Tags Posts tagged with "multiscreen"

multiscreen

E-commerce Multi-telas: Hoje os consumidores online usam uma grande variedade de dispositivos – Smartphones, tablets, computadores pessoais e até televisores – tanto para encontrar como comprar produtos. Em resposta, as empresas que atuam com Comércio Eletrônico precisam se adaptar à este Comportamento com Multi-telas (Multiscreen). Tanto para efetivar suas vendas como para fornecer uma agradável experiência de contato com sua marca.

Uma pesquisa do Google de agosto de 2012 descobriu que 67% dos compradores online dos Estados Unidos podem começar a procurar um produto ou informação em um dispositivo e continuar o processo de compra em outro.

E-commerce Multi-telas: Prós e Contras - Google identificou que muitos clientes usam mais de um dispositivo durante o processo de fazer uma compra.
Google identificou que muitos clientes usam mais de um dispositivo durante o processo para fazer uma compra.

Existem inúmeros cenários onde realizar compras utilizando diferentes dispositivos faz todo sentido:

Imagine alguém andando de trem em um trajeto à noite e procurando um presente de aniversário para um filho ou filha em um iPhone. Ele espera até o final da noite para concluir a compra de um desktop. Ou se você só estava assistindo o último episódio da temporada de sua série favorita, quando um comercial ou até mesmo um personagem da história inspira você a procurar aquilo que você viu na série e ficou fascinado? Você pode encontrar no seu tablet durante um intervalo comercial, mas finalizar a compra no dia seguinte em um desktop no escritório.

E-commerce Multi-telas: Prós e Contras - Os clientes podem usar mais de um dispositivo ao longo do tempo para comprar um único item, como mostrado neste gráfico a partir do estudo do Google.
Os clientes podem usar mais de um dispositivo ao longo do tempo para comprar um único item, como mostrado neste gráfico a partir do estudo do Google.

Com tantas possibilidades – “telas” – para a compra, os varejistas online devem considerar uma estratégia de “Marketing Multiscreen” e usabilidade. Abaixo, algumas dicas de aplicação do Marketing Multi-telas para suas vendas online.

Ofereça um acesso Mobile funcional ou um Aplicativo de Televisão

“Smartphones são a espinha dorsal de nossas interações diárias com mídia”, o Google informou em seu estudo, The New World Multiscreen (PDF) . “Eles têm o maior número de interações com o usuário por dia e servem como ponto de partida mais comum para atividades em várias telas.”

Mobile – ou até mesmo a televisão – aplicativos informativos e úteis para dar aos clientes uma razão de familiarizar-se com o seu negócio e um canal para encontrar seus produtos. Concentre-se em um aplicativo para realmente agregar valor.

Tenha um site Responsivo

Um ponto sensível é aquele que organiza o conteúdo da página de modo que possa ser lido facilmente, visto, e utilizado independentemente do tamanho da tela ou do tipo de dispositivo. Ele se concentra em dar aos compradores o mesmo conteúdo útil, se eles visitam uma loja online a partir de um tablet ou uma televisão.

Em maio, a agência digital Responsive Presence,  relatou que 61% das pessoas que visitaram um site que não era responsivo passou a visitar outro, um competidor. Isto implica que não ter um site ágil, que é otimizado para tudo, desde um smartphone a uma televisão pode significar que você está perdendo vendas.

Leia também: O que é Responsive Design?

Otimize imagens e conteúdo para melhorar o desempenho

Além de um design responsivo, um bom site otimizado para multi-telas deve servir-se imagens do tamanho certo, mídia e conteúdo para garantir tempos de carregamento rápido.

Cerca de 15% dos usuários de web móvel vai abandonar um site se não estiver totalmente carregado em 5 segundos, de acordo com KISSmetrics. Que varejista gostaria de 1 em cada 6 clientes em potenciais abandonando seu site por ser muito lento?

Use tecnologia complementar

Uma boa estratégia de E-commerce Multi-telas é tirar proveito da tecnologia complementar. Por exemplo, a Responsive Presence informou também que o usuário típico lê ou responde a uma mensagem de e-mail em cerca de 90 minutos, mas responde a uma mensagem de texto em cerca de 90 segundos .

Esta estatística indica que as mensagens de texto são, talvez, mais provavelmente para chamar a atenção de um cliente. Como tal, os varejistas online pode querer começar a coletar números de celulares juntamente com os endereços de e-mail para ambas as comunicações transacionais – como confirmação do pedido ou avisos de embarque.

Para outras tecnologias complementares, considere ferramentas de mapeamento que primeiro identificam a localização de um usuário. Ou então, criar aplicativos para consoles de videogames, se é aí que suas perspectivas estão.

E-commerce Multi-telas: Prós e Contras

Ofereça um conteúdo relevante e agradável

“Se você está se perguntando como fazer seus produtos online parecerem mais atrativos, você está fazendo a pergunta errada”, diz o especialista em marketing Jay Baer em seu livro recém-lançado, Youtility. “Você não está competindo por atenção apenas contra outros produtos similares. Você está competindo contra amigos de seus clientes e familiares, vídeos virais e filhotes de cachorro bonitos. Para ganhar a atenção nos dias de hoje você deve fazer uma pergunta diferente: Como podemos ajudar?

A partir de descrições de produtos e imagens para postagens no blog, todo o seu conteúdo do site deve ser destinado a ajudar os seus clientes.

Não oculte conteúdo

Cuidado para não trocar conteúdo relevante por velocidade ou facilidade. Os clientes que visitam seu site a partir de um computador desktop e depois de um tablet ou smartphone espera encontrar o mesmo conteúdo. Eles ficará satisfeito se o seu site foi optimizado para “tocar e passar”. Mas se você tem escondido o conteúdo, em um esforço para “mobilizá-lo”, você estará em apuros.

