• Bruno de Oliveira
  • por Bruno de Oliveira
  • Bruno de Oliveira é empreendedor no mercado digital há mais de dez anos, especialista em e-commerce e criador do Ecommerce na Prática.com e do método Viver de Ecommerce, além de idealizador da Semana do ECommerce, evento online gratuito que reúne cerca de 50 mil empreendedores a cada edição, onde ensina a montar o planejamento e o passo a passo para montar um e-commerce do zero.

Saiba como ganhar dinheiro o ano todo com produtos sazonais

27 de outubro de 2017
Share Button

A sazonalidade é um fator relevante para diversos varejistas do mundo inteiro. Seja vendendo moda praia, repelentes ou ovos de Páscoa, empreendedores que não se planejam costumam sofrer com essa questão, pois há produtos que têm muita saída em determinada época do ano, mas no restante dos meses tendem a “encalhar”.

Mas qual será o melhor caminho para contornar essa questão e evitar prejuízos? Listei algumas dicas práticas para quem trabalha com produtos sazonais:

Forneça os incentivos corretos

Uma das regras básicas da economia diz que as pessoas reagem a incentivos. Então, se você tem um negócio sazonal e quer estimular os clientes a efetuarem compras fora de época, precisa oferecer vantagens para convencê-los a fazer isso.

Um dos caminhos é investir em comunicação direta: “Compre moda praia na baixa temporada e economize até 70%”. Se for o caso, você também pode montar kits incluindo os produtos sazonais, em conjunto com outros itens que sejam vendidos o ano inteiro. Inclua um bom desconto no combo e será um incentivo e tanto!

Os melhores meses precisam valer a pena

Tão importante quanto se planejar para os meses mais difíceis, é também se planejar para a sua melhor época para vendas. Se você sabe que aquele período de 1, 3 ou 6 meses é onde o seu negócio tem a chance de prosperar muito, concentre sua energia em planejar estratégias e ações para os dias de bonança.

Não perca um só dia do seu período de vendas – seu senso de urgência precisa estar totalmente ativado, faça valer a pena!

Pense fora da caixa

Se você já aceitou que o seu e-commerce vende muito durante alguns meses e quase nada em outros, está adotando o mindset errado. Muitas vezes, o sucesso em qualquer tipo de negócio depende apenas de uma postura mais criativa.

Um empresário à frente de um negócio varejista de moda praia, por exemplo, pode ficar se lamentando durante os meses de inverno, ou aumentar o seu faturamento por meio de campanhas voltadas a turistas que, nos meses de frio, estejam saindo do Brasil para curtir a temporada de praia em outros lugares do mundo.

O mesmo acontece com o dono de uma loja física que, com ponto bem localizado na cidade de São Paulo, é especialista em casacos grossos e vende muito nos meses de inverno. Durante o verão brasileiro, esse empreendedor pode sentar e esperar ou adotar uma postura mais proativa, montando um e-commerce e atingindo outros consumidores em potencial, como moradores de cidades do sul do país ou turistas com viagem marcada para as regiões mais frias.

Busque produtos alternativos

De todas as reflexões do texto para quem quer ganhar dinheiro o ano todo com produtos sazonais, esta talvez seja a mais importante: será que não é inteligente expandir o mix de produtos?

É claro que, se você tem um e-commerce de moda, não faz sentido começar a vender eletrodomésticos. Mesmo assim, quase sempre é possível encontrar produtos relacionados ao seu mercado que garantirão um fluxo de caixa mais saudável durante todos os meses do ano.

Um e-commerce de moda praia pode passar a vender roupas fitness sem quebrar a coerência do negócio, por exemplo. O mesmo acontece com um negócio de chocolates que, em meses distantes da Páscoa, oferece outros doces, e até salgadinhos para festas.

É uma questão de pensar fora da caixa. Se for o caso, saia da sua cidade, visite feiras, converse com pessoas que já enfrentaram o mesmo problema que o seu. Pode ser, por exemplo, que em seu mercado já exista algum produto inovador com boa aceitação do público mesmo nos meses de baixa. É preciso ficar atento às novidades!

Tire vantagem da sazonalidade

Apesar das desvantagens de se trabalhar com produtos sazonais, existe também uma grande vantagem: se os consumidores param de comprar, os lojistas param de fazer pedidos e os fornecedores veem seus resultados ficarem mais fracos.

Nesse caso, os empreendedores do varejo podem ter acesso a grandes descontos ao comprar fora de época na hora de negociar com o fornecedor. Estude o contexto atual do negócio e veja se vale a pena para você!

Você também vai gostar

Como criar e gerir uma equipe de performance no seu e-commerce Muito além de gerenciar e monitorar ações de marketing, fluxo logístico e comercial, um gerente de e-commerce, deve ficar atento a saúde do seu time, ...
Aposte no marketplace de serviços para inovar em seu modelo come... O poder do consumo do brasileiro acena uma retomada. O primeiro sinal positivo desde o fim de 2014 ocorreu no segundo trimestre de 2017, com um aument...
Filmes para inspirar empreendedores Feriado chegando, é hora de aproveitar para relaxar. O empreendedor dificilmente relaxa. Uma boa saída para sua mulher não te colocar para dormir na c...
E-commerce do Brasil fatura 35,8 bilhões em 2014 De acordo com a E-bit, o E-commerce do Brasil movimentou R$ 35,8 bilhões em 2014, crescendo, nominalmente, 24%, em relação a 2013, quando o faturament...
O que o Amazon Go pode nos ensinar sobre experiência do usuário ... Esta semana, a gigante Amazon divulgou o lançamento da Amazon Go que, segundo a própria empresa, é um novo tipo de experiência de compra com a mais av...
CEO aos 22 anos, empreendedor grego-alemão aposta no mercado bra... Em 2012, com apenas 22 anos, o jovem empreendedor grego-alemão Panayotis Nikolaidis já fundava a sua primeira empresa: a Panna Cotta Voucher Group, es...
Como administrar um negócio de internet Cresce a cada dia o número de lojas virtuais, porém dessas lojas que iniciam poucas duram mais que seis meses e um número bem menor ainda de lojas con...
Vendas na véspera da Black Friday aumentam 21% As vendas desta quinta-feira (23), véspera da Black Friday 2017, apresentaram crescimento nominal de 21% no e-commerce, de R$355 milhões para R$428,5 ...
Compras por dispositivos móveis crescem e representam 20% do fat... Infográfico Ebit destaca o perfil do consumidor e apresenta todos os dados sobre a principal data do varejo eletrônico brasileiro Cerca de 20% das co...
Quanto se gasta para abrir uma loja virtual Tenho visto muita gente perguntando sobre custos de se criar uma loja virtual. Ao mesmo tempo que encontramos muitos artigos falando a respeito disso,...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>