• Avatar
  • por Gustavo Costa
  • Comunicador Social graduado pela USP, possui cursos em jornalismo, fotografia e publicidade pela Universidade Carlos 3 de Madrid, Espanha. Atualmente atua com comunicação institucional no Buscapé Company, além da criação de conteúdo corporativo, gerenciamento de redes sociais da empresa. Fotógrafo nas horas vagas.

Como usar humor nas redes sociais?

1 de março de 2013
Share Button

Como usar humor nas redes sociais? No mundo digital, rir também é contagioso. Segundo o filósofo Henri Bergson, “o riso é um despertar da consciência que se liberta do automatismo e do mecanicismo das ações (…)”. Essa quebra da monotonia é o que faz humor ser tão contagioso. O humor comove, e geralmente quem ri gosta de rir junto, e as redes sociais possibilitam que milhões riam ao mesmo tempo, o que faz com que atualmente a internet tenha virado o palco principal dos piadistas.

Doutores da Alegria
Doutores da Alegria

Nas mídias sociais, mais do que fazer humor, é preciso ter senso de humor, ou seja, noção do que pode ou não ser compartilhado, do que deve ou não ser alvo de piada e quando você deve responder em caso da marca ser o alvo de alguma piada. Lembremos que o humor é muito relativo e, mais uma vez, é preciso olhar para si e se perguntar “Meu público entenderia isso?”.
Se sua marca já tiver uma postura irreverente é um bom indício que seu consumidor receberia bem conteúdos humorísticos. Se não, vale uma reflexão sobre qual seria a hora de se reinventar.
A Skol é um exemplo de sucesso nesse sentido. Com quase 10 milhões de fãs no Facebook, a marca tem como fio condutor de sua comunicação o bom humor. Basta dar uma olhada nas 10 últimas postagens para entender como engajam seus fãs reforçando os valores que prezam, como praia, futebol, amigos e, claro, cerveja.
E para quem quer começar sua carreira humorística nas mídias sociais, aí vão algumas dicas básicas:

1 – Utilize linguagem irreverente quando interagir com seus fãs ou seguidores. Compartilhe e curta conteúdos que estejam de acordo com aquilo que sua marca quer comunicar.

2 – Fique ligado nos memes e expressões que estão em alta na internet, essa maneira de comunicar costuma ser clara para o público mais jovem e antenado.

3 – Não zorratotalize seu humor. Ou seja, cuidado com piadas sem criatividade e que se alcem em estereótipos e preconceitos. Além de demonstrar falta de ética, sua marca pode virar o alvo da piada.

4 – Esteja atento com o que falam sobre você nas redes, nunca estamos isentos de acabar sendo o motivo do riso. Recentemente vimos que o Spoletto teve sua marca satirizada pela companhia de humor Porta dos Fundos, mas soube ter jogo de cintura e senso de humor para entrar na brincadeira e reverter os possíveis prejuízos de imagem que poderiam ter ocorrido.

Por fim, vale a pena dar uma olhada no perfil do Ponto Frio no Twitter, é um ótimo exemplo de marca  que segue uma linha bastante irreverente, com sacadas engraçadas e inteligentes sem agredir ninguém.

Fica a dica para quem quer se aventurar nos palcos de standup da web sem acabar virando o famoso tiozão sem graça do “É pavê ou pá comê?!”

Fontes: Ponto Marketing | Revista Fórum

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “Como usar humor nas redes sociais?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>