• Cynthia Akao
  • por Cynthia Akao
  • Cynthia Akao é administradora de empresa, formada pela Faculdade Trevisan, é sócia fundadora da agência WV_Todoz, detentora das plataformas Facíleme e Facíleme Ingresso.

Como as novidades do WhatsApp e do Faceboook podem ajudar a sua empresa

21 de março de 2018
Share Button

No mês de fevereiro tivemos duas novidades do WhatsApp e Facebook, a primeira foi o lançamento do WhatsApp business e a segunda, o marketplace do Facebook para divulgar o que você quiser e acelerar suas vendas. Veja as dicas que separamos para você dar um UP nas suas vendas utilizando estes recursos:

1- Marketplace para divulgar

Atividades de compra e venda já estão sendo realizada por mais de 550 milhões de membros do Facebook em busca de Grupos dedicados a segmentação comercial. Além de facilitar o contato, sim por que a finalidade da ferramenta é levar interessados a seus vendedores e não realizar a venda diretamente. A ideia é reforçar o relacionamento entre comprador e vendedor para gerar o engajamento. Por isso use e abuse desta ferramenta para alcançar leads e clientes.
As transações feitas pelo Marketplace são seguras, e dicas de segurança, controle de privacidade e ferramentas para reportar são fáceis de usar.
Dica: Para as empresas interessadas em tornarem-se parceiras do Marketplace é dever preencher o Formulário de interesse para Parceiro, que o Facebook analisará esses dados para adicionar novos parceiros à ferramenta.

2- Você vende o que quiser

O Marketplace atualmente está ativo em 47 países, o Brasil é uma delas, então se você quiser se desfazer de algum item pessoal e vendê-lo como usado, também pode. Já as empresas podem focar também no uso dos grupos para divulgar seus produtos. Não há limites de transação e nenhum custo para quem compra ou vende, devendo a mesma ser entre seus interessados sem intervenção do Facebook ou intermediador de pagamentos como o Pagseguro.
O Marketplace permite buscar por categorias ou produtos específicos nos anúncios e fazer ofertas diretas. As mensagens são trocadas entre o comprador e vendedor, de forma privada. Para facilitar, há um histórico com os equipamentos anunciados por você e com os produtos negociados.

3- Ainda precisa de uma loja virtual

Vale ressaltar que o Marketplace não dispõe de plataforma para pagamento, então, a transação financeira será acordada e feita exclusivamente pelos usuários fora do Facebook, que podem utilizar o Messenger para a negociação.
Para que isto aconteça ainda é necessário a instalação de uma plataforma de Social Commerce ou um link para seu e-commerce tradicional.

4- Você pode divulgar muito mais!

Sim, porque além do próprio Facebook anunciar aos seus contatos de maneira mais direta, você ainda pode dar aquela forcinha impulsionando o produto nos anúncios do Facebook, mas lembre-se, faça tudo direcionado a um público específico, assim como costuma fazer seus anúncios no Facebook Ads.
E ainda não esqueça de colocar o Marketplace junto com as demais guias do app para smartphones, o Facebook se certifica de que as pessoas confiram as novidades dessa seção com certa frequência e, dessa forma, ganhar mais acessos e tempo de uso. Além disso, é possível descobrir produtos à venda em regiões próximas por geolocalização.

5- Sua empresa com mais credibilidade

Já o WhatsApp apresentou sua versão para ajudar e fortalecer o pequeno e médio comércio. Chamado oficialmente de WhatsApp Business, o app conta com respostas automáticas para dúvidas e solicitações e traz informações detalhadas sobre a empresa. De acordo com o Whatsapp, 3 de 4 empresas utilizam o app para realizar contato, atendimento e finalização de transações.
O diferencial deste app é oferecer estatísticas às empresas das suas conexões com os clientes. Isso permite que micro e pequenas empresas tenham mais informações sobre o seu próprio serviço de atendimento. Então não perca tempo e instale.

6- Aposte na segurança

O WhatsApp Business passa ainda mais segurança para o cliente. Isso porque, além do selo de verificação que identifica uma empresa, o app reúne também informações como nome e horário de atendimento do estabelecimento, além de site oficial, ramo de atuação, telefone e endereço completo.
Tudo o que seu cliente ou lead precisa para entender que você é profissional, organizado e preza a qualidade no atendimento.

