• por Rock Content
  • A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing.

Como usar memes de internet na estratégia de marketing digital

11 de março de 2016
Share Button

Cada vez mais quem produz conteúdo para a web e planeja estratégias de marketing busca falar a língua do seu público-alvo para se aproximar dele. A era da internet trouxe à tona uma série de novos conceitos, dentre eles os memes, ficaram famosos nos últimos anos.
Imagens e textos engraçados ganham mais projeção com facilidade, graças à força das redes sociais. Com o tempo, as marcas passaram a trabalhar os memes em suas estratégias de marketing digital, visando atingir o seu público com uma comunicação mais atual e descontraída.

Como usar humor nas redes sociais?


No entanto, é frequente vermos casos em que os memes foram utilizados de forma errada, o que gera situações embaraçosas. Afinal, se o objetivo é falar para criar identificação com o seu público, é preciso que este discurso seja o mais eficiente possível.
Por isso, confira a seguir como utilizar este argumento de maneira eficiente.

Devo usar memes no marketing digital?

Imagens engraçadas sempre tiveram lugar na internet. Aquelas que eram repetidas à exaustão e recebiam diversas variações acabaram recebendo o nome de “memes”. Quando algum assunto ou imagem viraliza, as redes sociais tomam para si este conteúdo e o “remixa” com o objetivo de manter o humor fresco. Tudo pode dar origem a um meme, seja uma foto, uma notícia ou um vídeo.
Tudo isso faz muito sentido quando parte de pessoas, mas e com relação às marcas? Se a sua empresa quer usar este recurso para melhorar a sua estratégia de marketing digital, é preciso cuidado.
Primeiramente, não é todo meme que funciona para toda marca. É preciso ficar de olho no contexto da mensagem e analisar todas as suas implicações dele, para não errar na abordagem.
Os usuários das redes sociais reprovaram bastante os partidos políticos que não entenderam como funcionava o “meme da diferentona” e apostaram em uma comunicação completamente errada usando o meme, por exemplo.

O que uma empresa precisa saber antes de usar um meme nas redes sociais?

O primeiro passo é compreender o perfil da sua marca. Depois, tenha em mente qual é o seu público e que tipo de conteúdo ele consome no ambiente digital. Não é porque os memes fazem sucesso na internet, que a sua empresa precisa utilizá-los. Se o seu público-alvo não os consome, não faz sentido abrir espaço para isso. Em caso contrário, mais análise precisa ser empregada.
Entenda o contexto de cada meme e use estes recursos com cautela. A Prefeitura de Curitiba é um exemplo de órgão municipal que sabe utilizar os memes para impactar o público jovem, que até então não se interessava por seu tipo de conteúdo institucional.
curitiba_capivara rain-is-coming

Como a empresa deve utilizá-los?

A sua estratégia de marketing digital precisa estar sempre em pleno processo de atualização. Se um meme se encaixa perfeitamente no tipo de comunicação que a sua marca realiza e no perfil do seu público-alvo, é possível obter muitos benefícios ao utilizá-lo.
Para empregá-lo da forma correta, é preciso se certificar de que você esteja respirando este universo. Crie uma conta e comece a seguir perfis que são referência, pode ser importante para você entender como fazer. É nas redes sociais que nascem à maioria dos memes, e é onde você tem a garantia de ter contato com um conteúdo atualizado em tempo real.

Como ser criativo no Facebook, segundo o próprio Facebook

Pense rápido

Ao escanear o que a internet fala, mantenha o seu radar ligado em busca de oportunidades. Se surgir um meme que se encaixa no perfil da sua marca e esteja de acordo com a sua audiência, é hora de fazer o planejamento estratégico e adaptar aquele meme à proposta desejada pelo seu negócio.
Muitos dos melhores cases que temos notícias vêm de quem teve o timing perfeito. Muitas vezes até como reação à um erro. Um exemplo?
A conta no Facebook do Bis recentemente virou piada ao compartilhar uma foto com uma montagem de “qualidade duvidosa”.

case-bis-lugares-seguros
Você pode perceber no link original da postagem o número de comentários que ridiculariza a “arte mal feita”, fora de proporção e até mesmo com a marca ao contrário.
Proposital ou não, a marca reagiu MUITO BEM ao buzz causado e literalmente entrou na brincadeira fazendo alterações para “melhorar” o post com as dicas dadas nos próprios comentários:
case-bis-lugares-seguros-comentariosClique na imagem para ver maior.

Lembre de medir sempre

Por fim, certifique-se de monitorar os resultados obtidos com este conteúdo. Um sucesso ou fracasso deverão ditar os rumos futuros do envolvimento da sua empresa com esta estratégia.
Continue aprendendo sobre marketing digital e e-commerce recebendo um conteúdo gratuito e de qualidade. Assine a nossa newsletter e aproveite! 😀

Você também vai gostar

O que está dando errado no seu Marketing Digital? Faltam as pers... Peopleeee, na otimização de conversão, o visitante é rei. Seu departamento de Marketing aparentemente tem problemas para que seu visitante termine o f...
Como otimizar anúncios durante a Black Friday e a Cyber Monday O potencial de conversões e vendas da Black Friday é enorme, e atualmente isso é fato não só nos Estados Unidos, onde a tradição dos descontos surgiu,...
Vender sozinho na internet ou em um shopping virtual? Ao comprar por meio da internet, grande parte da população não tem ideia do tamanho da operação que está por trás da tela do computador. No entanto, u...
E-commerce entra na estratégia de atuação do Google e das princi... As plataformas estão adicionando e testando experiências que possam agilizar os processos de compra dos consumidores. Por ProXXima. O Facebook confirm...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

3 comentários sobre “Como usar memes de internet na estratégia de marketing digital”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>