• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

E-commerce entra na estratégia de atuação do Google e das principais redes sociais

27 de julho de 2015
Share Button

As plataformas estão adicionando e testando experiências que possam agilizar os processos de compra dos consumidores.
Por ProXXima. O Facebook confirmou, no último dia 15, que está testando uma nova funcionalidade que permitirá a criação de lojas online em um pequeno grupo de páginas de empresas. Ao Buzzfeed, a empresa deixou claro que é apenas um teste.
A iniciativa, entre tantas outras sendo testadas nos últimos meses, reforça a busca da plataforma por melhorar ainda mais a experiência de compra dos consumidores e contribuir para que marcas ampliem seus negócios.
O Facebook é o que mais leva pessoas a sites de comércio eletrônico, o que torna esse mercado ainda mais atrativo. No ano passado, a rede já havia incorporado a seus anúncios o botão “Comprar” disponível para algumas empresas.
Ainda neste mês, o Facebook também deu sinais de que estaria lançando um serviço de assistência virtual que poderia ajudar consumidores a encontrar produtos e serviços. O Moneypenny seria uma espécie de concierge virtual, que promete entregar qualquer produto que o usuário queira em algumas horas.

Google

O Google também vem aprimorando suas ferramentas voltadas às experiências de compras. Em junho, a empresa anunciou que adicionaria o botão de compra ao lado dos links que aparecem em seus resultados. O principal objetivo, segundo a empresa, é facilitar o processo de compra do usuário sem sair da plataforma.
Outra aposta importante do Google, o Google Now, também está voltado para melhorar experiências de consumo. O aplicativo coleta informações de vários aplicativos como o calendário e localização, assim como outros sinais.
Por exemplo, se a pessoa tem uma conference call em um minuto e o Smart Stream percebe que os fones de ouvido estão conectados ao telefone, coloca o número a ser discado na tela de início. Essa antecipação permite oferecer e aumentar o alcance das marcas na hora de oferecer produtos e serviços.

Twitter

Também no ano passado, o Twitter inseriu a ferramenta botão de compra para seus usuários. O recurso otimiza a relação entre consumidor e anunciante na rede social e direciona o usuário para uma nova página, onde são fornecidas as informações de pagamento e entrega, para completar o processo de aquisição.
O botão está disponível apenas para os aplicativos do Twitter em iPhone e Android. A nova ferramenta, no entanto, é mais uma aposta da empresa em resposta direta para as marcas, que poderão acompanhar as conversões por meio dos cliques no botão “Compre”.
Em fase de testes, a ferramenta está disponível apenas para alguns parceiros, que incluem aproximadamente 25 marcas, músicos e ONGs. Texto publicado no ProXXima.

Instagram e Pinterest

O E-commerce tem se mostrado o caminho mais lógico para a estratégia das principais plataformas de redes sociais utilizadas no mundo. Mês passado foi a vez do Instagram e do Pinterest também anunciarem ferramentas de venda online.
Nos mesmos moldes, as funcionalidades entraram em fase de testes e apenas para alguns anunciantes pré-selecionados. Leia o artigo na íntegra: Instagram e Pinterest implementam botões que redirecionam audiência para compras.

Você também vai gostar

O consumidor brasileiro utiliza a loja física como Showrooming? Este mês mais uma vez os dados do último relatório Webshoppers da E-bit foram destaque no eMarketer. O site americano que publica diariamente dados de...
Qual é o mapa de distribuição das ofertas de emprego do e-commer... Janeiro: você pode imaginar um período melhor para fazer um plano para o ano que está começando? Tenho certeza de que há um lugar especial para o prop...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>