Pretendo aqui neste artigo trazer para o nosso universo de e-commerce e mercado digital alguns conselhos com a visão prática de como podemos manter, ganhar e enxergar oportunidades diante da crise econômica. Muita mágica no e-commerce é prometida ou conceituada, se me permitem, serei extremamente empírico.
Primeiramente nunca tome medidas radicais como cortar investimentos de mídia tradicionais ao seu e-commerce, reduzir funcionários na operação, corte de parceiros, declínio na entrada de novos projetos e frentes…
Manter os pilares da estrutura de seu negócio somado a práticas de fidelização de seus clientes, não deixando de lado investimento processual, de mão de obra e infra em novos canais de vendas saudáveis e futuras digo que é o caminho.
Uma conversa com os parceiros atuais deve ser mantida, sempre no racional de ”dividir a conta”, a política do ganha-ganha deve prevalecer, um acordo de médio a longo prazo pode trazer ganhos em grande escala para ambos.
Chame seu parceiro, apresente uma proposta a longo prazo de adesão com redução do pacote pago hoje! Isso pode se estender a parceiros de mídias, como parceiros logísticos, como comerciais entre outros.
Qualquer ganho que possa ter, irá beneficiar um fôlego ao seu negócio, ganhos comerciais trarão lucro em margens nos produtos para que possa, por exemplo, abrir vantagens comerciais aos seus clientes, como frete grátis. Uma redução de CPC pago irá lhe proporcionar, por exemplo, ver a possibilidade de abrir parcelamento maior em seu site, beneficiando o seu consumidor.
A loja virtual nada mais é que uma cadeia de despesas no qual qualquer redução lhe permite oferecer vantagens comerciais para ganhar mercado e aumentar as vendas!
Outra estratégia muito inteligente é adotar políticas de fidelização de cliente! Oferecer descontos maiores em mídias “não pagas” como mídias sociais, e-mail marketing, apps, hotsites parceiros irá te propiciar aumentar a fonte de receita em canais onde o custo do cliente é bem menor.
A estratégia mais inteligente é fidelizar o cliente que já está em sua base gerando recorrência de compra, uma vez que o custo para aquisição de novos clientes é proporcionalmente mais insano. Manter ou adquirir práticas de marketing digital por remarketing de certo modo são políticas de fidelização.
Desenvolver, investir ou manter o desenvolvimento de novos canais também é essencial. Em todo cenário no qual é tido como em crise, sempre apresenta oportunidades de ganhos seja por tendências, nichos ou novos mercados.
Apostar em Mobile neste momento me parece certamente positivo, o crescimento das vendas via celular ou tablet já é uma realidade, fora que a ansiedade pela chegada dos pushs promocionais já faz parte do comportamento do usuário e consumidor digital.

Avatar
Author

Felipe Marti é administrador, profissional de e-commerce para o varejo. Iniciou a carreira na Siciliano com foco no atendimento a clientes em lojas físicas. Em 2004 foi eleito funcionário do ano pelo Maior Volume Vendas Acumuladas. Em 2009 ingressou no e-commerce na Saraiva.com atuando como coordenador de mídia on line. Hoje atua como Gerente de Marketing e Vendas Multicanal na Máquina de Vendas – Ponto Com.

Write A Comment