Tags Posts tagged with "cpa"

cpa

Para muitos essa sigla ainda pode não ser muito familiar, mas não é o caso dos anunciantes que adoram pagar apenas pelo que foi vendido.

O CPA é um modelo por performance já praticado pelo mercado, mas que o Buscapé conseguiu melhorar, principalmente pela proposta comercial e facilidade operacional para o lojista.

O nome do produto é BP +. Isso mesmo, pronuncia-se “Bepê mais” 🙂
O mesmo Buscapé de sempre, mas com diferenciais para fazer a loja virtual  vender ainda mais e com um retorno garantido sobre os investimentos.logo-bpmais

Conheça algumas vantagens:

Taxa de comissão atrativa
O valor da taxa de comissão é de 15% sobre o preço do produto vendido.

• Anuncie todo o catálogo
O modelo comercial permite que você divulgue todo o seu catálogo de produtos aumentando ainda mais as suas vendas e a visibilidade da sua loja.

O consumidor se relaciona direto com sua loja
Sua loja estará interagindo sempre com o consumidor e não apenas no momento da entrega do produto.

Não existe exclusividade de meio de pagamento
O lojista não está atrelado a nenhuma forma de pagamento para usufruir dos benefícios deste modelo. A loja poderá utilizar o meio de pagamento mais conveniente para ela.

Modelo de integração por API
Garante muito mais confiabilidade na troca de dados com a loja evitando divergências de preços ou disponibilidade.

Como usar o BP+

Neste período de lançamento ainda existe um número restrito de plataformas que permitem o uso deste novo produto, uma vez que toda integração é entre Buscapé e Loja virtual feita por API (interface de programação de aplicativo), que conectará as informações das transações.

Muitas plataformas estão agora em processo de integração, mas algumas como as abaixo, já estão homologadas:

Biz commerce
EZ Commerce
F1 Soluções
Flow commerce
HUB2B
Hystalo
Loja Integrada
Loja Virtual
Moovin Plataforma E-commerce
Pense Big
PXW
Redfeet
Ren9ve
Soulmkt (Magento)
TMW
Vtex

Alguns lojistas já começaram a sentir na prática as vantagens do novo produto.

“Aumentamos em mais de 100 vezes nosso número de produtos ofertados no Buscapé, o que permitiu um aumento de 60% no faturamento originado pelo Portal. Trata-se de um formato com ROI garantido e saudável para o anunciante, uma vez que o retorno é rápido, certeiro e com um enorme potencial para aumentar não somente a conversão mas também o fluxo de acesso ao portal”, contou Alexandre Manguinho gerente de E-commerce da Eletrocity

Em tempos de crise (como diria um dos maiores papas do Marketing que o mundo conhece, Philip Kotler), muitas vezes o maior custo que uma empresa pode ter é o de “não fazer nada”.  Taí, se você estava esperando uma boa notícia para investir em marketing digital, agora já tem.

O marketing de afiliados conta com diversos formatos para contabilizar as comissões obtidas. CPA, CPV, CPD, CPM, CPI, CPL, CPC, DPC…

Cada uma dessas siglas significa a forma como o anunciante pagará pelos anúncios. Entre os mais comuns, e os adotados pela Lomadee, podemos destacar o CPA e o DPC. Vamos conhecer cada uma delas:

CPA (Custo Por Ação)

É a forma de comissionamento online mais popular hoje em dia e utilizada pela Lomadee. O afiliado será remunerado quando o visitante concluir uma determinada ação estipulada pelo anunciante, que pode ser um cadastro, uma assinatura de newsletter, entre outras opções. CPV (Custo por venda) e CPD (Custo por download) podem ser considerados tipos específicos de CPA.

CPM ou CPI (Custo por Mil impressões)

É contabilizado sempre que um anúncio gerar mil impressões, ou seja, for visualizado mil vezes, independentemente de resultar em alguma ação.

CPL (Custo por Lead)

Também considerado uma variação do CPA, é um método muito utilizado no marketing de afiliação. Paga ao afiliado por cada novo cadastro preenchido em um formulário.

CPC (Custo por Clique)

Outra forma de comissionamento muito utilizada na internet, também conhecida por Pay Per Click (PPC). O afiliado recebe por cada clique recebido em um determinado anúncio. O valor é contabilizado considerando apenas um click diário por IP.

DPC (Custo por Duplo Clique)

Semelhante ao CPC, porém o visitante precisa clicar duas vezes. Um exemplo de seu uso é na plataforma Lomadee, o visitante clica na publicidade do afiliado, é redirecionado para uma lista de produtos no site Buscapé e lá deve clicar em algum outro link das lojas listadas e afiliadas a plataforma, assim a comissão é contabilizada.

Agora que você já conhece os principais formatos de comissionamento do marketing de afiliados, escolha a melhor opção para suas campanhas e boa divulgação!