Boas práticas para anunciar em comparadores de preço

Boas práticas para anunciar em comparadores de preço

by -

Anunciar seus produtos em comparadores de preço é sempre uma boa ideia: traz prestígio para a marca, aumenta a relevância das páginas do e-commerce, é mais uma vitrine a mais para loja e também um ótimo canal de venda.

Comparação de Preços

A maioria dos comparadores dão a opção de inclusão do logo da loja virtual e também de uma melhor posição no ranking de produtos, além da possibilidade de patrocinar um produto estratégico, todas as práticas são muito importantes mas exigem um investimento maior da loja.

Uma solução para quem está começando e ainda não consegue colocar um CPC alto nos produtos é a otimização dos anúncios. Isso quer dizer explorar ao máximo o uso de imagens dos produtos, assim como cadastrar uma descrição “amigável” do produto. Imagens pequenas ou distorcidas, descrições confusas ou pobres acabam desviando a atenção dos usuários para as ofertas dos concorrentes.

Outra dica importante são as parcerias que ocorrem entre facilitadores de pagamento e compradores de preço, como no caso do Bcash e do Buscapé. Lojistas que utilizam exclusivamente o Bcash não pagam nada para anunciar no Buscapé.

Veja abaixo uma lista de boas práticas para anunciar de uma forma eficiente em comparadores de preço:

Cadastre seus produtos com uma descrição clara. Coloque corretamente a marca e o modelo do produto, assim como especificações que diferenciarão ele de outros produtos semelhantes. Tente se colocar no lugar do usuário e insira as palavras-chave mais buscadas daquele produto. Não coloque o preço na descrição, muitos comparadores consideram isso ilegal e podem não publicar a oferta de seu produto por esse motivo.
Exemplo:
(ERRADO) Por apenas R$ 2.000,00 reais, Ipad com 16 gigas, preto ou branco, wifi, TOUCHSCREEN.
(CERTO) iPad 16GB Branco com Wi-fi cód: MC982BR/A – Apple

(ERRADO) xbox 360
(CERTO) Console Microsoft Xbox 360 4GB Preto – Microsoft
Cadastre uma imagem de boa qualidade e que chame a atenção do usuário. A imagem deve ser do melhor ângulo do produto e estar em alta resolução se possível. Comparadores de preço costumam ter por padrão imagens 100×100 ou proporcionais, evite imagens retangulares para não distorcer.
Cuidado ao cadastrar a URL do produto. O link deve direcionar para a página do produto e se possível ter uma URL amigável para ter uma boa relevância nos resultados de sites de busca.
Veja como estão os produtos de seus concorrentes.Analise o que pode estar errado nas ofertas dos concorrentes e não cometa os mesmos erros. Verifique se eles estão bem posicionados no ranking de busca dos comparadores de preço.
Não se preocupe com o preço, se o seu produto já está com um preço compatível com o mercado. Preços baixos não são necessariamente um diferencial para o usuário, pois ele leva em conta a credibilidade da loja em primeiro lugar.

Variação de Preços

Veja mais e aprenda como anunciar com o Curso de Comparador de Preços.

3 COMMENTS

  1. Excelente o conteúdo desta matéria , ótimas dicas e exemplos , usarei como “learn” com os meus clientes.

    Da próxima poderia ser uma matéria sobre E-behavior que é uma excelente ferramenta.

    Att

  2. Gosto muito do comparador de preços http://topdapromocao.ofertou.com primeiro porque acho o site muito limpo, porque tem alguns outros super poluídos cheio de propaganda nas laterais, e também este a interface dele é bem explicativa, não tem erro pra achar nada e apresenta as melhores lojas varejistas do Brasil.

  3. O Multiplace é o novo comparador de preços. Nosso motor de busca encontra as informações dos produtos nas páginas da loja, classifica dentro das categorias e publica no nosso site, automaticamente. A loja só precisa fazer o próprio cadastro. Temos uma franquia gratuita e permanente de 300 produtos para avaliação. O serviço está disponível em http://www.multiplace.net.br

DEIXE UM COMENTÁRIO