razões que levam pessoas a optarem por adquirir produtos em lojas online. No entanto, assim como qualq...
Sem filtro: 14 estatísticas para investir em sua marca no Instag... Você já trabalha sua marca no Instagram? Talvez você esteja olhando para a rede social errada. Dados publicados agora em janeiro de 2015 pelo Pew Rese...
Como criar conteúdo institucional que dê credibilidade e ajude a... Lembro como se fosse hoje a primeira lição que o meu professor de Muay Thai me ensinou. “Você deve sempre buscar o nocaute em cada golpe que der”, ele...
Por que a reputação é tão importante nas vendas em marketplaces?... Ao vender nos marketplaces a maioria dos lojistas costuma dar maior ênfase a aspectos essenciais do comércio, como preço de venda, gestão do estoque e...
Crimes digitais ameaçam a segurança de empresas e usuários O panorama do cibercrime está mudando. Quanto mais digital fica nossa sociedade, mais casos ocorrem. E você, o que está fazendo para se proteger? Pens...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>