Tags Posts tagged with "América Latina"

América Latina

Estima-se que o número de consumidores digitais atinja 151 milhões até 2019. Brasil lidera com folga em vendas e números de consumidores.

O E-commerce na América Latina como um todo registra rápido crescimento e segundo a eMarketer deve atingir U$ 47,37 bilhões de dólares em 2015, o que representa um aumento de 23,9%. Deste montante, o Brasil (com ou sem crise) deve faturar U$ 19,79 bilhões de dólares, mais de 41% do faturamento de toda a região.

Números publicados pelo eMarketer.
Números publicados pelo eMarketer.

Atrás desta tendência, os números de consumidores online também sobem. Depois do robusto crescimento do ano passado (17,4%), o número de usuários de internet que fizeram pelo menos uma compra online na América Latina acima de 14 anos deve crescer mais 12,9% e atingir os 110 milhões de consumidores digitais. Em 2019, último ano da previsão, deveremos contar algo em torno de 151,1 milhões.

Com um olhar mais atento às taxas de crescimento dos consumidores por país, o México deve liderar o crescimento de novos consumidores na região este ano. São 13,4% de crescimento (16,2 milhões de consumidores) contra 12,6% de crescimento do Brasil e 9,3% de crescimento da Argentina, terceira colocada.

Porém, enquanto lidera os números de novos consumidores, cai para o terceiro lugar em penetração para os usuários de internet como um todo. São apenas 35,6% de penetração dos consumidores digitais em relação à todos os usuários de internet no país. A Argentina é a líder dentro deste aspecto, dentro do período deve subir de 48,3% para 50,3% entre 2015 e 2019. Falando em vendas, os argentinos também contam com o maior crescimento (natural pelo mercado ser menor), são previstos 40% de crescimento para este ano, um valor bem próximo de U$5 bilhões de dólares.

Números publicados pelo eMarkteter
Números publicados pelo eMarkteter.

Enquanto isso, o Brasil conta com um terço de todos os consumidores online de toda a América Latina em 2015. Fato que deve permanecer até o último ano da previsão, em 2019, quando deveremos atingir 49,7 milhões de consumidores online e U$ 84,75 bilhões de dólares de vendas em toda a região.

Apesar da maioria dos consumidores e o centro das atenções estarem entre os três líderes, é válido ainda notar que todos os outros países da América Latina somados contribuem com um relevante combinado de 45,3 milhões de compradores digitais, são 41,2% de participação no total para este ano. Ainda segundo o eMarketer os líderes deste grupo menor são Chile, Colômbia, Peru e Venezuela.

Chile, Colômbia e Peru também são os 3 mercados digitais (de segunda linha) mais avançados em termos de internet móvel, eles superam até mesmo os outros 3 do “primeiro time” em algumas categorias se pensarmos em taxas de penetração em vez de analisar apenas os números absolutos. Pensando nisto, nenhuma surpresa este grupo de pequenos devem atingir 64,8 milhões de consumidores em 2019, mais do que Brasil e Argentina somados no mesmo ano.

A eMarketer ainda aponta que este grupo de “outros” devem crescer o faturamento de 16,92 bilhões de dólares em 2015 para 28,99 bilhões de dólares em 2019. Isso significa que o share de compras de comércio eletrônico na região deve cair de 35,7% para 34,2% durante o mesmo período, algo que parece natural, já que os números de compras tendem a ser menores para os novos consumidores.