Meu sonho não tem fim

Meu sonho não tem fim

meu-sonho-nao-tem-fim

Atuando no e-commerce desde 1999 posso dizer que um dos maiores patrimônios que carrego é o de conhecer profissionais que fizeram história no segmento.

E foi em 2008 quando estava conversando com uma empresa que fabricava um eletrodoméstico que explodia de vender dentro e fora da web (aquele do simpático ex-campeão de boxe americano), que conheci um destes caras fora de série, Alex Melo.

“Um homem não morre quando deixa de existir e sim quando deixa de sonhar”

Na época ele representava esta marca e fazia com que ela escalasse suas vendas em portais corporativos usando o e-commerce. Mas apesar disso ser pioneiro no segmento de comércio eletrônico naquele tempo, não foi por esse motivo que aquele profissional dedicado e simpático me chamou atenção.

A Luminia, empresa que ele faz a gestão destinava (e ainda o faz), 50% do seu faturamento para a ONG idealizada por ele Meu sonho não tem fim. Você leu certo, 50%. Isto chama muita atenção, principalmente se pensarmos no nosso mundo capitalista, mas AINDA não é este fato que a faz tão especial.

O projeto da ONG é maravilhoso! Alex reuniu 24 grandes nomes da humanidade (como Martin Luther King, Chico Xavier, Ayrton Sena, Gandhi, entre vários outros) e extraiu os ensinamentos principais que eles deixaram. O objetivo é inspirar adultos e crianças serem mais otimistas, perseverantes e solidários por meio do legado destes Grandes Mestres. E assim ele o faz com palestras e livros que produz e divulga em seu site.

Tomando as devidas proporções, assim como divulgamos conhecimentos de experts que visam ajudar os Profissionais de E-commerce a prosperar ainda mais no segmento, a ONG Meu Sonho Não Tem Fim faz o mesmo distribuindo a sabedoria dos grandes mestres em busca de um mundo melhor.

Como ajudar?

Se você for como a maioria dos que conhecem a ONG e fica encantado, vai logo começar perguntar “Como eu ajudo?”. Bom, nem pense em dinheiro.

O Alex calmamente daria sua resposta padrão:

A ONG não precisa de dinheiro,
precisa de DIVULGAÇÃO.

Se for como eu, ainda vai insistir, argumentando “deixa eu pagar pelo menos por este livro o ‘Pequeninos Sonhadores!” (que você pode fazer o download gratuito da versão digital aqui, ou ali no outro link anterior). Aí você vai ouvir: “Agradeço. Mas não aceito dinheiro pois quero provar que qualquer um pode ter uma ONG sem precisar pedir dinheiro”.

Ok, Alex! A nossa parte estamos fazendo apoiando com muito orgulho em nosso Blog, uma ONG que admiramos e nos inspiramos para trabalhar com o mesmo amor que você a dedica.

Daniel Cardoso, Sócio/Diretor da Universidade Buscapé Company.