• Luiz Felipe Tassitani
  • por Luiz Felipe Tassitani
  • Luiz Felipe Tassitani é advogado sênior na Sompo Seguros S/A, especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Mackenzie, com MBA em Seguros e Gestão Jurídica Estratégica pela FIA - Fundação Instituto de Administração.

O jurídico das empresas tem espaço para a inovação?

14 de janeiro de 2019
Share Button

Em um momento onde falamos muito sobre inovação, pensamento disruptivo, mudança de mindset, questiono se os departamentos jurídicos das empresas estão preparados para absorver todas as possibilidades geradas pela tecnologia no mercado jurídico.

A inovação no departamento jurídico é medida que se impõe e a expansão no mercado de LAWTECHS, especialmente após a implantação do processo eletrônico no Brasil, vem demonstrando que estamos caminhando para o uso da tecnologia no mundo jurídico.

Para quem não sabe, as lawtechs ou legaltechs são abreviação de Legal Technology – law (advocacia) e technology (tecnologia), são empresas que desenvolvem soluções para facilitar a rotina dos advogados, conectar cidadãos ao direito e mudar a forma de atuação do Poder Judiciário.

Assim como as fintechs – financial (finanças) e technology (tecnologia) – fizeram com o setor financeiro e bancário no Brasil, as lawtechs já revolucionam o mercado jurídico.

No Brasil, em 2017, foi criada uma entidade congregando as empresas que desenvolvem tecnologia e inovação na área jurídica, a Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L).

O objetivo desta entidade é apoiar a inovação integrando profissionais da área tecnológica e jurídica, além de produzir estudos e pesquisas que forneçam informação relevante ao mercado e atuar junto à administração pública para estimular a adoção de novas ferramentas e tecnologias.

Pesquisa recente produzida pela AB2L mostrou que 95% dos escritórios de advocacia estão abertos às inovações que solucionem seus problemas e 62% já procuram serviços customizados de tecnologia.

Recentemente, em São Paulo, foi inaugurada a Future Law Innovation Center, com foco nas lawtechsstartups de tecnologia com atuação no campo do direito. O centro é o primeiro a ser patrocinado pela Thomson Reuters na América do Sul, mas existem outros seis centros de inovação apoiados pela empresa e espalhados pela Ásia, Europa e Estados Unidos.

Ainda teremos muitos desafios pela frente, visto o tradicionalismo da nossa profissão, ou mesmo a cultura da empresa, mas é fundamental que os gestores já estejam alinhados com as novas possibilidades.

A tecnologia a serviço do direito

Problemas que antes era difíceis de serem solucionados, ficaram no passado, ultrapassados pelos avanços da tecnologia. Um bom exemplo disso são as revelias causadas pelo recebimento de citações em filiais ou lojas das grandes empresas.

Hoje, já é possível contratar um sistema que monitora, 24 horas por dia, a distribuição de ações nos Tribunais brasileiros. Com é possível ter ciência da demanda antes mesmo do recebimento da citação, permitindo uma análise mais detalhada para realizar uma boa defesa ou acordo, além de extinguir as revelias, uma imensa fonte de problemas para departamentos jurídicos e escritórios de advocacia.

Para a maioria das empresas localizadas nos grandes centros, o caso acima não é novidade, mas a oferta de produtos e serviços é muito ampla. Veja:

  • Resolução de conflitos online: serviços que oferecem mediação, negociação e arbitragem de acordos online;
  • Analytics e jurimetria: plataformas que oferecem estatísticas e análise de dados no setor jurídico;
  • Automação e gestão de documentos e informações: softwares que automatizam documentos jurídicos e fazem a gestão do ciclo de vida de contratos e processos.

Tenho claro que o trabalho na área do direito será fortemente impactado pela tecnologia nos próximos anos e os advogados terão que se adaptar à nova realidade para encontrar novas oportunidades.

Parodiando o naturalista britânico Charles Darwin:

Sobreviverão os mais adaptáveis!

E você? Já está preparado para a nova realidade?

Você também vai gostar

Uma história de sucesso: Como a E-bit se tornou um Símbolo de Cr... Credibilidade na Internet: A História da E-bit. Em 1999, quando a internet ainda dava seus primeiros passos no Brasil, quatro jovens sonhadores e recé...
7 dicas para o crescimento de pequenas e micro empresas 7 dicas para micro empresas. Todo grande empresário começou, um dia, com um pequeno estabelecimento. Fazer o negócio crescer é uma meta que deve ser p...
Controle de chargebacks é o segredo para deixar a receita em dia... Os chargebacks – contestações de vendas com cartões de crédito – são mais comuns do que se pensa. Em lojas físicas do varejo o impacto do pr...
Lições que o comércio eletrônico pode ensinar ao varejo Já não é de hoje que o e-commerce passou a ganhar os holofotes no segmento de vendas e tem muito a ensinar no varejo. Números da Associação Brasileira...
Como lançar produtos e alcançar clientes mais rápido e com menos... A revolução que permite empreendedores em qualquer estágio testar mercado, lançar produtos e alcançar clientes mais rápido e com menos capital Eram mu...
6 direitos do consumidor que não existem Direitos do consumidor. O cliente nem sempre tem razão. Apesar de vivermos em uma época onde o consumidor está com acesso a diversos meios de comunica...
Como funciona o transporte de cargas Muito se ouve falar sobre transporte rodoviário de cargas ou simplesmente frete, mas... Na prática, como funciona o frete no Brasil? Os primeiros conc...
Como reduzir custos diários com um tarifador telefônico Saiba por que adotar essa metodologia pode representar uma economia significativa para a sua empresa Que tal reduzir pela metade o valor que você paga...
Nasce o novo aplicativo Buscapé Prático e simples, por meio de poucos cliques o aplicativo viabiliza compras via smartphone. Além das características de busca e comparação de preços ...
Buscapé vai incorporar 13 sites de comparação de preços da Europ... O Buscapé vai expandir sua operação para além da América Latina e incorporar mais treze sites estrangeiros de comparação de preços da Europa e da Áfri...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>