• Avatar
  • por Paulo Koja
  • Publicitário pela Universidade Metodista de São Paulo e com pós-graduação em andamento na área de Comunicação Digital pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Atua como Consultor da Accenture em gestão de lojas virtuais, planejamento de campanhas de comunicação e promoção, otimizações e análise de desempenho do site.

5 passos para tirar sua empresa do papel

8 de janeiro de 2013
Share Button

passos para tirar empresa do papelPassos para tirar sua empresa do papel. Quem nunca teve uma ideia inovadora e sonhou em ganhar dinheiro com ela, mas nunca colocou o projeto em prática? O pior de tudo e ver depois outras pessoas tendo sucesso com ideias muito parecidas. Separamos 5 dicas, retiradas do site do UOL Economia, que podem te ajudar a tirar a empresa do papel.

Perfil Empreendedor
O sucesso de uma empresa está relacionada com o comprometimento do empreendedor, se existe despreocupação ou falta de foco por exemplo, a chance de um negócio ir por água abaixo é alta. Criatividade, faro para negócios e disposição para enfrentar os altos e baixos podem fazer a diferença para transformar uma ideia em um negócio de sucesso. Saiba mais sobre o assunto e acompanhe mais notícias sobre empreendedorismo no portal Empreendedor.com.br.
Pesquisa
Faça uma análise de mercado: estude quem é o seu cliente e como ele gosta de comprar, quem são seus concorrentes, como está o mercado no qual quer investir, onde abrirá sua empresa e quem serão seus fornecedores. Estes dados serão o eixo central do seu plano de negócios, que vai direcioná-lo e orientá-lo nas estratégias de abertura da empresa.
Planejamento
Com as informações coletadas e o plano de negócios estruturado, é o momento de identificar a viabilidade econômica e comercial do projeto. Pesquise orçamentos e planeje custos e investimentos que serão necessários. O planejamento proporcionará uma visão clara e ampla da proposta, facilitando a percepção das oportunidades e ameaças e das fraquezas e forças do seu negócio. Se o plano de negócios for baseado em uma loja virtual, outras questões devem ser levadas em conta, como experiência do usuário e ranking em sites de busca: aprenda mais sobre isso no curso Planejamento Digital.
Ponto comercial
Antes de alugar ou comprar um imóvel para o negócio, consulte a prefeitura de sua cidade sobre a Lei de Zoneamento Urbano para saber se a atividade que deseja exercer é permita na região onde pretende abrir a empresa. Se o negócio se tratar de um e-commerce, cadastre o domínio do site em Registro.br e procure a plataforma ideal para hospedar a sua loja virtual.
Formalização
Vencidas as etapas anteriores, o empreendedor deve solicitar seu CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), que lhe dará acesso a linhas de crédito especiais, credibilidade entre outros benefícios. Por último, veja as dicas jurídicas para abrir um negócio.

Você também vai gostar

7 pecados que você deve evitar na página de produtos do seu e-co... Conheça os pecados mais comuns que a sua loja virtual pode estar fazendo para as vendas desandarem. Ao abrir uma loja virtual,  um empreendedor espera...
Dia do Consumidor movimenta o E-commerce no Brasil com 35% de pe... Com mais de 650 lojas participantes, setor superou em 61% um dia normal e as categorias mais vendidas foram Perfumaria, Eletrodomésticos e Celulares O...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>