• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

O perfil do novo consumidor online

21 de junho de 2013
Share Button
O perfil do novo consumidor online. Em 2012, o e-commerce brasileiro conquistou 10,3 milhões de novos consumidores, alcançando assim o número de 42,2 milhões de pessoas que fizeram ao menos uma compra no ambiente on-line, segundo dados da e-bit.
Para levantar um perfil desses novos consumidores, o Mundo do Marketing, revista eletrônica especializada em marketing, em parceria com a Consumoteca, empresa de pesquisa e inteligência de mercado, realizou a pesquisa “Novos E-consumidores”, em março deste ano. A categoria de entrada nas compras online apontada foi “eletroeletrônicos/informática”, com 47% dos primeiros pedidos, seguida por eletrodomésticos com 42%, roupas/acessórios/calçados com 20%, e livros/revistas com 19%. O que motivou o brasileiro a realizar a compra virtual foi o preço, em 37% das respostas.
Leia também:

Os números do mercado de E-commerce


Ao serem perguntados sobre os motivos pelos quais hesitavam em comprar pela internet, 28% dos pesquisados disseram que tinham medo do produto não chegar, porém a preocupação cedeu espaço para a confiança, como revelou a amostragem no período da pesquisa. Outros 23% alegaram sentir insegurança em relação a roubo dos dados pessoais e, de cartão de crédito, mas agora já se sentem mais seguros. O estoque exclusivo nas lojas virtuais também apareceu como uma das razões, com 10%. Já a falta de tempo de ir à loja física também foi indicada com 7%, enquanto 1% indicou que o ato de ir até a loja física era um passeio.
Já no quesito “pontos que te surpreenderam positivamente”, o preço mais uma vez lidera na experiência positiva de compra pela internet com 54%, seguido por frete grátis com 43%. O fato de o produto chegar em perfeito estado e a entrega rápida responde por 37% e 35%, respectivamente, dos pesquisados. 57% dos compradores consideraram satisfatória a primeira compra e 35% ficaram muito satisfeitos. Aqueles que não gostaram da primeira experiência somaram apenas 6%. Além disso, 97% disseram que voltarão a comprar on-line.

Outros destaques

A pesquisa ainda revelou outros pontos importantes da experiência do novo e-consumidor: O cartão de crédito foi a principal forma de pagamento para 61%; As principais portas de entrada para que encontrassem suas lojas virtuais foram Busca no Google (26%) e e-mail marketing (23%). As grandes lojas são preferidas por 74% dos entrevistados.

Classe B prevalece

A amostra do perfil dos entrevistados apontou que a Classe B, com 62%, é onde está a maioria dos novos e-consumidores, seguidos das Classes C/D com 27% e Classe A com 12%. Em localização o Sudeste lidera com 58%, seguido pelo Nordeste, 20%, e, o Sul, 10%.
Na divisão de gênero, há empate entre masculino e feminino. A faixa etária, predominante é de pessoas com 40 a 49 anos, seguidas pelas de 50 a 58 anos, com 28%. As pessoas com idade entre 20 a 29 anos e 35 a 39 anos estão empatados com 17%. 

Você também vai gostar

Consumidores do mercado B2B compram mais online Um estudo feito pela Forrester Research nos Estados Unidos mostra um resultado que confirma que no mercado B2B está ocorrendo o mesmo comportamento do...
Como preparar sua loja virtual para vender nos maiores Marketpla... Muito se fala sobre o modelo de Marketplace, o qual grandes sites varejistas vem adotando. Se você possui e-commerce, é bem provável que você verá com...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “O perfil do novo consumidor online”

  • Avatar

    Estamos em 2013 e é impressionante como os “titãs” do comercio eletrônico brasileiro não se mobilizaram com melhorias definitivas na questão logística e de segurança pela web.
    Ano pós ano as hesitações são as mesmas.
    Muitos empreendedores menores estão obtendo êxito nestes e outros quesitos não por aderirem a nichos específicos, justamente por fazerem o dever de casa e proporcionarem um serviço completo de qualidade.
    Do que adianta um backoffice lindo sem as interfaces trabalharem de modo sinérgico?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>