A Black Friday é uma das datas mais importantes do varejo brasileiro. Por isso, a concorrência é muito acirrada e, para alavancar as vendas, é importante que a estratégia de marketing dos e-commerces comece com meses de antecedência.

Considerando que 2020 foi marcado pela pandemia de coronavírus, a competição entre as marcas para realizar as vendas será ainda maior e agências de marketing digital já começaram a trabalhar estratégias de SEO para aumentar a taxa de fluxo orgânico dos parceiros.

Apesar de a data parecer longe, uma estratégia precisa ser definida já em agosto.

Existem três grandes etapas que precisam ser cumpridas para montar uma estratégia eficiente em agosto.

É preciso ter uma atenção especial com a produção de conteúdo, com as landing pages e adaptar a plataforma para que esteja disponível para desktop e mobile.

A maioria destes passos não tem como ser colocado em prática em apenas um mês, pois é preciso aumentar o fluxo de visitas no site de forma orgânica, por exemplo.

Vejam os três primeiros passos para começar a trabalhar o SEO do seu e-commerce para a Black Friday:

Estratégia com antecedência

Para aumentar a taxa de conversão, existem etapas que devem ser cumpridas para captar o lead.

Para fortalecer o SEO, ajuda muito se existirem outros sites que tenham link que leve o usuário para o seu. Isso impulsiona os mecanismos de pesquisa a indexarem sua página.

Além disso, é importante que seu site tenha uma página específica com informações sobre a Black Friday, para que sua página seja encontrada quando houver busca pelo termo.

Paralelo a isso, é fundamental que o site funcione como um canal de informações constante para os consumidores. Ser rápido nas respostas, não deixar dúvidas sobre as compras e formas de entrega, por exemplo, deixarão o cliente mais tranquilo para efetuar uma compra no seu e-commerce.

Isso aumentará a taxa de conversão.

Trabalhar conteúdo com palavras-chave 

Outro passo importante para aumentar a conversão é usar palavras-chave de alta procura de forma estratégica.

Para encontrar esses termos, é necessário realizar “keyword research”, que é uma pesquisa profunda sobre os termos mais buscados no seu site. Uma forma de fazer isso é utilizando os dados de pesquisa interna do seu site e também os dados de busca paga.

Hoje, trabalhamos com ferramentas específicas para montar este processo. Nós usamos inteligência e automação para analisar tamanho da oportunidade com base em volume versus competitividade para cada termo.

Desta forma, a marca consegue ter ganhos efetivos até a Black Friday. Fazer isso de forma manual é possível, mas está longe de ter a mesma eficiência.

Após encontrar essas palavras, é importante criar landing pages de conteúdo relevante que tragam essas palavras. Ou seja, inserir esses termos na estrutura do site.

Colocar essas palavras no título do texto, na descrição do conteúdo e imagens pode facilitar o interesse do usuário em clicar na sua página.

Adequação para o Mobile

É importante rastrear seu cliente. Atualmente, o Google indexa as páginas de um site com base na versão mobile e não mais na desktop.

Essa forma de indexação causa grande impacto nos sites que apresentam conteúdos diferentes de acordo com o dispositivo do usuário. Portanto, uma boa prática é que sua landing page apresente os mesmos conteúdos da versão desktop para a versão mobile.

Para que a sua página apareça como resultado de pesquisa é preciso que a URL passe por um processo de rastreamento e indexação. Existem ferramentas, como o Google Search Console que permitem que isso seja feito.

Seguindo esses passos, a estratégia começa a ser montada e tende a trazer retornos positivos durante a Black Friday.

A corrida este ano será ainda mais acirrada, por conta da crise que o coronavírus trouxe.

Muitas marcas passaram a apostar no e-commerce e isso exigirá mais na hora da briga pelo último clique. É fundamental para quem quiser vender mais que comece a agir agora, pois se começar a fazer isso em outubro, não dará mais tempo.

Leia também: Os principais fatores de rankeamento de texto em SEO

Os principais fatores de rankeamento de texto em SEO

Author

Fernando Ruocco, diretor de operações da ROCKY. Fundada em julho de 2018, a ROCKY é uma agência de marketing digital localizada em Sorocaba, no interior de São Paulo. A empresa faz parte de um grupo que integra as agências Raccoon e Calina, que foram fundadas pelos ex-executivos do Google André Palis e Marco Túlio Kehdi. Assim como as demais empresas do grupo, a ROCKY é composta por profissionais de exatas de universidades públicas como UFSCar e Unesp. A agência trabalha com uma estratégia voltada para resultados de acordo com o negócio de cada cliente. Entre os mais de 30 clientes da ROCKY estão grandes empresas como CVC, Submarino Viagens, Telhanorte, CCP e BRF.

Write A Comment