• Avatar
  • por Romero Rodrigues
  • Romero Rodrigues é fundador e principal executivo do Buscapé Company, a maior empresa de digital commerce da América Latina; investidor anjo em diversas startups de Internet; e membro do conselho da Endeavor Brasil.

6 dicas para melhorar o perfil no LinkedIn

13 de janeiro de 2014
Share Button

Como melhorar o perfil no LinkedIn. A dinâmica de trabalho dos recrutadores e das empresas que buscam novos profissionais mudou bastante nos últimos tempos. Para a alegria dos headhunters, o processo de seleção de candidatos, antes moroso e complicado, agora pode ser feito quase que instantaneamente e com muito mais precisão do que no passado. A internet, sem dúvida, teve papel fundamental nesta transformação, já que trouxe consigo inúmeras formas de facilitar e tornar mais acurado o processo de busca de candidatos qualificados.
O LinkedIn é uma destas ferramentas. A rede social, focada no perfil profissional dos usuários, vem se tornando quase que indispensável neste processo, desbancando inclusive os tradicionais currículos, tanto em relevância quanto em quantidade/qualidade de dados.
A plataforma, contudo, não apresenta benefícios apenas para os recrutadores. Ela é especialmente útil para os que estão à procura de oportunidades, pois oferece uma série de possibilidades que, se bem aproveitadas, podem garantir que o candidato leve vantagem sobre seu concorrente.
Pensando nisso, o site Mashable publicou um artigo que reúne seis dicas da perita em carreiras do LinkedIn, Nicole Williams, para que os usuários tenham mais chance de atrair o interesse das empresas. Confira:

1. Uso de palavras-chave

Os mecanismos de busca do LinkedIn – assim como os do Google, Bing, Yahoo… –, funcionam por meio do uso de palavras-chave. Desta forma, ao atualizar o seu perfil tenha o cuidado de listar os termos que tenham ligação direta com você e com suas habilidades. É importante pensar como os recrutadores e escrever no perfil as palavras que você imagina que eles buscariam, por exemplo: ao invés de usar “estratégia digital”, prefira “estrategista digital”.

2. Fotos legais

Entre um candidato que possui foto e outro que não possui, o primeiro geralmente leva vantagem. Daí a importância de uma boa imagem para ilustrar o seu perfil. Mas cuidado: prefira fotos mais sóbrias e que tenham alguma relação com sua atividade; deixe as mais descontraídas para o Facebook.

3. URL personalizada

O uso de uma URL personalizada (ex: http://br.linkedin.com/in/romero/) permite que seu perfil seja listado em buscas no Google. Isso torna mais fácil para os recrutadores encontrar seu perfil e compartilhar suas informações com outros recrutadores.

4. Peça recomendações

Solicite que seus antigos chefes e colegas recomendem o seu trabalho no LinkedIn. Isso pode ajudar o recrutador a perceber quais são os seus pontos fortes, bem como a avaliar as suas experiências profissionais passadas. No entanto, atente que a parte mais importante da recomendação não é necessariamente o conteúdo, mas o fato de que ela existe em si. Isso mostra que alguém estava disposto a tirar um tempo para atestar pessoalmente suas capacidades.

5. Se conecte à pessoas estratégicas

Quanto mais conexões você tiver no LinkedIn, mais provável você aparecer nas buscas de um gerente de contratação. Mas atenção: não saia adicionando todo mundo indiscriminadamente. Escolha suas conexões estrategicamente e tenha o cuidado de mandar solicitações personalizadas.

6. Compartilhe conteúdo

Por último, não use o LinkedIn como um canal fixo para abrigar o seu currículo. É preciso que você se engaje na plataforma, compartilhe conteúdo útil regularmente e comente as publicações das suas conexões. Isso vai garantir que você chame a atenção do headhunter, que vai analisar suas posições sobre diversos assuntos.

Para ter mais informações sobre o tema, acesse o artigo do Mashable AQUI.

Publicação do Blog do Romero Rodrigues.

Você também vai gostar

Os salários no e-commerce do Brasil Sou regularmente questionado por alunos e clientes sobre as faixas salariais dos profissionais que trabalham com e-commerce no Brasil. Percebi que est...
Identidade Profissional no LinkedIn ou CV.doc? Em qual tempo voc... Estando à frente da Universidade Buscapé desde 2012, já faz parte do meu dia a dia receber CVs de pessoas que desejam trabalhar com E-commerce ou Mark...
Infográfico: Regras práticas para Facebook Ads Regras práticas para Facebook Ads. Ouve-se muito sobre regras de como proceder no Facebook, porém nem sempre temos estas informações organizadas de ma...
As pequenas empresas utilizam as redes sociais da maneira corret... As redes sociais SÓ não funcionam para pequenas empresas se você utilizá-las de maneira errada. Muitos micro e pequenos empreendedores desabafam sobre...
Como tornar canais de reclamação aliados do seu e-commerce A internet estreitou os laços entre clientes e empresas. A facilidade na realização de pesquisas, contato e reclamação usando os canais de comunicação...
Marcas no Facebook: O que mudou em um ano Os maiores especialistas em Mídias Sociais aprendem diariamente com elas. O Facebook mesmo, muda com certa frequência algumas funcionalidades. A já nã...
E-commerce entra na estratégia de atuação do Google e das princi... As plataformas estão adicionando e testando experiências que possam agilizar os processos de compra dos consumidores. Por ProXXima. O Facebook confirm...
Social Media com especialização em Web Analytics Vaga para Social Media com especialização em Web Analytics na Core Comunicação. Atribuições ? Monitoramento e gerenciamento de anúncios nas mídias soc...
Você sabe como utilizar os Twitter Cards? O mercado online está cada vez mais competitivo e é essencial investir em todas as oportunidades possíveis para divulgar a sua marca. Pensando nisso, ...
Dia das Bruxas 2013: As marcas que aderiram ao Halloween O Dia das Bruxas, comemorado nesta quinta-feira, 31, chegou. As marcas não deixaram a oportunidade passar e estão aproveitando a festa. O Adnews selec...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “6 dicas para melhorar o perfil no LinkedIn”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>