• Profissional de E-commerce
  • por Blog Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

Gmail: 1 em cada 10 usuários aponta falhas na classificação da caixa de entrada

24 de abril de 2017
Share Button

O Gmail segue como o serviço de webmail mais popular do mundo. Há quase quatro anos, o provedor inovou ao lançar o recurso de classificação automática das mensagens, criada com o objetivo de permitir que os usuários visualizem os e-mails por categorias: promoções, social, atualizações, fórum e e-mails pessoais.
A novidade trouxe comodidade para os usuários, mas criou um ponto de atenção para os profissionais de marketing. De acordo com estudo da Return Path, intitulado Manual do Profissional de E-mail Marketing Sobre Categorias do Gmail, quase 10% dos usuários do Gmail avaliam que as mensagens não são classificadas corretamente.
A indicação de classificação incorreta dos e-mails pode ser uma má notícia para os profissionais de marketing, tendo em vista que os usuários do Gmail devem estar deixando de visualizar mensagens que, talvez, julgassem interessantes. Ou seja, é importante que as marcas estejam atentas à forma como suas campanhas estão sendo tratadas no ambiente virtual.

Relevância da Guia Promoções

A pesquisa revela que mais da metade dos usuários do Gmail (60%) têm ativada a Guia Promoções, que reúne ofertas, entre as quais as de marketing. Destes, 45,1% acessam a pasta em questão pelo menos uma vez por dia. Em resumo, enviar mensagens a uma pasta incorreta, que é monitorada com menos frequência, pode significar a perda de uma venda de produto ou serviço.
“No mercado competitivo de hoje, alcançar a caixa de entrada dos usuários de e-mail é fundamental. E, no caso do Gmail, é muito importante também que as mensagens sejam classificadas de acordo com a categoria esperada pelo consumidor”, explica Cecilia Belele, Diretora Regional para América Latina da Return Path.
“O Gmail criou o sistema de classificação de mensagens mais sofisticado da indústria, por isso é vital que os profissionais de marketing prestem atenção à forma como suas mensagens estão sendo classificadas”, completa.

Setores que mais enviam promoções

Sem surpresas, o estudo revela ainda que os setores com a maior porcentagem de mensagens classificadas como promoções, dentro do Gmail, são os de varejo, animais de estimação, artigos esportivos e de sites de ofertas e recompensas.
Confira a seguir os principais insights do estudo da Return Path, intitulado Manual do Profissional de E-mail Marketing Sobre Categorias do Gmail:

O estudo da Return Path, Manual do Profissional de E-mail Marketing Sobre Categorias do Gmail, está disponível para download gratuito no site da empresa. A pesquisa, realizada em dezembro de 2016, pesquisou 1628 usuários do Gmail. A análise de classificação tem como base mais de seis bilhões de mensagens enviadas.

Você também vai gostar

E-mail Marketing ou Marketing nas Mídias Sociais? E-mail Marketing ou Marketing nas Mídias Sociais? O site Marketing Digital publicou no começo do ano um infográfico muito útil, colocando frente ...
Como funciona a Automação de Marketing Por Alex Kantrowitz, do Advertising Age. Você seria perdoado por pensar que “Automação de Marketing” é um termo estranho, se não contraditório. Até po...
4 dicas que podem transformar vídeos de marcas em virais nas red... Cada vez o marketing digital vem se tornando uma estratégia de grande importância para as empresas, porém poucas empresas veem o potencial do viral pa...
Como ter mais ideias de conteúdo para o seu e-commerce Você não é aquele empreendedor tão criativo e com muita prática na hora de escrever? A boa notícia é que você talvez não deveria ser mesmo… Afinal de ...
Saiba quais são as principais diferenças entre perfil e página n... Entre as diversas redes sociais que fazem sucesso ao redor do mundo, o Facebook é uma das que mais se dedica a oferecer serviços diferenciados para us...
Poupe tempo ao criar o e-mail marketing Para cuidar de campanhas de e-mail, é preciso tempo. E este é, provavelmente, um dos principais desafios enfrentados pelos profissionais, especialment...
6 mandamentos para criação de conteúdo Você quer garantir que seu conteúdo faz sucesso? Nós temos 6 mandamentos para a criação de conteúdo Você sabe como criar um processo de produção de co...
4 estratégias para utilização de cupons de desconto no ecommerc... Famosos nos Estados Unidos os cupons de desconto começam a se popularizar no Brasil, porém com a crescente concorrência no e-commerce brasileiro e as ...
Como escolher um especialista em Marketing Digital Atuo no mercado de E-commerce há muito tempo e, não são raras as vezes que empreendedores de lojas virtuais me pedem indicações de agência ou especial...
5 maiores erros na hora de traçar sua estratégia de marketing Marketing digital pode ser crucial para alavancar negócios, mas é preciso cuidado na hora de planejar; evite deslizes Com o aumento dos usuários de in...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

4 comentários sobre “Gmail: 1 em cada 10 usuários aponta falhas na classificação da caixa de entrada”

  • Avatar

    Realmente o gmail é uma grande ferramenta, eu gosto muito. Porem mesmo fazendo o trabalho certinho ainda algumas mensagens continuam caindo na caixa de spam… Parabéns pelo texto

  • Avatar

    Para quem trabalha com e-mail marketing é complicado, as vezes uma lista pequena com uns 1000 e-mails uns 15 não são entregues ou caem na caixa de spam, e as vezes 5 desses 15 seriam os compradores do produto que você vende, mas fazer o que, o jeito é se adaptar a essas falhas e fazer o melhor possível para não perder clientes por erro de ferramentas, é por isso que normalmente quando a pessoa não abre o e-mail, eu mando os e-mails novamente de ferramenta e e-mails diferentes, isso ajudou um pouco a aumentar as conversões.
    Parabéns pelo blog e pelos artigos, são todos muito bons e está me ajudando muito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>