• por Rock Content
  • A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing.

Copywriting: 6 técnicas essenciais para aplicar na sua escrita

21 de março de 2016
Share Button

Copywriting é o método que consiste em produzir conteúdos para promover e/ou vender ideias, produtos e serviços. São técnicas aplicáveis em qualquer tipo de texto, não importa tamanho ou local de publicação — blogs, e-commerces, redes sociais, e-mail marketing ou materiais impressos.
Os objetivos são gerar engajamento, influenciar uma ação por parte do público e converter mais. Se usada da forma correta, essa estratégia impactará positivamente no relacionamento com os clientes e nas receitas da sua empresa.
Diante disso, destacamos uma lista com 6 técnicas fundamentais de copywriting para sua escrita envolver mais o público e gerar mais vendas. Confira!

Estude a sua persona

Se em vez de um texto, você conversasse pessoalmente com um cliente, qual seria o assunto e de que forma você reproduziria o conteúdo?
Essas duas perguntas resumem o quanto é importante entender como o seu público pensa e qual a melhor maneira de fazer ele assimilar sua proposta. Só assim você saberá as dores do seu consumidor, quais soluções espera, a razão de ele ser seu cliente, a linguagem a ser usada etc.

Defina uma meta

O que se espera atingir com determinado texto? Que ação os leitores devem tomar ao final do artigo que você está escrevendo?
Se você tem um objetivo claro para cada conteúdo que está sendo produzido, a escrita se torna mais fácil e você não se perde no meio do caminho. Essa finalidade pode ser um comentário, conversão em lead, engajamento, geração de mais tráfego para o blog/site ou finalizar uma venda.

Tenha clareza e objetividade

São dois itens que devem ser incorporados em qualquer texto para melhorar sua compreensão. Seja claro para que o público não tenha uma leitura difícil, procure usar termos mais simples e menos rebuscados.
Por último, escreva de forma de objetiva para que o conteúdo não fique confuso e as pessoas não demorem a entender as informações passadas.

Crie empatia com o público

Anteriormente falamos em conhecer as dores do seu consumidor. Então, essa é uma das principais chaves para estabelecer uma aproximação com o leitor. Se você entende dos problemas dele, deve explorá-los no texto, inclusive propondo soluções para que o público se identifique.
Outras formas de gerar empatia são chamar o leitor por “você”, pela profissão ou grupo (quando o foco do conteúdo está em um nicho específico), além de eliminar possíveis excessos de adjetivos e opiniões pessoais.

Use storytellings

Histórias boas e bem contadas costumam chamar a atenção e prender o interesse do público. A maioria das pessoas gosta de acompanhar uma narrativa envolvente, como as descritas em filmes, músicas, conversas com amigos e até em propagandas (como esse exemplo da Nissan abaixo).

Entenda: Homem anuncia seu carro velho de forma tão genial que a própria Nissan quis comprá-lo

Seus textos também podem ser assim, o ponto é fazer com o que o leitor se identifique com os elementos da história e apresentar sua proposta de valor sem ser impositivo.

Torne os textos mais lúdicos

As comparações, analogias, metáforas e exemplificações são algumas formas de tirar o seu leitor do campo teórico e ir para o prático. Aliás, isso costuma até ajudar no entendimento do texto, pois as pessoas passam a ter uma ou mais referências para que determinadas ideias sejam assimiladas.
Poderíamos comparar o copywriting, por exemplo, a um candidato de uma vaga de emprego que é bem-sucedido na entrevista. O postulante ao cargo provavelmente passou confiança ao entrevistador, mostrou bom conteúdo, foi claro, objetivo e conhecia bem a empresa a qual ele pretendia trabalhar.
Neste artigo oferecemos uma amostra de técnicas básicas e mais avançadas de copywriting. Outros métodos devem ser lembrados, como a revisão, o uso de intertítulos para dividir o texto e a utilização de gatilhos mentais em títulos.
Em suma, o que você precisa ter em mente para ter uma redação que venda é construir uma leitura amigável e um conteúdo memorável ao público. Desse modo ele entenderá sua proposta e terá mais confiança em converter no seu e-commerce.
Você tem mais alguma técnica de copywriting para adicionar à lista? Participe nos comentários e assine a nossa newsletter para ter acesso aos conteúdos do nosso site.

Você também vai gostar

Storytelling e Transmídia: afinal, o que é e para que serve? Depois de alguns anos trabalhando com publicidade, e sempre ansioso pela próxima tendência que iria revolucionar tudo, comecei a perceber que, uma a ...
10 dicas para um E-mail Marketing de sucesso Campanhas de e-mail marketing são elementos essenciais de qualquer estratégia de marketing. Eles se comunicam e constroem relacionamentos com clientes...
5 ferramentas para fazer a automação de marketing do seu e-comme... Para criar campanhas promocionais capazes de gerar mais vendas em seu e-commerce, além de saber como funciona a automação de marketing, você precisa c...
5 dicas infalíveis para conquistar consumidores no Dia dos Namor... Para manter a consistência nas vendas, é fundamental aproveitar novas oportunidades de venda. E uma das ocasiões mais próximas é o Dia dos Namorados 2...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

2 comentários sobre “Copywriting: 6 técnicas essenciais para aplicar na sua escrita”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>