Comércio eletrônico cresce no Dia das Mães, mas abaixo do esperado

Comércio eletrônico cresce no Dia das Mães, mas abaixo do esperado

by -

As vendas on-line atraíram a atenção dos consumidores no dia das mães. De acordo com a consultoria E-bit, entre os dias 26 de abril e 11 de maio, o e-commerce faturou R$ 1,055 bilhão, um crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Embora esse resultado seja positivo, está abaixo do crescimento previsto para o ano, de 25%. Os consumidores ficaram mais cautelosos em decorrência das incertezas na economia, como a inflação. Além disso, muitas lojas reduziram seus prazos de pagamento sem juros e outras diminuíram a oferta de frete grátis, o que também influenciou na decisão de compra” explica Pedro Guasti, diretor geral da E-bit.

No período, foram feitos 2,97 milhões de pedidos, com valor médio de R$ 355. A categoria “Moda e acessórios” foi a campeã de vendas, seguida por “Eletrodomésticos”, “Cosméticos e perfumaria”, “Telefonia/celulares” e “Informática”.

NO COMMENTS

DEIXE UM COMENTÁRIO