Tags Posts tagged with "network"

network

At√© 2050, a popula√ß√£o mundial urbana deve chegar a 70%, segundo proje√ß√Ķes da ONU. Atualmente, mais de 50% das pessoas j√° vivem nas cidades. Isso significar√° que o planejamento para a conex√£o dessas concentra√ß√Ķes urbanas ser√° ainda mais importante.

O investimento em internet das coisas (IoT, na sigla em ingl√™s) que tem a fun√ß√£o de conectar os itens utilizados no dia a dia √† rede mundial de computadores, como PCs, smartphones, tablets, smartTVs, rel√≥gios inteligentes, ser√° US$ 140 bilh√Ķes at√© 2019, sendo que em 2014 foi de US$ 50 bilh√Ķes. Em 2020, 6 bilh√Ķes de dispositivos de IoT ser√£o usados pelas pr√≥prias cidades.

Estimativas da Business Intelligence (BI) √© de que, ainda em 2020, existir√£o 34 bilh√Ķes de dispositivos em todo o mundo conectados √† internet. Ser√£o mais de quatro dispositivos para cada humano no planeta. A popula√ß√£o mundial √© de 7,426 bilh√Ķes de pessoas.

Para o vice-presidente de vendas para a Am√©rica Latina da Qualcomm, Marcos Lacerda, que participar√° do Global Mobile Internet Conference (GMIC ‚Äďhttp://saopaulo.thegmic.com/) ‚Äď um programa internacional de confer√™ncias que explora o impacto na sociedade causado pelas tecnologias mobile ‚Äď no dia 24 de agosto, no WTC Events Center em S√£o Paulo (SP), o Brasil n√£o vai ficar de fora de todo esse avan√ßo tecnol√≥gico.

‚ÄúA integra√ß√£o e a conectividade s√£o caminhos naturais no Brasil, ainda mais quando vemos que quase tudo t√™m sua vers√£o conectada, mas isso no Brasil ir√° ocorrer de forma gradual, mas exponencial, ou seja, o ritmo de integra√ß√£o ir√° acelerar mais do que o momento atual nos sugere‚ÄĚ, explica.

J√° o gerente s√™nior de produtos da divis√£o de dispositivos m√≥veis da Samsung Brasil que estar√° presente no GMIC S√£o Paulo, Renato Citrini, lembra que‚Äúisso √© apenas o come√ßo de tudo o que ainda est√° por vir. A conectividade e realidade virtual, por exemplo, proporcionam um novo modo para o consumidor jogar, experimentar, compartilhar e visitar qualquer lugar do mundo, ao acessar conte√ļdos como fotos e v√≠deos. Uma experi√™ncia totalmente imersiva em um ambiente simulado e conectado, com ou sem intera√ß√£o do usu√°rio‚ÄĚ.

O c√°lculo da BI ainda indica que a IoT tem o poder de revolucionar todas as coisas ‚Äď casas, neg√≥cios e cidades inteiras. Apenas a IoT deve demandar investimento no quinqu√™nio 2015/2020 de US$ 6 trilh√Ķes, ou 1,25% do PIB global no mesmo per√≠odo. Esses US$ 6 trilh√Ķes gerar√£o retorno (ROI) de US$ 12,6 trilh√Ķes na d√©cada compreendida entre 2015-2025.

‚ÄúPodemos esperar que a conectividade revolucione a ind√ļstria automobil√≠stica e a mobilidade como conhecemos, por exemplo. Afinal, ao ganharem conectividade de qualidade, as poss√≠veis aplica√ß√Ķes e usos em um autom√≥vel ser√£o imposs√≠veis de prever, e podem ser t√£o disruptivas quanto o Waze est√° sendo para o mundo dos dispositivos GPS‚ÄĚ, afirma Lacerda que, ainda, prev√™ ‚Äúdever√£o surgir uma infinidade de aplicativos e servi√ßos espec√≠ficos que ir√£o tornar a experi√™ncia do condutor e dos passageiros mais confort√°vel, segura e interativa. A grande maioria destas ofertas n√£o vir√£o diretamente das pr√≥prias montadoras ou empresas da ind√ļstria automotiva, mas sim de startups baseadas em modelos de neg√≥cio inovadores‚ÄĚ, finaliza.

