Tags Posts tagged with "cadastro de produtos"

cadastro de produtos

Eu acho bem legal a forma que o mundo acompanha as mudanças de algoritmo na engine de busca do Google. Me lembra a final do Super Bowl ou da novela das 9. Começa a pipocar pessoas falando sobre o assunto em blogs, posts em Facebook, podcastsvideocasts, na fila do pão e no meio da rua com cartazes anunciando o fim dos tempos.

Desde 2012 o Google roda de tempos em tempos um algoritmo conhecido como Panda Update, que tem a missão de varrer resultados de busca e melhorar ou remover a importância que o Google dá às páginas baseado na qualidade do conteúdo.

Logo, o Google começou a dar mais autoridade para sites com bom conteúdo e ao mesmo tempo mandar pro saco (baixando relevância ou banindo) sites com conteúdo ruim, o que deixou bastante gente chateada.

hit-by-panda1

Por mais cruel que pareça, o motivo para isso é bem justo: o Google quer dar a você – e às pessoas que visitam seu site/e-commerce – o melhor conteúdo possível.

Como criar o melhor conteúdo possível

Há vários fatores usados para remover a relevância de alguém, mas o pior de todos para quem tem e-commerce são os conteúdos duplicados.

Entendendo melhor

Convenhamos, não seria nada legal você procurar por avaliações sobre aquela Smart TV LG 42″ que você quer dar para sua sogra e todos os resultados do Google, apesar de serem sites diferentes, trazerem o mesmo conteúdo copiado e colado.

“Mas eu não tenho intenção de copiar conteúdo de ninguém, vou criar meu próprio. Vou parar de ler este post.”

Calma lá!

Conteúdo duplicado não é uma prática exclusiva de malfeitores que têm preguiça de escrever seu próprio texto. Você pode ter conteúdo duplicado e nem sabe.

Vou explicar os tipos mais comuns e como resolvê-los.

Cadastro de produtos com variação

Se você tem produtos muito parecidos com uma mínima variação, é provável que a descrição deles sejam iguais.

Captura-de-Tela-2015-09-10-às-12.55.20

Na imagem acima eu mostro o mesmo exemplo que usei neste texto sobre cadastro de produtos.

Preste atenção como se tratam do mesmo produto, com as mesmas características e qualidades, com uma única variação: o peso (poderia ser o sabor também).

A descrição, tabela nutricional, modo de preparo, recomendações de uso, tudo é igual!

Conteúdo Duplicado DETECTED.

Para resolver isso só recadastrando o produto em forma de grade – ou Produto Configurável, ou qualquer outro nome que sua plataforma dê a esse tipo de cadastro. Olha como foi feito em outra loja.

Captura-de-Tela-2015-09-10-às-13.07.53

Múltiplos domínios

Logo quando abrimos a Bleez compramos vários domínios para garantir que o cliente nos encontre independente do domínio que talvez – por motivos ocultos – ele possa imaginar e digitar no navegador sem ir ao Google.

Por causa disso bleez.com.br e agenciableez.com.br existem.

O vacilo que não cometemos (ufa), mas muita gente comete, é de deixar todos os domínios “navegáveis” quando o correto seria escolher um domínio para ser o principal e mandar os demais redirecionarem para ele. No nosso caso agenciableez.com.br redireciona para bleez.com.br.

Um detalhe técnico importante: o redirecionamento deve ser do tipo 301.

www e sem www

Um dos casos mais comuns. Ele é bem parecido com o problema anterior, basicamente teriamos bleez.com.br e www.bleez.com.br. Se ambos forem “navegáveis” teremos os mesmos problemas já discutidos.

Redirecionamento 301 neles!

URL’s diferentes apontando para o mesmo produto

Isso acontece quando temos várias URL’s que apontam para o mesmo produto, por exemplo:

http://adegafree.com/vinho-carmin-de-peumo-carmenere-2009-750ml.html

http://adegafree.com/vinhos/vinho-carmin-de-peumo-carmenere-2009-750ml.html

Aqui no blog tem um post falando sobre URL’s amigáveis e a tags canonical, que é a solução para esse problema.

Por mais fácil que seja de resolver, você precisará contar com o suporte da sua plataforma.

Resultados de busca

Os resultados da busca interna da sua loja (que podem ser indexados) também são considerados como conteúdo duplicado, pois eles estão trazendo os mesmos textos com poucas variações dependendo do filtro utilizado.

Também é comum nas pesquisas que não retornam nada aparecer um texto padrão informando que não houve nenhum resultado. Se várias pessoas começarem a criar links para uma busca no seu site, que um dia trouxe resultados e hoje não traz mais, você terá mais um monte de conteúdo duplicado.

Para não ter problemas, você deve adicionar a tag noindex nas páginas de resultados. Assim o Google pode até ler a página, mas não indexará e nem irá usá-la como fator de relevância.

Meta tags

Captura-de-Tela-2015-09-14-às-13.52.40

Os Rich Snippets são os textos que aparecem nos resultados do Google. Eles são lidos pelo buscador através de duas meta tags chamadas title e description.

Pode ocorrer momentos que essas tags informam ao Google as mesmas informações, por exemplo em uma categoria onde há paginação. Se no title e na description não houver a informação de qual página o usuário está, as meta tags serão exatamente iguais nas páginas 1, 2, 3, etc. O mesmo vale para as ordenações (por preço, por ordem alfabética, por relevância, etc).

Isso é duplamente ruim, pois além de ser considerado conteúdo duplicado as páginas competem entre si pela atenção do Google.

Conclusão

Talvez eu esteja falando grego para você, mas eu tenho certeza que seu desenvolvedor vai entender o que deve ser feito. Dê importância a esses pontos e não se esqueça da fúria do Panda.

panda

Publiquei este texto anteriormente no Blog da Bleez.

Mais sobre conteúdo duplicado:

3 Mitos sobre Conteúdo Duplicado