• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

Sitemaps: o que é e por que tê-lo na loja virtual?

10 de fevereiro de 2015
Share Button

Quem começa a estudar técnicas de SEO, fatalmente vai se deparar com o tal do Sitemap. Trata-se de um arquivo geralmente em formato XML (padrão de linguagem que tem objetivo de fazer varias linguagens de programação “se entenderem”),  cujo objetivo é fornecer informações importantes aos Portais de Busca.
Falando de forma bem simplificada este arquivo é um “mapa de URLs” que facilita a vida destes portais e portanto pode lhe render um maior número de páginas da sua loja virtual indexadas (cadastradas) em Portais de Busca  como o Google.
O lojista deve então se informar com a empresa (ou profissional) que desenvolveu a sua plataforma de e-commerce como gerar este arquivo e deixá-lo acessível aos buscadores.
Algumas plataformas geram o sitemap automaticamente, e outras, principalmente as de código aberto (como Magento, Prestashop, etc.), necessitam que o arquivo seja gerado utilizando-se de ferramentas gratuitas, como o Xenu  (para lojas mais simples) ou plug-ins especializados.
Estes arquivos devem ser enviados aos buscadores. No Google, por exemplo, isto é feito utilizando a ferramenta Webmaster Tool que, assim como o Google Analytics, é gratuita.
O próprio Google fornece informações de como criar e enviar um arquivo de sitemap.
Lembrando que os sitemaps são de grande importância para novas lojas, pois elas têm poucos links que apontem algo essencial a ser detectado pelos crawlers, que são sistemas (também chamados de “robozinhos”), utilizados pelos portais de busca para navegar e indexar (cadastrar) páginas em seus bancos de dados.
É importante sempre ressaltar que aparecer bem nos portais de busca é um processo que exige paciência (pode demorar meses para dar resultados concretos), e depende de vários fatores, este aqui é apenas um deles, mas que não deve ser menosprezado na sua estratégia de SEO.

Você também vai gostar

9 motivos para a sua empresa usar o Google+ Criado em 2011, o Google+ (também chamado de Google Plus ou G+) ainda sofre uma certa resistência, apesar de já contar com mais de 500 milhões de usuá...
Boas razões para você combinar sua estratégia de SEO com Links p... Estratégia para ter a marca encontrada nas pesquisas deve variar conforme o estágio de desenvolvimento do produto ou serviço, combinar SEO com Links P...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>