Imagine que o cliente que vê um post no blog do site do varejista sobre como lançar uma vara de pesca com mosca. O post inclui uma animação útil demonstrativa de como posicionar seu pulso, segurar a vara, ou similar. O comprador entusiasmado, sai posteriormente dizendo a um amigo sobre o vídeo, quando eles estiverem almoçando e tenta abrir o blog em um smartphone. Infelizmente, a versão móvel não inclui a animação, decepcionante.

Não use um domínio móvel

Google recomenda que você não use domínios separados para as várias versões do seu site. Se fizer, pode ter um efeito negativo sobre o motor de busca para o rankeamento de sua loja, e, talvez mais importante ainda, sobre sua marca.

Vários domínios também podem causar confusão para os compradores. O que aconteceria se os pins de um comprador de smartphones com a imagem de um produto locado no seu site móvel no Pinterest ou posts sobre um produto no Facebook? Amigos e familiares podem tentar seguir o Pinterest ou Facebook pelo link, e serem direcionados para o site móvel a partir de um monitor de computador de 21 polegadas.

Leia também: Mais publicações de Mobile no Profissional de E-commerce.

Não Use Pop-ups

Apesar de pop-up comprovadamente funcionar bem para Newsletter ou ações semelhantes, elas podem se tornar um pesadelo para usuários de TV móvel. Como regra geral de uma estratégia multi-tela, não use pop-ups. Se não tiver opção, use um design responsivo que converte o pop-up em banner ou similar em dispositivos como smartphones, tablets e televisores.

Não ofereça vídeos não reproduzíveis

Os vídeos são uma excelente maneira de comunicar o valor de um produto ou prestar um visitante do site com informação útil. Mas, quando o vídeo não funciona em um dispositivo móvel só irá frustrar seus clientes potenciais.

E-commerce Multi-telas: Prós e Contras -The New World Multiscreen (PDF)
The New World Multiscreen. Clique na imagem acima e confira a pesquisa realizada pelo Google completa.
Publicação Traduzida. Confira a original no Practical Ecommerce.

Video-On-Demand no E-commerce. O segmento de televisão no Brasil está passando por um processo de restruturação bastante interessante, seguimos as tendências mundiais. No sentido de melhorar a experiência do telespectador (advento do conteúdo em alta-definição) e adaptar o conteúdo para atender o dia-a-dia dinâmico (solução em Multiscreen) através de TV, PC, TV Conectada, Tablet ou Smartphone.

O Brasil atingiu 25,8 milhões de conexões de Banda Larga em 2012, um crescimento de 18,6% em relação a 2011 sendo a previsão para 2017 superar 42,6 milhões de conexões, somando ao aumento na oferta de aparelhos conectados (consoles de video game, Apple TV, Tablets e outros) proporciona crescente expansão as soluções de transmissão de video sobre IP, tais como: Net Flix, SundayTV e outras.

O comportamento da TV está convergindo para o ambiente e ferramentas já conhecidas no e-commerce, como por exemplo:

◘ Compra de conteúdo sob demanda;
◘ Análise em tempo real da audiência existente sobre um determinado conteúdo;
◘ Propaganda direcionada por nicho de público selecionado, elevando o retorno sobre o investimento (ROI) em publicidade;
◘ Indicação à amigos de conteúdo interessante, através de Redes Sociais de qualquer aparelho (TV, PC, TV Conectada, Tablet ou Smartphone);
◘ Compra Interativa de produtos utilizados por personagens do filme, jogo de futebol, novelas, etc.

Assista abaixo um belíssimo exemplo de uma solução Multiscreen.

O assunto é bem vasto e interessante. Pensando nisso a Universidade Buscapé Company vai proporcionar um Curso online ao vivo gratuito de uma hora com o especialista Ronaldo Dias. O Curso acontece nesta quarta-feira, dia 5 de junho de 2013 às 15 horas. A participação é gratuita, porém as vagas são limitadas. Inscreva-se!

——————————————————————————————————————————————————–

Ronaldo Dias - Entenda o Video-On-Demand no E-commerceRonaldo Dias é formado pela FEI em Engenharia Elétrica com Ênfase em Telecomunicações, pós-graduado pela GV no CEAG com ênfase em Marketing e Finanças. Experiência de 10 anos no setor de Media & Entretenimento com atuação nas empresas NET, Harmonic, Telsinc.

Curso Grátis Online Ao Vivo: Entenda o Video-On-Demand no E-commerce

Curso Grátis Online Ao Vivo: Entenda o Video-On-Demand no E-commerceProfessor: Ronaldo Dias
Descrição: Na Era do Consumidor Multicanal o e-commerce também deve ser pensado para o video-on-demand! Entenda melhor esta variável do mercado.
Conteúdo do curso:

◘ Conceito de Multiplataforma – Entenda o vídeo sobre Multiplataformas, termos mais usados, objetivos e possibilidades.
 Tendência: E-commerce sobre Plataformas de Vídeo – Pirâmide invertida desde o OTT (Over-the-top) até o T-Commerce.
◘ Mercado Endereçável: Global vs Nacional – Total endereçável ao segmento de Multiplataformas no Brasil e no Mundo.
◘ O novo Comportamento do Consumidor Multicanal – Conceito de publicidade e conteúdo editorial: Linguagem de internet.
 Importância das Mídias Sociais no cenário Multiplataforma – O consumidor não necessita de um computador para recomendar um produto.
 O que é T-commerce – Compra de produtos através da Televisão.
◘ Publicidade Interativa – Cases no Brasil e no Mundo.