Tags Posts tagged with "canvas"

canvas

Design Thinking Canvas é uma metodologia de design que faz uso de elementos de games desenvolvida pelo Professor Doutor André Neves, da UFPE, que visa auxiliar o time de design no desenvolvimento e execução de seus projetos.

Essa metodologia vem sendo desenvolvida e aprimorada ao longo dos últimos 10 anos por André no laboratório de pesquisas em jogos digitais [GDRlab] do Departamento de Design da Universidade Federal de Pernambuco.

O que é Canvas?

Um Canvas funciona como um painel construído por diversos blocos de informação que juntos formam um mapa descritivo de um modelo de negócios de uma empresa ou de um produto. O Canvas foi desenvolvido por Alex Osterwalder, e você pode se aprofundar lendo o livro Business Model Generation.

Veja também: Infográfico – Todas as etapas para projetar um site.

Como funciona o Design Thinking Canvas?

Através de uma adaptação do modelo de Osterwalder, que é específico para modelos de negócios de uma empresa, Neves desenvolveu uma abordagem voltada para a concepção de produtos ou serviços utilizando como alicerce os processos de design.

Como você pode ver na imagem a seguir, o painel contém mais blocos do que o Canvas original e todos esses blocos foram adaptados para funcionar como uma metodologia de design. A grande diferença entre ele e os outros modelos é que o Design Thinking Canvas faz uso de cartas para registro e memória de todas as atividades fundamentais do processo de design.

Painel Design Thinking Canvas
Painel Design Thinking Canvas – Clique para ver a imagem em tamanho maior.

Design Thinking Canvas

O processo de Design

No Design Thinking Canvas o processo de design se desdobra em quatro grandes blocos de ações que permeiam todo o ciclo de vida do projeto: observação, concepção, configuração e publicação.

Design Thinking Canvas

Essas etapas se relacionam umas com as outras em diversas partes do desenvolvimento do Canvas, e para entender melhor sobre cada uma delas você pode baixar o PDF sobre Design Thinking Canvas aqui.

Também recomendo que siga a página do projeto e, se possuir um iPad, que baixe o aplicativo desenvolvido especificamente para o modelo.

Espero que essa dica o ajude no desenvolvimento dos seus próximos projetos. E se você já conhecia a ferramenta, conte-nos como ela vem ajudando você.

Até a próxima.

Publicação original do Chocoladesign.com

Plano de Negócios. Um novo negócio sempre começa a partir de um sonho.  Sonho de reinventar uma indústria, de lançar um novo produto ou serviço para atender necessidades de pessoas, de alcançar independência financeira, de ter reconhecimento, de deixar uma marca para a eternidade etc.

O Plano de Negócios nada mais é do que um road map para ajudar a traduzir este sonho para o concreto, para o mundo real com suas infinitas variáveis que irão desafiar a viabilidade do empreendimento. Empreendedores, por definição otimistas, estão suscetíveis a ignorar a complexidade da realidade. Um plano de negócio nada mais é do que uma modelagem de diversos fatores que irão afetá-lo, para o bem ou para o mal.

Ele não elimina as incertezas, mas é uma ferramenta que ajuda a mitigá-las ao incentivar a pesquisa e a análise segmentada dos fatores que irão interferir na gestação e crescimento do novo ser jurídico, e como estes se correlacionam entre si.

Começar um projeto é fácil, mas sem um planejamento cuidadoso é como iniciar uma viagem para um destino incerto sem um guia – tudo pode acontecer. Na realidade, sabemos que é muito provável que mudanças aconteçam, sejam de maior ou menor porte, mas quanto mais organizados formos na preparação do percurso, mais prontos estaremos para reagir aos imprevistos e seguirmos por atalhos.

Cultura de Planejamento

A tentação de deixar o plano de negócio de lado tende a ser grande por consumir muito tempo (dificuldade amenizada pelo Canvas – ou Business Model Generation). Como também porque nós, brasileiros, não estamos acostumados a planejar. Por conta do clima, não vivenciamos as estações tão claramente bem como nunca tivemos a preocupação de pensar no futuro, como os habitantes de regiões frias que tinham que guardar comida para o inverno.

Escrever um plano de negócio também significa começar uma nova empresa do jeito certo. É importante criar logo de cara uma Cultura de Planejamento. Quando o plano de negócio se torna realidade, as atividades operacionais devem ser estudadas antes de serem executadas. Desta forma será possível controlar e corrigir seus resultados.

Temos o jeitinho impregnado na nossa cultura. Achamos que somos versáteis para lidar com os imprevistos que irão aparecer pela frente. Isto até é verdade e há algo de positivo, mas dado que não iremos perder esta ‘habilidade’, porque não fortalecer nossas chances com a disciplina de nos preparar adequadamente para o futuro? Me arrisco ao fazer analogia com futebol, mas não seria o Barcelona a mistura perfeita da técnica e arte sul-americana e a força e o padrão europeu?

Importante. Depois que você escreveu seu plano de negócio, procure mostrar para alguém que tenha a coragem e a liberdade de criticá-lo. Isto é válido mesmo para quem escreveu o plano com sócios. Não adianta se esforçar se o trabalho não for validado por mais pessoas pois podemos seguir enviesados mesmo adotando a receita correta.

_______________________________________________________________________________________

Por onde começar?

Curso Online Plano de Negócios e Business Model Generation para E-commerce
Curso Online Plano de Negócios e Business Model Generation para E-commerce

Mais um grande fruto da parceria entre a Universidade Buscapé Company e Impacta. Conheça o novo Curso Multimídia (textos, apresentações, podcasts e vídeos), Plano de Negócios e Business Model Generation para E-commerce. Muitas dicas essenciais e orientações para o empreendedor montar um Plano de Negócios ou um Business Model Generation atrativo e vendedor para um investidor.

Distribuído em 25 horas de conteúdo, contamos com participações de profissionais referência em seu campo de atuação no mercado. Romero Rodrigues vai contar, por exemplo como montou o Plano de Negócios do Buscapé. O curso conta ainda com Pedro Américo contando o case da Imigrantes Bebidas, Daniel Nepomuceno, explicando como funciona o modelo de franquias do MeuAmigoPet, Guga Stocco, Vice-Presidente de Desenvolvimento de Negócios do Buscapé Company, Fabrizio Bruzetti ensinando como analisar o mercado, Marcelo Negrini, Zappos e muito mais! Assista o trailer:

Para mais informações, acesse: Curso Online Plano de Negócios e Business Model Generation para E-commerce