Tags Posts tagged with "frete grátis"

frete grátis

Em rodas de bar, costumo dizer que o “E-commerce nasceu errado…” No início dos anos 2000, quando as primeiras lojas virtuais surgiram e tudo era novidade. Para conquistar um consumidor desconfiado em comprar online os empreendedores padronizaram um conceito: toda compra pela internet seguia a regra que você recebia o produto desejado em casa sem custo nenhum.

Era só clicar, escolher a forma de pagamento e o cliente recebia o produto em sua casa sem custo adicional. Nascia um perigoso conceito de estratégia comercial na qual intitulo de “comodidade irracional”.

Por um longo tempo, os profissionais de e-commerce vendiam sob este conceito de comodidade pela experiência de compra sem atrelar necessariamente o custo financeiro para viabilizar esta operação.

Todos tinham uma noção que naquele momento o mais importante era enraizar o conceito de compra online. Seja pelo mercado, clientes, marcas ou fornecedores… A conta ia chegar e mais para frente todos teriam que rever esta bolha, a conta à longo prazo não fecharia.

Passados 15 anos, e ainda notamos que alguns continuam por adotar estas mesmas estratégias. Agora mais que nunca digo: é hora de rever e viver o momento da realidade administrativa no e-commerce.

Existem inúmeras variáveis à estudar para que um negócio dê lucratividade no e-commerce, mas por muitas vezes não se foge de duas regras para ter elasticidade de venda: constantemente abrimos mão da margem nos preços dos produtos ou oferecemos um frete mais em conta ao cliente, sempre visando aumentar transações.

Se bem aproveitados, estes dois fatores em datas sazonais ou por comportamento de mercado, é possível sim obter grandes resultados. Agora, trabalhar condições agressivas como estas por longos períodos é caminhar para a quebra do seu negócio.

O grande desafio de qualquer empreendedor é gerenciar a questão logística no ponto de equilíbrio do seu mercado. A questão de frete perante seu concorrente é sim relevante, mas não determinante.

Se você cobra mais caro e entrega com competência ao seu cliente, certamente “roubará” clientes de um concorrente que oferece frete grátis (ou mais barato) e, por exemplo, perde o prazo estipulado. Normalmente este tipo de concorrente estará amarrado a fornecedores que cobram mais barato e tem menor qualidade de serviço. Pense nisso.

Qual a conta e premissa comercial ideal para se trabalhar com frete dentro da loja virtual?

Eu diria que frete grátis durante o mês todo é suicídio. Frete grátis para acompanhar o mercado sazonalmente, frete grátis como ação pontual e unilateral uma vez no mês está mais próximo de ideal saudável.

Mas atenção, isto está correto desde que você tenha outros indicadores comerciais controlados e tenha estrutura para absorver a demanda de expedição do aumento de volume de pedidos no período.

Especialistas dizem que a conta aceitável é frete líquido na ordem -3% do que arrecada. E-commerces varejistas que dão lucro hoje, possuem receita de frete na mesma proporção que despesa de frete! Mágica? Não, pura gestão!

O mercado logístico ainda é de certa forma monopolizado conforme região do pais. Ainda é “refém” das mesmas transportadoras, poucas empresas que atendem diversos varejos. Como a procura é alta e a necessidade de demanda se faz presente, entrega da qualidade de serviço é colocada em segundo, terceiro plano.

A saída que grandes varejistas têm adotado é montar um Centro de Distribuição local e com gestão própria. O mais importante é continuar fazendo a conta fechar. #Choquedegestão agora!

O Frete realmente importa? Não há a menor sombra de dúvida, que a resposta é sim!

Vamos pensar em nós, apesar deu sempre afirmar que “nós” podemos não ser público-alvo da marca, por isso nossas atitudes podem não representar a real atitude do consumidor, mas pode ser um norte para avaliarmos, uma hipótese do que pode acontecer, pois bem, voltemos a atitude: Você compra um produto com frete alto?

Em um primeiro momento, a resposta pode ser “depende” ou mesmo um sonoro não. No meu caso, eu diria depende pois outro dia, pesquisando um sofá para o meu apartamento, vi um frete de R$ 170,00, no começo pensei que era um absurdo, mas depois, analisando com calma o quanto eu ia ter de “dor de cabeça” de pegar meu carro, ir a loja, pegar o sofá (quem nem caberia no carro), trazer, subir o sofá até o apartamento, bom, analisando tudo isso, R$ 170,00 sairia de graça! Mas e para um livro?

Pesquisei recentemente um livro em que o valor do frete era quase o mesmo preço do livro! Não tive a menor dúvida, entrei no Buscapé e pesquisei o livro. Comprei em um outro site em que o livro e frete saiu bem mais barato, pois o frete era de R$ 3,00 e não de R$ 20,00 como me informou no outro site. O Buscapé é uma ferramenta poderosa em termos de vendas para o e-commerce, eu considero como um dos 4 pilares (ao lado de Google, Email Marketing e site) que mais geram receita as lojas online.

Recentemente resolvi comprar outro livro e fui direto ao site do Buscapé. Ao entrar no site e digitar o livro, vi uma funcionalidade que não tinha visto antes do comparativo, o calculo do frete direto na página, o que me deixou mais antenado a esse fator: sim, o frete é um importante decisor de compra! Vamos analisar o exemplo abaixo:

O Frete realmente importa? - Buscapé

Após assistir a palestra do Alexandre Slivinik sobre o case Disney, resolvi comprar o livro. Entrei no Buscapé e vi a ferramenta do frete.

Ao digitar o CEP da minha casa, ele automaticamente já calcula o frete e o preço com frete em todas as lojas que tem o livro, ou seja, posso escolher o menor preço na própria ferramenta do Buscapé. Isso se torna uma mudança no mercado muito importante, pois com essa nova funcionalidade, o frete se torna, mais ainda, um fator de decisão.

A “péssima” notícia para nós, gestores de varejo online, é que o frete grátis não é mais um diferencial de mercado, é uma obrigação nossa oferecer aos consumidores. Se não o grátis, pelo menos, temos que negociar bem com a nossa logística para sermos o mais barato.

Publicação original no site E-commerce Brasil.