4 maneiras de aproveitar SEO de conversão para e-commerce

4 maneiras de aproveitar SEO de conversão para e-commerce

Se você dirige um site de e-commerce, técnicas de otimização de motores de busca (SEO) tradicionais poderão ajudá-lo a gerar números altos de tráfego, mas esse tráfego poderá não gerar necessariamente muita receita. A chave para melhorar o retorno é ter como alvo usuários que estejam procurando realizar uma compra, e SEO de conversão é o modo de fazer exatamente isso.

1- Identifique palavras-chave geradoras de receita

Identificar palavras-chave geradoras de receita é essencial para o sucesso ao longo prazo. Existem agora ferramentas incríveis para o rastreamento de tráfego. Existem ferramentas (como a HubSpot) que podem mostrar o ciclo de vida completo de seus clientes e, igualmente importante, os usuários que acessam o seu site, mas não se convertem em clientes.

Observe de perto esses relatórios e concentre-se nas palavras-chave que signifiquem usuários prontos para realizar uma compra. Em seguida, separe essas expressões em duas categorias: grande quantidade alta qualidade.

Expressões do tipo grande quantidade são as que trarão receita e tráfego ao gerar muito tráfego direcionado. Expressões do tipo alta qualidade, por outro lado, podem não trazer muito tráfego, mas são as expressões que atraem clientes para os produtos com as maiores margens.

Esses dois tipos de tráfego complementarão um ao outro e promoverão seu site nos resultados dos motores de busca, ajudando a construir a reputação de site de e-commerce consagrado por um longo período.

2- Aumente a qualidade dos visitantes

Fazer isso do modo correto reduzirá a taxa de abandono, aumentará o tempo que os visitantes passam em seu site e renderá mais conversões. Tráfego de qualidade simplesmente quer dizer que os usuários estão encontrando o seu site ou a sua página porque é exatamente o que estão buscando.

Por exemplo, um site que vende camisetas da seleção brasileira pode basicamente ignorar a expressão de busca “seleção brasileira”. Como o objetivo da loja é vender produtos, deve-se usar expressões como “camisetas da seleção brasileira” (Nike vence neste caso) ou “camisas de futebol brasileiro” porque as pessoas que usam essas expressões têm maior probabilidade de realizar uma compra do que usuários procurando expressões mais gerais.

Se você fizer isso corretamente, os usuários permanecerão na sua página por mais tempo porque ela corresponde aos interesses específicos deles. Taxas de abandono serão reduzidas e, à medida que os usuários permanecem em seu site por mais tempo, também clicarão em outras páginas do site.

3- Venda mais produtos por meio de busca orgânica

Você precisa monitorar constantemente o tráfego online para determinar quais os termos que retornam tráfego de alta qualidade. Comece escolhendo um par de termos muito específicos e, à medida que o site crescer em popularidade, expanda o alcance adicionando mais expressões-chave.

Se você tem produtos que não vendem bem, adicione novos produtos que atraiam visualizadores e posicione esses novos produtos em destaque na página inicial. Depois, comece a otimizar palavras-chave no motor de busca para esses produtos.

4- Venda mais produtos por meio de busca paga

Concentre os esforços pago nas palavras-chave de conversão de alta qualidade e elimine palavras-chave geradoras de alto tráfego/baixa conversão. Isso se resume a retorno sobre o investimento (ROI). Se você está pagando pela divulgação com expressões gerais que não trazem taxas altas de conversão, está essencialmente jogando dinheiro fora.

A publicidade de expressões de palavras-chave identificadas na primeira etapa será mais barata porque você terá um número total de cliques menor. Contudo, também será mais lucrativa porque você está atraindo visitantes prontos para comprar.

Essas tarefas podem exigir muito esforço no início, mas, depois de fazê-las corretamente, será muito mais fácil realizar a manutenção. Desde que você permaneça no topo das melhores expressões e palavras-chave direcionadas, o site começará a gerar receita a uma taxa incrível.

Texto publicado anteriormente no Blog da Hubspot Brasil.

NO COMMENTS

DEIXE UM COMENTÁRIO