• Avatar
  • por Felipe Rampinelli
  • Pós-graduado em Marketing na ESPM, atuo como gerente de marketing na empresa DDS, especializada tecnologias para o relacionamento entre empresas e clientes. Sou grande fã de marketing de conteúdo. Também tive passagem por diversos veículos do Grupo Bandeirantes de Comunicação na área de jornalismo.

Videochat no e-commerce: 5 vantagens para a experiência de compra e pós-venda

28 de agosto de 2017
Share Button

Sabemos que os consumidores estão cada vez mais exigentes, buscando soluções ágeis e personalizadas para resolver suas dúvidas e necessidades. Além dos melhores preços e produtos de qualidade, os clientes esperam também um atendimento impecável, tanto no pré quanto no pós-venda.
No momento que antecede a compra, o consumidor quer conhecer os produtos disponíveis, esclarecer suas dúvidas, comparar preços, enfim, tudo para ter certeza que está fazendo uma boa escolha. Depois que fecha o negócio, espera ser atendido rapidamente por pessoas capazes e atenciosas para resolver seus problemas.
Quando pensamos nos canais de comunicação que o mercado de e-commerce utiliza para atender essas necessidades, encontramos normalmente o uso do telefone, chat, e-mail e em alguns casos redes sociais. A experiência que estes canais proporcionam para as pessoas, entretanto, deixam bastante a desejar, especialmente quando comparado com o atendimento presencial do varejo tradicional.
É neste contexto que as ferramentas de videochat oferecem importantes atributos para um e-commerce como agilidade no contato, fortalecimento nas relações com o cliente, otimização dos canais de relacionamento, entre outros.
Para te ajudar a entender como o videochat pode melhorar a experiência de compra no seu e-commerce, reunimos em um único artigo seus principais benefícios. Confira:

Experiência semelhante ao atendimento presencial

Em uma interação presencial entre vendedor e cliente, é possível captar gestos e expressões capazes de fazer a diferença na conversão de uma venda.
O videochat oferece a um e-commerce a possibilidade de um contato cara a cara com os consumidores. Essa proximidade, ainda que virtual, cria uma experiência mais personalizada e confiável para o cliente.
Ainda que dados apontem o crescimento constante das vendas online, muitos consumidores ainda não entraram no mundo de compras pela internet. E a ausência de um atendimento mais personalizado, por meio de conversa com um atendente ou vendedor está entre os principais pontos que levam a essa resistência.
Além de funcionar como uma ótima ferramenta para o consultor de vendas, o videochat também é um ótimo formato para prestação de suporte totalmente personalizado e em tempo real.

Maior confiabilidade

Ter uma boa reputação é uma característica muito importante para qualquer empresa e isso se intensifica quando falamos de um e-commerce.
Para lojas de pequeno e médio porte, ainda menos conhecidas no mercado, transmitir confiança aos clientes é um grande desafio. Nestes casos, o videochat pode funcionar como um grande aliado.
Quando o consumidor consegue ver o vendedor que está lhe atendendo, assim como o escritório da empresa e os produtos ofertados, ele sente mais confiança para realizar a compra. Além de impactar nas vendas, ter um consultor ao vivo conversando e esclarecendo dúvidas pode fortalecer a sua imagem no mercado.

Aumento no número de conversões

Oferecer um atendimento personalizado com respostas instantâneas cria uma vivência muito similar às experiências presenciais. Isso reduz a hipótese dos consumidores ficarem em dúvida e pesquisarem na concorrência.
Com o uso do videochat no e-commerce, o vendedor pode interagir em tempo real com o cliente, navegando pela loja virtual junto com ele ou até mostrando o catálogo de produtos e serviços de sua marca. Os atendentes podem inclusive mostrar as opções de cores e tamanhos de cada item.
Ter uma ferramenta que coloca a empresa diretamente em contato com o público ajuda a reduzir os índices de abandono de carrinho, um dos maiores problemas do e-commerce, e traz aumentos significativos no número de conversões.

Conheça o seu cliente

Saber quem é o seu cliente é uma importante ferramenta para as empresas. E com o crescimento no número de marcas e empreendedores investindo no comércio eletrônico, é fundamental encontrar fórmulas para conhecer quem são seus consumidores.
Por isso, o atendimento por meio do videochat também se torna uma ferramenta auxiliar aos departamentos de marketing. Com a possibilidade de entender quem é e como o seu cliente se comporta, as empresas podem traçar perfis mais detalhados de seus consumidores e incrementar suas ações de marketing de relacionamento.

Ser referência no mercado

Por ser uma ferramenta nova no mercado, o seu uso ainda não é muito comum. Além disso, esse é um recurso que despertará a curiosidade e interesse de muitos clientes. Sua marca será vista como pioneira, ou seja, uma referência no mercado, o que gera uma grande repercussão, especialmente em tempos de intenso uso de redes sociais.
A competitividade do varejo pede que as empresas estejam sempre em busca de inovação, soluções customizadas e mais segurança. Por se tratar de uma novidade no mercado nacional, investir em tecnologia de videochat no e-commerce é uma forma para o lojista sair na frente da concorrência.
Em um mercado cada dia mais competitivo, saem na frente as empresas que acompanham as transformações da sociedade e monitoram de perto o comportamento do consumidor.
Texto publicado anteriormente no Blog da DDS.

Você também vai gostar

Procon-SP disponibiliza nova versão do Guia do Comércio Eletrôni... O Procon-SP faz um alerta aos consumidores sobre a importância de saber o que fazer quando comprar online. No sentido de orientá-los sobre como compra...
Como proteger uma marca? Por Mauricio de Souza Tavares. Quando uma empresa inicia suas atividades, normalmente cria uma marca para identificá-la ou para identificar o seu prod...
Lições que o e-commerce brasileiro aprendeu com os Estados Unido... Em 2015 o e-commerce brasileiro registrou R$ 41,3 bilhões de faturamento, ultrapassando a marca de 100 milhões de pedidos realizados, o que representa...
Como organizar uma loja virtual? Como organizar uma loja virtual? Quem tem uma loja virtual – ou está se preparando para ingressar nesse novo negócio – sabe que não basta criar um bom...
As melhores áreas para empreender no e-commerce Roupas masculinas aparecem como melhor área no comércio eletrônico para os próximos cinco anos nos Estados Unidos. Mas e no Brasil, quais seriam as me...
5 erros que as empresas cometem com o marketing de relacionament... Dentre todos os fatores considerados para o crescimento de uma empresa na internet, o relacionamento com o cliente é um dos mais semelhantes ao que de...
Especialistas em Comércio Eletrônico debatem desafios do segment... Barreiras Logísticas no E-commerce: O E-commerce cresce, a Logística continua a mesma. Estas foram as questões debatidas esta semana no Seminário prom...
O perfil do internauta que compra na Black Friday? Mais uma Black Friday se aproxima. Neste ano, a data que é considerada o segundo Natal para muitos lojistas pois movimenta a economia e estimula o con...
Governo argentino tenta reduzir compras pela Internet. O governo da Argentina anunciou na terça, 21/1, novas medidas de restrições às compras pela Internet. Em essência, os procedimentos se tornaram ainda ...
Amazon Brasil anuncia expansão para 12 categorias A Amazon Brasil anunciou nesta terça-feira (22/jan/2019) o que todos esperavam há algum tempo. Antes só livros, agora o e-commerce brasileiro de Jeff ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>