Tags Posts tagged with "melhorar o perfil no LinkedIn"

melhorar o perfil no LinkedIn

Como melhorar o perfil no LinkedIn. A dinâmica de trabalho dos recrutadores e das empresas que buscam novos profissionais mudou bastante nos últimos tempos. Para a alegria dos headhunters, o processo de seleção de candidatos, antes moroso e complicado, agora pode ser feito quase que instantaneamente e com muito mais precisão do que no passado. A internet, sem dúvida, teve papel fundamental nesta transformação, já que trouxe consigo inúmeras formas de facilitar e tornar mais acurado o processo de busca de candidatos qualificados.

O LinkedIn é uma destas ferramentas. A rede social, focada no perfil profissional dos usuários, vem se tornando quase que indispensável neste processo, desbancando inclusive os tradicionais currículos, tanto em relevância quanto em quantidade/qualidade de dados.

A plataforma, contudo, não apresenta benefícios apenas para os recrutadores. Ela é especialmente útil para os que estão à procura de oportunidades, pois oferece uma série de possibilidades que, se bem aproveitadas, podem garantir que o candidato leve vantagem sobre seu concorrente.

Pensando nisso, o site Mashable publicou um artigo que reúne seis dicas da perita em carreiras do LinkedIn, Nicole Williams, para que os usuários tenham mais chance de atrair o interesse das empresas. Confira:

1. Uso de palavras-chave

Os mecanismos de busca do LinkedIn – assim como os do Google, Bing, Yahoo… –, funcionam por meio do uso de palavras-chave. Desta forma, ao atualizar o seu perfil tenha o cuidado de listar os termos que tenham ligação direta com você e com suas habilidades. É importante pensar como os recrutadores e escrever no perfil as palavras que você imagina que eles buscariam, por exemplo: ao invés de usar “estratégia digital”, prefira “estrategista digital”.

2. Fotos legais

Entre um candidato que possui foto e outro que não possui, o primeiro geralmente leva vantagem. Daí a importância de uma boa imagem para ilustrar o seu perfil. Mas cuidado: prefira fotos mais sóbrias e que tenham alguma relação com sua atividade; deixe as mais descontraídas para o Facebook.

3. URL personalizada

O uso de uma URL personalizada (ex: http://br.linkedin.com/in/romero/) permite que seu perfil seja listado em buscas no Google. Isso torna mais fácil para os recrutadores encontrar seu perfil e compartilhar suas informações com outros recrutadores.

4. Peça recomendações

Solicite que seus antigos chefes e colegas recomendem o seu trabalho no LinkedIn. Isso pode ajudar o recrutador a perceber quais são os seus pontos fortes, bem como a avaliar as suas experiências profissionais passadas. No entanto, atente que a parte mais importante da recomendação não é necessariamente o conteúdo, mas o fato de que ela existe em si. Isso mostra que alguém estava disposto a tirar um tempo para atestar pessoalmente suas capacidades.

5. Se conecte à pessoas estratégicas

Quanto mais conexões você tiver no LinkedIn, mais provável você aparecer nas buscas de um gerente de contratação. Mas atenção: não saia adicionando todo mundo indiscriminadamente. Escolha suas conexões estrategicamente e tenha o cuidado de mandar solicitações personalizadas.

6. Compartilhe conteúdo

Por último, não use o LinkedIn como um canal fixo para abrigar o seu currículo. É preciso que você se engaje na plataforma, compartilhe conteúdo útil regularmente e comente as publicações das suas conexões. Isso vai garantir que você chame a atenção do headhunter, que vai analisar suas posições sobre diversos assuntos.

Para ter mais informações sobre o tema, acesse o artigo do Mashable AQUI.

Publicação do Blog do Romero Rodrigues.