• Cezar Augusto
  • por Cezar Augusto
  • Graduando de Ciências da Computação na UERJ, Cezar é Growth Hacker na Izzui e associado do fundo de investimento anjo VentureOne. Foi sócio em startups na área segurança da informação, importação, leilão de arte e reflorestamento.

Engajamento de conteúdo e sua importância na estratégia de Inbound Marketing

13 de novembro de 2015
Share Button

Se você atua em uma empresa que considera a Internet seu principal canal, provavelmente leu ou ouviu a respeito de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo. Ambas estratégias foram largamente adotadas pelas principais startups, e-commerces e clubes de assinatura do país e, de diferencial, tornaram-se padrão em boas práticas de marketing digital.
Nesse contexto, surgiu o conceito Engajamento de Conteúdo. Existem diversas definições, mas uma das mais difundidas é:

“ […] pessoas reais respondendo ao seu conteúdo de forma mensurável. ”
Neil Patel, investidor anjo e cofundador do KISSmetrics e Crazy Egg.

Basicamente, é o que você espera do conteúdo produzido pela sua marca, ou seja, que tenha engajamento suficiente para, por exemplo:

tempo-de-atencao• Nutrir leads e aumentar a conversão de clientes;
• Melhorar a retenção e o serviço prestado (KISSmetrics e Resultados Digitais são ótimos benchmarks nesse ponto);
• Aumentar o ticket médio do carrinho de compras (e-commerce) ou o consumo de vídeos ou textos (Sites, Blogs, Vlogs).

Porém, a disputa pelo engajamento aumentou e o tempo de atenção em uma tarefa, sem que a pessoa se distraia, diminuiu nos últimos 10 anos.
Para tornar o desafio ainda mais complicado, segundo pesquisa publicada pelo HubSpot:

• Em média, os visitantes lerão no máximo 28% das palavras durante uma visita.
• O tempo médio de visita dura menos que 1 minuto e frequentemente os usuários deixam a página em torno de 10 a 20 segundos.

tempo-medio-videoNo entanto, ainda há formas eficientes de prender a atenção de sua audiência e uma das principais estratégias é o uso de vídeo.

Segundo a pesquisa, o tempo de visualização média de um vídeo é de 2,7 minutos.

Com base nessas tendências, diversas ferramentas surgiram com intuito de aumentar o engajamento do conteúdo produzido por marcas, blogueiros, vloggers e e-commerces.

3 ferramentas interessantes para melhorar seu engajamento de conteúdo

1- Izzui

Permite importar seus vídeos do YouTube e transformá-los em “missões” para gerar engajamento maior que uma visualização ou like, além de capturar e converter leads. As missões podem ser embedadas em sites, e-commerces e blogs.

Uma missão é composta por: Vídeo, Interatividade e Recompensas. Você acompanha o resultado através de um analytics que permite identificar os conteúdos que mais engajam e convertem.

No Brasil, o Shoptime tem utilizado com bastante sucesso.

izzui

2- Qzzr

Permite criar quizzes virais e embedálos em seu site. Os quizzes são utilizados para gerar tráfego social, capturar e qualificar leads ou apresentar ofertas. A ferramenta também provê um analytics muito bem feito que conta com as principais métricas de engajamento.

A startup é oriunda dos Estados Unidos e um dos principais clientes é o Yahoo.

qzzr

3- Woobox

Se propõe a aumentar o engajamento de conteúdo através de promoções, cujo formato você pode escolher entre várias opções que a ferramenta oferece: apps, quizzes, competições de vídeos, abas customizadas para fan pages, etc.

Seu principal destaque é o “Gestor de Audiências”, uma funcionalidade que permite segmentar sua audiência do Facebook e então disparar as promoções, criadas nos formatos citados anteriormente.

audience-settings

Conclusão

Agora que você conhece o conceito de Engajamento de Conteúdo e entende que engajar ficou mais difícil e concorrido, considere o uso de ferramentas para ajudá-lo nesse desafio.
As diversas ferramentas de engajamento de conteúdo são importantes, pois além de permitir a reciclagem do seu conteúdo, apresentá-lo em formatos ainda mais engajantes, também oferecem analytics especializados em engajamento.

Você também vai gostar

Infográfico: Quem usa o Twitter no Brasil? Twitter no Brasil. O Twitter divulgou no fim da semana passada um infográfico com dados sobre os usuários brasileiros da rede de 140 caracteres. Entre...
Como usar as redes sociais para abordar clientes em potencial Como qualquer lojista sabe, uma das etapas do processo de vendas é a abordagem. É o momento em que você se conecta com o seu público pela primeira vez...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

2 comentários sobre “Engajamento de conteúdo e sua importância na estratégia de Inbound Marketing”

  • Avatar

    Bom artigo. Eu tenho uma pergunta. Eu já tenho uma base de clientes enorme. Eu tenho uma página no Facebook mais de 200.000 membros que estão mastigando o bocado para comprar produtos de mim. Eles foram me pedindo para configurar uma loja on-line por um longo tempo. Então, eu realmente quero começar bem à primeira. Bem, eu não vou estar vendendo muitos produtos num primeiro momento, vai ser basicamente 50 unidades a cada mês (edições limitadas) esse interesse venha a gerar e um desejo para os produtos, tornando-os limitados. Também eu sou novo para negócios e não quer morder de mais do que eu posso mastigar.
    http://www.translation.pk/portuguese-translation.html Serviços de Tradução Português.

  • Avatar

    Bom artigo. Eu tenho uma pergunta. Eu já tenho uma base de clientes enorme. Eu tenho uma página no mais de 200.000 membros que estão mastigando o bocado para comprar produtos de mim. Eles foram me pedindo para configurar uma loja on-line por um longo tempo. Então, eu realmente quero começar bem à primeira. Bem, eu não vou estar vendendo muitos produtos num primeiro momento, vai ser basicamente 50 unidades a cada mês (edições limitadas) esse interesse venha a gerar e um desejo para os produtos, tornando-os limitados. Também eu sou novo para negócios e não quer morder de mais do que eu posso mastigar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>