Em curto prazo adicionar conectividade a autom√≥veis representar√° a continuidade da experi√™ncia que o consumidor j√° tem com o smartphone, com todas as facilidades e vantagens. Segundo a Nielsen, s√£o quase 80 milh√Ķes de pessoas com acesso √† internet pelo smartphone. √Ä longo prazo, empresas e neg√≥cios ir√£o desfrutar das vantagens, porque a conectividade afetar√° significativamente a forma como as pessoas se movem, principalmente em √°reas urbanas, gerando oportunidades de neg√≥cios.

De olho nas necessidades e oportunidades do mercado, s√£o 4179 startups cadastradas no pa√≠s, entre os principais mercados investidos, s√£o SaaS ‚Äď Software as Service; Educa√ß√£o e Internet, de acordo com a Associa√ß√£o Brasileira de Startups. Para Citrini, esse movimento das startups √© consequ√™ncia da compreens√£o de que¬†‚Äúo smartphone n√£o est√° restrito apenas √†s liga√ß√Ķes telef√īnicas ou demais fun√ß√Ķes b√°sicas, como ouvir m√ļsica ou responder mensagens de texto. O uso atualmente vai al√©m, com o consumidor reconhecendo um maior valor agregado na adi√ß√£o de produtos e servi√ßos para serem utilizados em conjunto de seus dispositivos, seja ele um rel√≥gio inteligente ou um dispositivo de realidade virtual. Para construir um ecossistema correto √© necess√°rio mais do que lan√ßar novos acess√≥rios, √© preciso conhecer e entender quais s√£o as demandas do consumidor para, a partir da√≠, oferecer benef√≠cios que gerem maior valor para eles‚ÄĚ, finaliza.

Para a Uni√£o Internacional das Telecomunica√ß√Ķes (ITU), em 2018, pelo menos metade do mundo estar√° conectado √† internet. Atualmente, o √≠ndice √© de 46,4%, segundo a Internet World Stats. Esses bilh√Ķes de dispositivos dever√£o ser usados, principalmente, por corpora√ß√Ķes e governos. As aplica√ß√Ķes, afirma o estudo, orientam-se para as mais diversas √°reas.

Por segmento, devem se beneficiar com esse avan√ßo da IoT, a ind√ļstria do petr√≥leo, as manufaturas, o setor financeiro, as operadoras de telefonia, as companhias de energia, o varejo, o segmento de viagens e transportes, a ind√ļstria da alta tecnologia, o ramo farmac√™utico, o automobil√≠stico e, por fim, a ind√ļstria de m√≠dia e entretenimento.

Neste cen√°rio, √© que ser√£o discutidos o futuro da ind√ļstria de tecnologia mobile pelo vice-presidente para a Am√©rica Latina do Twitter, Guilherme Ribenboim; o gerente s√™nior de produtos da divis√£o de dispositivos m√≥veis da Samsung Brasil, Renato Citrini; o CEO Movile, Fabricio Bloisi; o CEO P-Safe, Marco De Mello e o gerente geral da Baidu Brasil e Presidente ABO2O, Yan Di durante o Global Mobile Internet ¬†Conference (GMIC S√£o Paulo).

Agenda

Quando: 24 de agosto de 2016, das 08h às 20h
Local:¬†WTC Events Center em S√£o Paulo ‚Äď Av. das Na√ß√Ķes Unidas, 12551, Brooklin Novo, S√£o Paulo ‚Äď SP, CEP 04578-903
Como:¬†As inscri√ß√Ķes est√£o dispon√≠veis pelo site:¬†http://saopaulo.thegmic.com/

Competição entre startups

Pela primeira vez no Brasil, o evento sedia a competição entre startups, G-Startup Worldwide, organizado pelo gigante clube de negócios, GWC (http://en.gwc.net/), que premiará a ganhadora com 50 mil dólares. A vencedora brasileira terá vaga garantida na disputa entre as melhores globais para concorrer a 300 mil dólares no Vale do Silício.