• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

Links patrocinados: Prepare-se para férias e fim de ano

15 de outubro de 2014
Share Button

Por Jennifer Overstreet. Enquanto para os consumidores ainda é cedo para se falar de Natal, para os varejistas já está na hora de planejar e traçar estratégias para os feriados e as vendas de final de ano. A alguns meses do Black Friday será que é tarde para gerar ações de impacto de vendas nessa época?
De acordo com Katy Tonkin, especialista em links patrocinados e buscas pagas na empresa Point it ainda não é tarde. Durante sua palestra no Shop.org Summit Digital Retail Boot Camp, Tonkin reduziu o vasto campo dos links patrocinados para cinco ações gerenciáveis:

Identifique suas palavras-chaves mais eficientes (top keywords):

“Seu negócio são suas palavras-chave”, disse Tonkin. “Você revisou suas palavras-chaves muito tarde?” Se você está usando a estrutura correta, mas palavras-chave erradas ou alguma outra combinação que não está funcionando, Tonkin compartilhou uma estratégia para avaliar sua performance.
Para identificar corretamente suas “top keywords” verifique os relatórios de consulta de pesquisa, confira os dados mais antigos ou use ferramentas competitivas. Então, isole suas top keywords (que Tonkin chama de “mude a mobília ao seu redor”) e planeje os anúncios e propagandas com mensagens customizadas e landing pages.

Links patrocinados no Mobile

Se você não está usando links patrocinados para mobile, você está perdendo uma baita oportunidade. Tonkin citou uma pesquisa da comScore que revela que 20% dos consumidores online usam exclusivamente smartphones e tablets e 40% das compras da última Black Friday vieram de dispositivos móveis.
Para começar a produzir links patrocinados no mobile use suas “top keywords” e divulgue seus anúncios com antecedência e também até a última semana antes do Natal. Faça a mesma coisa no mobile, adaptações serão simples. Tonkin diz que buscas por “frete grátis” têm pico durante o período de ações de graças até o Cyber monday.

Use listas de retarget nos anúncios patrocinados

A visão de Tonkin é que é muito mais fácil pessoas que visitam seu site sem comprar nada voltarem pela segunda vez (e desta vez para efetivar a compra) que aqueles que ainda nunca visitaram comprarem alguma coisa.
É por isso que as listas de redirecionamento em anúncios de busca são uma boa aposta – permitindo que você segmente usuários e os oriente de forma mais objetiva e adequada.

Priorize o uso de extensões

“Ninguém lê anúncios, eles só leem o que lhes interessa”, explica Tonkin. “Extensões de anúncio são maneiras de gerar mais interessados naquilo que você tem a dizer.” Mas há muita confusão com Add extension. (veja gráfico).
As extensões dos anúncios ou “Ad extension” são permissões do Google para inserir textos adicionais além das palavras-padrão do anúncio pay-per-click do AdWords”. O conselho de Tonkin sobre este tema é começar com suas principais palavras-chave e se focar nos links de extensões, vendedor e comentários de revisão de extensões.

Use Adwords scripts

As pessoas pensam que scripts são assustadores e confusos, mas para Tonkin eles são o caminho para automatizar e identificar falhas humanas. “Scripts são suas asas. Eles economizam tempo, dinheiro e dead lines”, disse. Comece por onde você é menos eficiente e use recursos como Freeadwordsscripts.com.
Scripts podem verificar links quebrados, alertá-lo quando você está estourando seu orçamento e enviar atualizações sobre o desempenho do seu anúncio. Eles podem ajudar, por isso não deixe que eles intimidem você.
O tempo é curto até as férias e natal. Experimente essas táticas e confira se elas farão diferença nas suas vendas.
Artigo traduzido pela Redação E-Commerce Brasil com autorização do autor.

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>