ūüď£ E agora? Voc√™, freelancer ou ag√™ncia de e-commerce?

ūüď£ E agora? Voc√™, freelancer ou ag√™ncia de e-commerce?

o que escolher?
o desafio do marketing digital da loja

Muitos empreendedores e profissionais da √°rea de e-commerce quando est√£o em um bom treinamento do ramo, ouvem desde de o in√≠cio do curso que subestimar o esfor√ßo de marketing que ter√° fazer no seu dia a dia, significa reduzir significativamente as chances de sobreviv√™ncia da loja. E agora? Voc√™, freelancer ou ag√™ncia de e-commerce?

Lá para o meio do curso já vejo alguns alunos um tanto preocupados pensando pra onde correr quando o orçamento é reduzido.

E realmente a preocupa√ß√£o √© v√°lida pois no lan√ßamento de uma loja s√£o muitas as preocupa√ß√Ķes, e fica dif√≠cil pensar em marketing quando ainda se est√° por exemplo aprendendo a gerenciar o fluxo do pedido. Todos que passam por isso sabem que o checklist do e-commerce √© grande.
Existem 3 alternativas para encarar a tarefa de implementar campanhas de marketing e fazer a manutenção semanal medindo resultados e fazendo ajustes:

  • fazer cursos na √°rea de marketing e chamar a responsabilidade para si;
  • contratar freelancers no mercado;
  • contratar ag√™ncias digitais especializadas em e-commerce;

Vamos dar uma olhada com mais calma em cada uma delas.

Primeira opção

√Č a mais dif√≠cil sem d√ļvida. Conhe√ßo alguns casos de empreendedores que eram verdadeiros “ex√©rcitos de um homem s√≥” e cuidavam de praticamente tudo no in√≠cio da opera√ß√£o. √Č claro que isso pode ser mantido por apenas algum tempo at√© progressivamente ser delegado para funcion√°rios ou terceiros. Isto por que quando a loja pega ‚Äútra√ß√£o‚ÄĚ e ultrapassa 20 pedidos dia por exemplo, √© prov√°vel que este empreendedor cometa erros cr√≠ticos  ou ent√£o fique estafado com a sobrecarga pondo em risco o seu  neg√≥cio. Al√©m de, √© claro, considerar os investimentos que ele dever√° fazer para se capacitar em √°reas chaves do marketing digital como SEO, E-mail Marketing, M√≠dias Sociais, Google Analytics, entre outras.

Segunda opção

Contratar um profissional de mercado para servi√ßos tempor√°rios, mais conhecido como “freela”. Em um tempo n√£o muito distante isto poderia ser uma decis√£o arriscada pois √© comum no mercado hist√≥rias de contrata√ß√Ķes que come√ßam bem, mas depois o profissional n√£o entrega o que foi pedido, ou some do projeto, ou ent√£o nunca est√° dispon√≠vel nas situa√ß√Ķes de urg√™ncia. √Č claro que n√£o se pode generalizar, mas o fato de se contratar uma pessoa e n√£o uma empresa tem este lado da moeda: menos retaguarda.

Hoje felizmente, portais especializados em disponibilizar freelancers e além dos reviews de clientes que ajudam bastante na contratação a intermediação entre as partes dá segurança para ambos os lados. Se der errado o contratante tem seu dinheiro de volta e o contratado também é pago caso o intermediador entenda que o serviço foi executado (ainda que o contratante diga o contrário). Ok, está resolvido o problema então? Não exatamente.

Não é fácil achar profissionais que tenha um bom conhecimento em todas as áreas necessárias. Os poucos que tem cobram um valor alto pelo serviço, e os mais acessíveis são especializados, ou seja ou é bom em SEO, ou Mídias Sociais, ou E-mail Mkt, etc.
Oh-oh…a√≠ fica caro ter um time de especialistas.

Terceira opção

Bom chegamos a √ļltima alternativa, contratar uma ag√™ncia. A pergunta que normalmente vem √† cabe√ßa do empreendedor √©  ” mas n√£o √© muito caro?”
Realmente na maioria das vezes boas ag√™ncias com foco em e-commerce realmente s√£o. Masss… existem ag√™ncias com foco em pequenas em m√©dias que podem caber no bolso de quem est√° come√ßando. O problema que vejo √© que mais uma vez como no caso dos freelancers a maioria n√£o tem uma abrang√™ncia grande de servi√ßos e acabam sendo boas em √°reas espec√≠ficas do marketing digital. 

A essa altura você empreendedor deve estar pensando:

“ent√£o n√£o tem pra onde fugir?”

Não tinha. Começa a surgir no Brasil o conceito de agência acessível e que monta pacotes de serviços para atender de forma efetiva o que o lojista precisa na fase em que se encontra e por um ótimo custo benefício.

A primeira que conheci é SOS E-commerce, mas com certeza outras virão pois a ideia é muito boa. Explicando sucintamente o lojista pode iniciar com um serviço básico de R$ 499,00 por mês que irá lhe atender de início com as principias demandas (e-mail marketing, banner, suporte técnico), e pode ir agregando os pacotes conforme vai crescendo seu faturamento (suporte para marketplace), ou mudar para um plano mais completo.

√Č inevit√°vel vir a minha cabe√ßa a compara√ß√£o com o mercado de academias de bairro que foi engolido pelo conceito da SmartFit que conseguiu a baixo custo e √≥tima qualidade uma grande massa de alunos que viram seu dinheiro muito mais valorizado no novo modelo de servi√ßo.

E você, já passou pela situação de não saber o que escolher para definir sua operação de marketing digital? Divida conosco no campo de comentários abaixo!

4 COMMENTS

  1. Hoje em dia, procurar uma solu√ß√£o que atenda o empres√°rio na fase inicial do e-commerce √© dif√≠cil. Liguei para diversas ag√™ncias para acompanhar meu e-commerce e, o papo, proposta era sempre semelhante, inclusive o custo. Conheci os servi√ßos do SOS E-Commerce atrav√©s de um e-mail marketing que recebi no come√ßo de junho, liguei para o pessoal e fui informado dos planos e condi√ß√Ķes, repassei o conte√ļdo ao meu chefe junto com os outros or√ßamentos e assinamos o plano intermedi√°rio do SOS que trabalha com as cria√ß√Ķes de banners e e-mail marketing. Estou gostando bastante do trabalho deles!

  2. Oi! Quero criar um neg√≥cio de com√©rcio eletr√īnico que seja uma boa ideia. √Č muito inovador e vai resolver uma necessidade que a internet ainda n√£o cobre. Gostaria de saber como posso fazer para que o neg√≥cio funcione e n√£o fique sozinho em poucos meses de bom trabalho.

  3. Bruno, talvez, voc√™ s√≥ conhe√ßa a SOS por ela estar fazendo divulga√ß√£o junto ao portal Profissional de E-commerce. Tenho que dizer que fiquei decepcionado com o portal por publicar esse tipo de conte√ļdo patrocinado (seria melhor dizer marketing oculto).
    Na verdade existem dezenas de empresas que prestam esse tipo de serviço no Brasil. Várias delas com planos mensais mais completos e mais baratos que a SOS.
    Bruno, se quiser se informar melhor e conhecer alguns bons exemplos visite: bertholdo.com.br e brtloja.com.br
    Gostaria de não encontrar esse tipo de marketing em um portal tão qualificado quanto o Profissional de E-commerce. Realmente vocês me decepcionaram!

DEIXE UM COMENT√ĀRIO