7- Grátis até o final do ano

A versão de negócios do WhatsApp é gratuita, pelo menos até o final do ano, e para utilizá-la basta fazer o download do aplicativo e preencher um cadastro.
As informações obrigatórias são: número de telefone, descritivo da empresa e um endereço. Não é necessário, por hora, fornecer dados como o CNPJ.

8- Dois em um

Se você tiver números de telefone pessoais e comerciais separados, você pode ter o WhatsApp Business e o WhatsApp instalados no mesmo telefone e registrá-los com diferentes números, mas atenção deverão ter dois chips.
Isso facilitará demais a quem por exemplo tem um homework. Aqui a dica fundamental é indicar quando você está ausente da sua empresa, assim as pessoas saberão que você não está ativo para negociação naquele momento.

9- Nem tudo são flores

O caso do backup de conversas do WhatsApp no WhatsApp Business, você não poderá recuperá-lo de volta para o WhatsApp. Se você quiser voltar, o ideal seria copiar o backup do WhatsApp de seu telefone para o computador antes de começar a usar o WhatsApp Business.
Por isso tome cuidado para não misturar os assuntos e ficar sem informações importantes.

10- Utilize ambas para vender, porque não?

Então, porque não deixar sua empresa ou seu negócio com uma cara mais profissional e ter aquela ajudinha nas vendas? Lembre-se para ganhar mais fãs e clientes você deve estar mais “próximo” deles, mas isso não quer dizer que não possa estar mais profissional.
Use o marketplace para se aproximar, com aquela cara mais descolada e ganhe mais adepto com uma nova imagem mais profissional no seu WhatsApp. Aproveite enquanto estas ferramentas são gratuitas. Faça sua loja online e venda pelas redes sociais ou pelo WhatsApp.
Qualquer dúvida é só entrar em contato conosco que te contamos muito mais!

Você também vai gostar

Como montar uma loja virtual Como montar uma loja virtual. Constantemente você vai ler aqui no nosso blog, vai ouvir nas aulas e uma hora também vai concordar. Ter uma loja virtal...
Vendas de Natal no e-commerce devem crescer 22% Na comparação com 2014, volume de pedidos será 10% maior A expectativa do e-commerce para o Natal deste ano, apesar do cenário econômico, é positiva. ...
Internet das coisas: a tecnologia que vai transformar o varejo Nos últimos 50 anos, o consumidor brasileiro viu o dinheiro físico ser pouco a pouco substituído pelo cartão de crédito; as compras online antes feita...
Como administrar um negócio de internet Cresce a cada dia o número de lojas virtuais, porém dessas lojas que iniciam poucas duram mais que seis meses e um número bem menor ainda de lojas con...
8 essenciais integrações para loja virtual Muitas pessoas que querem empreender consideram o comércio eletrônico como a melhor alternativa para começar seu negócio. Afinal, ele não demanda a pr...
A Publicidade Mobile pode revolucionar seu e-commerce O e-commerce continua sendo cada vez mais dominado pelos smartphones no mundo inteiro. Segundo pesquisa do eMarketer, enquanto no desktop o tráfego de...
Os principais impostos para empreendedores do e-commerce Ao fazer a análise financeira da sua empresa para calcular a rentabilidade, você não pode deixar de incluir na conta todos os impostos pagos. No Brasi...
É crédito ou débito? A pergunta também vale para o e-commerce... Hoje em dia quando apresentamos o cartão para pagar uma conta em qualquer estabelecimento comercial, uma das perguntas que mais estamos acostumados a ...
5 falhas comuns em novos projetos de e-commerce O mercado de e-commerce continua em alta, mesmo após um ano de crise e retenção. Muitos atribuem este crescimento a retração do varejo, apontando como...
E-commerce cresce 51% na Black Friday 2014 Foram registrados mais de 2 milhões de pedidos na Black Friday 2014. Na busca pela melhores ofertas, usuários aumentam em quase 500% acesso ao site do...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “Como as novidades do WhatsApp e do Faceboook podem ajudar a sua empresa”

  • Avatar

    O whatsapp tem me ajudado e muito, e tudo mais pratico! coisa rápida na hora.
    Único problema que algumas pessoas ficam acomodadas com esse app e esquecem a forma tradicional de trabalhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>