• Profissional de E-commerce
  • por Profissional de E-commerce
  • O blog Profissional de E-commerce foi criado em outubro de 2012 com o objetivo informar e capacitar o mercado de comércio eletrônico no Brasil.

6 tipos de conteúdo que as pessoas compartilham

6 de agosto de 2015
Share Button

Por que as pessoas compartilham o seu conteúdo? Existe alguns tipos de conteúdo que têm mais chance de compartilhamento? Confira algumas dicas que podem ajudar.
Nós valorizamos as opiniões de nossos amigos mais do que a de profissionais de marketing. Por isso que o boca-a-boca e o compartilhamento social são umas das mais poderosas ferramentas atuais.
As marcas podem semear conteúdo de alta qualidade, que é o papel do marketing de conteúdo, mas fazer com que os usuários compartilhem esse material é outra história.
Como as marcas podem fazer com que as pessoas falem sobre elas, e mais importante, compartilhe suas mensagens?
Listamos 6 princípios que vão ajuda-lo neste desafio.

1. Moeda social

A história que contamos influencia a vida das pessoas. A razão pela qual alguém compartilha um produto, marca, serviço, site ou qualquer outra coisa é porque elas querem passar uma impressão para seus conhecidos.
Muitas marcas querem que os consumidores compartilhem seu conteúdo, mas nunca consideraram como o compartilhamento vai fazer as pessoas serem vistas por seus contatos.
O compartilhamento social é a moeda da internet. Certifique-se que o seu conteúdo valha o preço.
Mais sobre este tipo de motivação para alto nível de engajamento do público você encontra com Gamification.

2. O gatilho

As pessoas falam sobre as marcas quando há uma conversa contextualmente relevante ocorrendo.
As pessoas falam de cereal quando estão tomando café da manhã. Desenvolva um gatilho que faça com que sua marca venha à mente do usuário no momento ideal.

3. Emoção

Os seres humanos são criaturas emocionais e nós compartilhamos coisas que incitam as nossas emoções.
A P&G é mestre quando o assunto é conteúdo emocional. Sua série de vídeo sobre as Olimpíadas “Obrigado, mãe”, foi compartilhada e vista milhões de vezes:

A campanha pela real beleza, de Dove, é outro excelente exemplo.

Desenvolver conteúdo emocional que ressoa com a sua marca irá aumentar a probabilidade de que suas mensagens sejam compartilhadas.
A emoção sempre é uma bom motivo para as pessoas compartilharem.

4. Escalabilidade

A natureza pública do boca-a-boca é um dos seus pontos mais fortes.
Ao planejar suas campanhas sempre considere que tudo o que você desenvolve, possivelmente será visto por milhões de pessoas.
A escalabilidade é muito importante para o marketing boca a boca. Se o seu código promocional só pode ser usado 100 vezes, não compartilhe-o no Facebook para milhares de pessoas (a menos que você tenha a intenção de criar urgência).
Sempre considere como sua mensagem será recebida por um grande público.

5. Valor prático

Produtos e promoções úteis são compartilhadas. O mesmo vale para quando alguém compra um grande produto.

• Será que o seu conteúdo tem algum valor prático?
• O que eles podem fazer?

A Lowe, por exemplo, criou uma série de vídeos no Vine ilustrando como realizar tarefas básicas em casa.


Esse é o tipo de conteúdo educacional que oferece valor real para os consumidores da marca Lowe.
Considere isso na próxima vez que você estiver planejando uma estratégia de marketing ou promoção de produtos.

• Qual o valor que isso tem para as pessoas?
• Por que eles se importariam?

6. Histórias

Amanda estava cansada de comer a mesma coisa, então ela comprou a panela elétrica que a mãe dela tinha recomendado. No começo, pensou que tinha cometido um erro.
Mas depois uma deliciosa refeição, já estava viciada no seu novo gadget de cozinha.
Desenvolva conteúdo para a sua marca que conte uma história, mas também carregue sua mensagem de marketing para o leitor.
A chave para histórias é compartilhar uma mensagem que tenha uma fácil identificação com o público, algo que além de chamar atenção faça com que eles desejem compartilhar com sua rede.
Boa sorte.
Texto do Daniel Z. Chohfi para o Vitamina Publicitária.

Você também vai gostar

Como usar as hashtags para potencializar as redes sociais do seu... Originadas no Twitter há alguns anos, hoje as hashtags possuem presença constante na internet. Tratam-se de palavras precedidas pelo sinal #, incluída...
Como ter mais ideias de conteúdo para o seu e-commerce Você não é aquele empreendedor tão criativo e com muita prática na hora de escrever? A boa notícia é que você talvez não deveria ser mesmo… Afinal de ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>